Café

10 Benefícios do Café – Para Que Serve e Propriedades

O café já foi bastante debatido pela comunidade científica, mas já faz alguns anos que foi provado que o café tem mais benefícios que malefícios para o corpo humano. Segundo o professor de nutrição e epidemiologia de Harvard, Frank Hu, há muito mais notícias boas do que ruins em relação ao efeito do café na nossa saúde. Uma xicara de café faz muito mais do que nos despertar e dar energia. Veremos a seguir os principais benefícios do café, entendendo para que serve a partir de suas principais propriedades.

Publicidade

Apesar de ter que ser tomado com parcimonia por quem sofre de gastrite e poder causar insônia e palpitação quando tomado em excesso, esse maravilhoso líquido preto pode ajudar a prevenir diabetes, diminuiu o risco de doenças no fígado e, como está cheio de antioxidantes, evita o crescimento de células cancerigenas e desacelera o envelhecimento!

Cerca de 2,25 bilhões de copos de cafés são tomados todos os dias no mundo! Isso faz o café uma das bebidas mais populares do mundo, e isso não é à toa.

Propriedades nutricionais do café:

Veja as informações nutricionais de uma xícara de 180 ml de café sem açúcar:

  • Valor energético: 2 calorias
  • Carboidratos: 0,07g
  • Proteínas: 0,21g
  • Gorduras totais: 0,4 g
  • Fibra alimentar: 0 g
  • Sódio 4 mg
  • Potássio: 83 mg

É uma bebida muito nutritiva e repleta de propriedades boas para o nosso corpo. Porém, é importante lembrar que se você quer receber todos esses benefícios é preciso tomar café preto, sem açúcar, leite ou creme. Além disso, as opções descafeinadas não apresentam a propriedades da cafeina e ainda podem conter substâncias câncerigenas, como o cloreto de metilo, que é usado para tirar a substância do pó.

10 Principais Benefícios do Café

Entenda para que serve e quais os reais benefícios do café para saúde e boa forma:

Auxilia no emagrecimento

Para começar, o café preto tem pouquíssimas calorias. Um copo de café preto contém cerca de 2 calorias. Claro, se você adicionar açúcar e leite esta conta muda. Além disso, queimar calorias mais rápido está entre os benefícios do café. O que acontece é que a cafeina acelera o metabolismo entre 3% e 11%. Um estudo provou que a cafeina pode aumentar especificamente a queima de gordura em 10% em obesos e 29% em pessoas dentro do peso. Porém, é possível que esses efeitos diminuam para quem toma café há muito tempo. Veja também: Calorias do Café – Tipos, Porções e Dicas.

Aumenta performance física

A cafeína também é responsável pelo aumento dos níveis de adrenalina no sangue. A adrenalina tem a capacidade de deixar o corpo pronto para uma atividade física extrema. Para completar, ela aumenta o número de ácidos gordos no sangue, o que permite que os músculos absorvam e queimem a gordura do corpo, transformando em combustível: emagrece e ganha energia ao mesmo tempo.

Estudos apontam que tomar café pode melhorar a performance corporal em até 12% e, ao contrário do que dizem, se o consumo de café não for exagerado (cerca de 500 mg por dia), ele não desidrata o bastante para afetar o exercício físico.

Desacelera o envelhecimento e diminui as chances de câncer

O café é um dos alimentos que mais possui antioxidantes. Cientistas identificaram cerca de mil antioxidantes em grãos de café. entre eles o ácido hidrocinâmico e polifenóis. Os antioxidantes combatem os radicais livres que aparecem através do fumo, poluição, álcool e nutrição inadequada. Esses radicais livres aceleram o processo de envelhecimento e aumentam as chances de desenvolvimento de câncer. Para pessoas que não comem muitas frutas e vegetais, principais fontes de antioxidantes, o café se torna essencial para a saúde.

Uma pesquisa com 112.897 pessoas mostrou que beber café duas ou três vezes por dia diminui o risco de desenvolver câncer de pele. Um outro estudo com pacientes que sofreram com câncer de cólon mostrou que aqueles que bebiam pelo menos quatro copos de café por dia tiveram 52% menos chances do câncer reaparecer ou de falecer em função da doença.

Uma análise de 59 estudos aponta que beber um copo de café por dia diminui em 3% a chance de ter câncer de bexiga, mama, boca, cólon, esôfago, pâncreas, próstata e leucemia.

Estimulo e sensação de alerta

Um dos benefícios do café mais conhecido é diminuir a sensação de cansaço e aumentar a energia, mas a cafeina faz mais do que isso. Ela é absorvida pelo sangue e vai até o cérebro, onde ela bloqueia a adenosina, um neurotransmissor inibitório. Isso faz com que você não durma, pois quando a adenosina está alta, seu corpo decide que é hora de ir pra cama. Com a adenosina bloqueada, você permanece acordado. Além disso, esse processo aumenta a quantidade de noradrenalina e dopamina que aceleram a atividade dos neurônios. Ou seja, quando você toma café, todas as funções cerebrais aumentam.

Para ter uma ideia, uma pesquisa aponta que apenas cheirar café já diminuiu o estresse causado pela privação do sono.

Fígado saudável

Pesquisadores italianos descobriram que beber café diminui o risco de câncer no fígado em 40%. “Nossa pesquisa confirma reivindicações antigas que o café é bom para a saúde e particularmente o fígado”, disse Dr. Carlo La Vecchia, um dos autores do estudo italiano. Outras pesquisas vão além: defendem que quem bebe três copos de café por dia tem 50% menos risco de desenvolver câncer no órgão.

Como se não fosse o bastante, o café faz bem para o órgão como um todo. Ele reduz o risco de desenvolver uma rara doença autoimune dos ductos biliares no fígado chamada Colangite Esclerosante Primária e ajuda pacientes com Hepatite C.

Beber café ainda serve para diminuir a incidência de cirrose em 22% de acordo com um estudo americano. Um estudo publicado em 2014 defende que beber café está relacionado a uma diminuição no risco de morte por cirrose. Beber um ou dois copos de café pode diminuir o risco de morte por cirrose em até 66%!

Ajuda na prevenção de Alzheimer e demência

Uma das propriedades do café é desacelerar o declínio cognitivo em geral, que leva a doenças mentais. Estudos apontam que quem bebe café tem 65% menos chance de desenvolver Alzheimer. Alzheimer é a doença neurodegenerativa mais comum no mundo e a principal causa da demência.

Uma pesquisa descobriu que pessoas com mais de 65 anos que tem alto nível de cafeina no sangue desenvolveram Alzheimer entre dois e quatro anos mais tarde que quem tinha pouca cafeína no corpo.

Protege contra a diabetes tipo 2

Pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que tomar café aumenta os níveis plasmáticos do hormônio globulina que regula a atividade biológica da testosterona e do estrogênio que estão relacionados ao desenvolvimento do diabetes tipo II.

Um estudo publicado pela universidade de Harvard mostrou que os participantes que aumentaram o seu consumo de café para mais de um copo por dia durante um período de quatro anos tiveram 11% menos chance de desenvolver diabetes tipo 2 em comparação com quem não mudou o consumo de café. Outro estudo mostrou que pessoas que tomam café tem entre 23% e 50% menos chance de desenvolver a doença. Há pesquisas que apontaram que a redução pode chegar a 67%.

Ajuda na prevenção do Parkinson

Pesquisadores americanos concluiram que um alto consumo de cafeína está associado a uma menor incidência da doença de Parkinson. Além disso, uma pesquisa do Instituto de pesquisa da Universidade McGill Centro de Saúde publicada no jornal Neurology defende que café ajuda a controlar os movimentos de pessoas que já sofrem com a doença.

Remédio contra insuficiência cardíaca

Prevenir a insuficiência cardíaca está entre os benefícios do café. De acordo com um estudo japonês feito com mais de 76 mil participantes, homens que consomem um ou dois copos de café diariamente reduzem o risco de morte por doenças cardiovascular em 38%.

De acordo com pesquisadores americanos, beber até dois copos europeus de café por dia diminui em 11% a chance de sofrer de insuficiência cardíaca comparado com aqueles que não bebem

Protege contra a gota

Para completar, bebedores de café tem menos chance de desenvolver gota. Pesquisadores que analisaram os hábitos de quase 90 mil enfermeiras durante 26 anos descobriram que há relação entre beber café frequentemente e não desenvolver Gota.

Outras referências:

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

  1. Ruxton, C. H. S. “The impact of caffeine on mood, cognitive function, performance and hydration: a review of benefits and risks.” Nutrition Bulletin 33.1 (2008): 15-25.
  2. Kim, Tae-Wook, et al. “Effect of caffeine on the metabolic responses of lipolysis and activated sweat gland density in human during physical activity.” Food Science and Biotechnology 19.4 (2010): 1077-1081.
  3. Keijzers, Gerben B., et al. “Caffeine can decrease insulin sensitivity in humans.” Diabetes care 25.2 (2002): 364-369.
  4. Van Dieren, S., et al. “Coffee and tea consumption and risk of type 2 diabetes.” Diabetologia 52.12 (2009): 2561-2569.
  5. Santos, Catarina, et al. “Caffeine intake and dementia: systematic review and meta-analysis.” Journal of Alzheimer’s Disease 20 (2010): 187-204.
  6. Hernán, Miguel A., et al. “A meta‐analysis of coffee drinking, cigarette smoking, and the risk of Parkinson’s disease.” Annals of neurology 52.3 (2002): 276-284.
  7. Klatsky, Arthur L., et al. “Coffee, cirrhosis, and transaminase enzymes.” Archives of internal medicine 166.11 (2006): 1190-1195.
  8. Lucas, Michel, et al. “Coffee, caffeine, and risk of depression among women.” Archives of internal medicine 171.17 (2011): 1571-1578.
  9. Sofi, Francesco, et al. “Coffee consumption and risk of coronary heart disease: a meta-analysis.” Nutrition, Metabolism and Cardiovascular Diseases 17.3 (2007): 209-223.
  10. Authority Nutrition – An Evidence-Based Approach.

Você já tinha noção de todos esses benefícios do café para a sua saúde e boa forma? Agora que entende para que serve irá passar a beber com mais frequência?  Quantas vezes por dia bebe café? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*