Mandioca

10 Benefícios da Mandioca – Para Que Serve e Propriedades

A mandioca (Manihot Esculenta) possui muitas variedades e diferentes denominações de acordo com cada região do país, podendo também ser chamada de macaxeira ou aipim. Trata-se de uma raiz rica em carboidratos, secularmente cultivada e consumida por povos sul-africanos, asiáticos e do continente americano ao lado da batata, do inhame e do cará. Ela foi e ainda é um dos principais responsável pela nutrição de milhares de pessoas ao redor do globo.

A raiz da mandioca é onde estão as maiores concentrações de nutrientes. Ela serve para ser cozida, frita e ensopada e pode ser servida em uma grande variedade de pratos. A mandioca tem um sabor mais leve que o da batata e também uma consistência mais mole, mas pode ser usada como substituta em quase todos os pratos onde costumeiramente se usaria a batata. Nesse artigo abordaremos os maiores benefícios da mandioca e suas propriedades para saúde e boa forma. Pronto para entender para que serve a mandioca?

Variações do uso:

  • A farinha de mandioca e o polvilho são as variações mais utilizadas da mandioca para consumo humano e ambos têm muitos benefícios à saúde.
  • Tribos do sudeste dos Estados Unidos também usam as folhas da mandioca para fazer xampu, sabão e outros itens de higiene pessoal.
  • Na medicina natural, o extrato da raiz de mandioca é usado primariamente para combater dores nas articulações.
  • As fibras da mandioca podem ser usadas na fabricação de tecidos e cordas.
  • Atualmente o extrato de mandioca é vendido em pó e em capsulas como suplementos em lojas especializadas. Eles são, em geral, feitos das folhas, da casca ou da raiz da planta.

Perigo!

O consumo da raiz de mandioca crua pode causar envenenamento por cianeto e os sintomas podem variar de crises de vômito, tontura, enjoo, dores no estômago e de cabeça e até causar morte. O cianeto está presente em maior quantidade na casca da raiz de mandioca e qualquer corte feito nesta parte da planta causa a ruptura de células que liberam ácidos venenosos. O consumo da mandioca cozida, no entanto, é totalmente seguro. O ideal é descascar a raiz mergulhada em água e cozinha-la antes de comer.

Propriedades nutricionais da mandioca

Veremos agora que propriedades da mandioca de destacam para saúde e boa forma:

1- Rica em potássio

O potássio conduz eletricidade pelo nosso corpo e age como um regulador dos estímulos elétricos do coração. Além disso, o potássio também auxilia na transformação dos carboidratos em glicose, na reconstrução dos músculos e na síntese de proteínas. Em uma porção de um copo de mandioca são encontrados 558 miligramas de potássio, quase doze por cento do total recomendado a ser ingerido diariamente por um adulto e quase onze por cento do total necessário para manter o equilíbrio de fluidos e eletrólitos nas mulheres grávidas e em fase de amamentação.

2- Rica em fibras

Fibras reduzem o volume de calorias consumidas porque nos fazem sentir saciados mais rapidamente. Elas também regulam os movimentos intestinais e do aparelho excretor – o falta do consumo de fibras pode levar a constipação intestinal. Estudos mostram que a maioria dos adultos não consome a quantidade de fibras necessária. Em cada copo de mandioca há 3,7 gramas de fibras, cerca de quatorze por cento do valor diário recomendado pelos nutricionistas. As fibras são responsáveis por muitos dos benefícios da mandioca.

3- Fonte de vitamina C

Um copo de mandioca crua contém mais de 42 miligramas de vitamina C. Isto significa 56.5 por cento do consumo diário ideal para mulheres; quase 50 por cento para as grávidas; 35 por cento para as mulheres que estão amamentando e 47 por cento para homens adultos.

A vitamina C é um antioxidante natural que protege o organismo contra os radicais livres, responsáveis pela aceleração do envelhecimento, contra o aumento de doenças do coração e incidência de câncer. Além do mais, a vitamina C também auxilia na produção de colágeno, essencial para a saúde da pele, dos tendões e dos vasos sanguíneos. A vitamina C também tem importante papel em determinados benefícios da mandioca.

4- Rica em folato

O folato pertence à família das vitaminas B e, entre as suas funções, estão o suporte ao sistema imunológico e às funções cerebrais, a quebra dos carboidratos no organismo, o auxilio no controle do estresse e ajuda na manutenção da saúde da pele, dos cabelos e dos pulmões. Ele também trabalha combinado com a vitamina B12 na produção de glóbulos vermelhos e tem uma ação importante em indivíduos adolescentes ou mulheres gravidas que enfrentam períodos de crescimento rápido. Em um copo de mandioca há 56 microgramas de folato, ou seja, quatorze por cento do valor recomendado diariamente para um adulto, um pouco mais de onze por cento do recomendado para lactantes e pouco mais de nove por cento do recomendado para mulheres grávidas.

8 Maiores benefícios da mandioca – Para que serve

Vejamos a seguir os destaques da mandioca para a saúde e composição corporal:

1- Ação anti-inflamatória contra a artrite

De acordo com o Journal of Inflammation, uma publicação que trata exclusivamente de pesquisas sobre produtos para combater a inflamação, os dois principais grupos de ingredientes da mandioca são os saponinos e polifenóis. Eles têm ação anti-inflamatória e analgésica e podem ser usados diretamente no tratamento da artrite reumatoide e osteoartrose. Os saponinos também possuem ação similar ao detergente, sendo os responsáveis pelo uso do extrato da raiz de mandioca na fabricação de sabões e xampus naturais.

2- Ação antioxidante

A raiz de mandioca possui resveratrol. Polifenóis como o resveratrol são reconhecidos por suas propriedades antioxidantes que protegem o organismo contra os radicais livres que podem danificar as células causando alguns tipos de câncer, diabetes e doenças do coração. Ela também é uma das raízes com maior concentração de vitamina C. Esta vitamina é a primeira na linha de defesa do nosso sistema imunológico, estimulando a produção e a atividade dos glóbulos brancos do sangue. A vitamina C também atua como um antioxidante, prevenindo que radicais livres danifiquem as nossas células, causando mutações. Além disso, a mandioca também possui ácido fólico, ligado a melhora da saúde da pele e dos olhos devido á sua ação antioxidante nestes tecidos.

3- Fonte saudável de carboidratos para diabéticos

Um copo e mandioca tem quase quatro gramas de fibras, importante no controle do peso e na saúde digestiva. Pessoas diabéticas são aconselhas a manter uma dieta rica em fibras para prolongar o processo da digestão, o que ajuda o organismo a regular os níveis de açúcar e colesterol no sangue.

4- Protege a pele contra os raios ultravioletas do sol

Pesquisadores Mexicanos realizaram testes com componentes ativos extraídos de uma espécie de mandioca nativa, como o resveratrol, e verificaram que eles podem prevenir os danos causados pelos raios ultravioleta do sol na pele. Eles constataram que as substancias tinham um índice de proteção à pele maior do que os filtros solares comercializados. O resveratrol comprovadamente fortalece a pele e aumenta a sua resistência aos danos causados ​​pelo sol que pode eventualmente levar ao câncer de pele.

5- Altamente energética

A mandioca tem quase duas vezes mais calorias que a batata. Ela é, provavelmente, um dos tubérculos tropicais de maior concentração de calorias. Uma porção de 100 gramas de mandioca contem 160 calorias. Embora a mandioca contenha baixos índices de gordura e proteína, ela ainda é mais proteica que o inhame, a batata e a banana.

6- Ideal para dietas sem glúten

A mandioca pode ser usada em todas as suas variações em pacientes com doença celíaca (intolerância ao glúten), ou alérgicos.

7- Atua na construção de massa óssea e novos tecidos

As folhas jovens de mandioca são uma boa fonte de proteínas e vitamina K. Esta vitamina tem um papel importante no processo de recomposição de massa óssea no nosso corpo. A vitamina C também é um componente chave na produção de colágeno, o que impulsiona a renovação celular e a saúde dos tecidos ósseo, sanguíneo, e muscular.

8- Benéfica para o coração

Ser saudável para o coração é um dos grandes benefícios da mandioca. A mandioca é uma das principais fontes de minerais importantes para a saúde do coração como o zinco, o magnésio, o cobre, o ferro, o manganês e o potássio. Cada 100 gramas de mandioca contém 271 miligramas de potássio. O potássio é um componente importante na regulação dos fluidos das células do organismo como um todo, ele ajuda a aliviar a tensão nos vasos sanguíneos e artérias o que diminui as chances de estresse sobre o coração evitando a aterosclerose, derrames e ataques cardíacos. Ela também é rica em fibras que ajudam a equilibrar os níveis de ácidos graxos, reduzir os níveis de colesterol e promover um sistema cardiovascular saudável.

9- Ajuda a perder peso

A mandioca possui açúcares simples que, ao serem ingeridos, ajudam a regular os níveis de glicose do nosso corpo. O nível de glicose alterado faz com que sintamos mais fome que o necessário. Consumir mandioca pode evitar este efeito e ajudar nos seus esforços para perder peso.

10- Saudável para as grávidas

A mandioca possui ácido fólico, responsável pela redução da chance de defeitos do tubo neural durante a formação dos bebês. A ingestão de ácido fólico é amplamente recomenda para as grávidas e alimentar-se de mandioca é uma ótima maneira de consumi-lo naturameente.

4 maneiras diferentes para consumir mandioca

Estas são as maneiras mais comuns de obter os benefícios da mandioca:

1 – Assada no forno

A mandioca frita é um dos aperitivos mais admirados pelos brasileiros. Para uma versão mais saudável do aperitivo, a mandioca deve ser assada. O preparo é muito fácil: Descasque a mandioca, corte em pedaços médios e cozinhe com bastante água até que esteja macia. Espere esfriar, remova as fibras centrais e corte no formato de batatas para fritar. Coloque em uma assadeira untada e polvilhe um pouco de sal e temperos ao seu gosto. Adicione um pouco de manteiga ou azeite, cubra com papel alumínio e leve ao forno por 20 minutos. Retire do forno, remova o papel alumínio e asse por mais 15 minutos ou até que esteja crocante.

2 – Como purê

Faça purê de mandioca da mesma forma que faria de batata, inclusive adicionando leite ou creme de leite. Você vai perceber que a consistência é um pouco diferente, mas o sabor e o valor nutricional compensam. Tempere com um toque de limão para dar mais sabor.

3 – Assada na grelha

Tempere alguns pedaços de mandioca cozida com azeite, sal e pimenta a gosto e coloque na grelha por alguns minutos de cada lado. Sirva como acompanhamento do churrasco.

4 – Salada com maionese

Corte a mandioca cozida em cubos pequenos e tempere com a maionese da sua preferência, sal, azeite e limão. Leve a geladeira antes de servir.

Pelo Mundo

– O amido de mandioca é usado no preparo de sagu – ou “pérolas brancas”, usado em pratos populares na índia, no Paquistão e no Siri Lanka.

– A farinha de mandioca é usada para fazer pães, bolos e bolachas nas ilhas do Caribe.

– Na Nigéria e em Gana a farinha de mandioca é usada junto com inhame para fazer uma espécie de polenta para ser servida como acompanhamento de carne ensopada.

Você conhecia todos esses benefícios da mandioca para a sua saúde e boa forma? Utiliza-a com frequência em sua alimentação, como substituta de farinhas e batata, por exemplo? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (55 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

16 comentários

  1. Assunto abordado com bastante clareza e orientando de forma abrangente, obrigado por essa publicação maravilhosa sobre esse alimento tão saudável.

  2. Mandioca não se come e a macaxeira sim.

  3. Então eu gostaria de saber sobre o Índice glicêmico da mandioca assada para cozido o valor é qual seria,pq assada deve perde um pouco dos nutrientes ou não?

  4. A mandioca que pode causar morte ao ser consumida crua, não é a mesma que consumimos cozida.
    A mandioca que consumimos cozida a qual em algumas regiões do Brasil é conhecida como aipim e macaxeira, pode-se consumir crua e é doce até, comi muita macaxeira crua, já a mandioca que é utilizada na produção da farinha e goma para fazer tapioca, essa sim consumida crua pode levar a morte, portanto cuidado, antes de comer vejam qual tipo de mandioca.

    • LU, VOCÊ ESTÁ COMPLETAMENTE CORRETA NESSA AFIRMAÇÃO. NO PARÁ (MINHA TERRA),A MACAXEIRA PODEMOS COMER SEM SUSTO.A MANDIOCA E PARA FAZER FARINHA, D’ÁGUA E “FARINHA SECA”E AS FOLHAS DA MANDIOCA , A CHAMADA “MANIVA” SÓ INGERIMOS DEPOIS DE COZIDA DURANTE 7 DIAS.A “MANIVA”COZIDA E IDEAL PARA PREPARAR NOSSO PRATO TÍPICO :A MANI OBA.

    • Moro aqui no sul, adoro como mais mandioca crua q cosida, nunca tive mal estar algum….

  5. Nas receitas, esqueceram da mandioca simplesmente cozida, comida aos pedaços; a sopa de mandioca (cozinhar até desmanchar e bater no liquidificador com o tempero desejado); e como doce, pode ser aos pedaços ou cozida até virar purê. Acrescente açúcar e manteiga derretida em cima. Indescritível.

  6. Queria dicas sobre o valor nutritivo dos alimentos

  7. Gostei muito do artigo. Estou grávida e substitui alguns alimentos por mandioca. Quanto a brava e que uma leitora mencionou realmente tem de ser ter cuidado mais desconheço sua comercialização por aqui no Rio.Muito grata.

  8. No Congo se come até a folha da mandioca. O prato se chama mpomdu e é uma delícia com peixe. Sou casada com Congolês e aprendi a fazer. No início fiquei com medo pois em MG falam que pode matar, hoje eu como sem medo.

  9. Gostei do artigo, é muito educativo e a prendi como é consumida a mandioca em muitos lugares do mundo.
    Aqui em Angola tmbm é muito apreciada apartir das folhas, que chamamos de quisaka até.
    .
    A mandioca é consumida de várias formas, crua assada frita, em e pode ser feita em farinha que fazem com ela o funs, um prato muito apreciado no norte de Angola.
    .
    E o funs feito com a farinha da mandioca pode ser acompnhada com a quisaka que é a folha da mandioqueira e peixe grelhado ou carne.
    .
    Bjs

  10. Jose Luis da Silva Coelho

    Me parece que mandioca nāo é recomendada para diabéticos. Além disso, deveria ser alertado que farinha de mandioca e polvilho são venenos para diabéticos, paupérrimos em valor nutricional, altamente calóricos, contém apenas amido.

    • O índice glicêmico
      Outro ponto a favor da mandioca é o índice glicêmico apresentado pelo alimento.

      Este índice trata-se de um indicativo que demonstra como cada alimento pode afetar os níveis de açúcar no sangue. Por exemplo, as comidas com índice glicêmico alto, que apresentam valor acima de 70, não são ideais para a dieta de quem tem diabetes porque são absorvidos rapidamente e causam uma elevação veloz nos níveis de açúcar no sangue.

      A boa notícia sobre a mandioca é que ela possui um índice glicêmico de 46. Isso significa que ela entra na categoria dos alimentos com índice glicêmico baixo, já que para ser classificado neste grupo é necessário apresentar um índice menor ou igual a 55. Em outras palavras, a mandioca é absorvida lentamente, sem causar um aumento súbito nos níveis de glicose no sangue.

      Leia mais http://www.mundoboaforma.com.br/mandioca-tem-carboidrato-bom-ou-ruim-dicas/#Ei58fGSr6U32UX4c.99

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*