Publicidade

 

Cenouras

13 Benefícios da Cenoura – Para Que Serve e Propriedades

A cenoura (Daucus carota, família Apiaceae) é uma raiz comestível, de coloração laranja, muito utilizada em todo o mundo. Entenderemos a seguir os principais benefícios da cenoura, para que serve seu consumo frequente e quais propriedades da cenoura ajudam a saúde e boa forma.

Publicidade

Um pouco de história…

Mas, esta cenoura, hortaliça tão comum nas casas de tantas famílias, nem sempre foi assim. A cenoura alaranjada, que passou a ser plantada só no final do século XVI, na realidade é uma forma mutante das cenouras originais, que são roxas. Na Holanda, os fazendeiros que se dedicavam ao cultivo da cenoura roxa, muitas vezes colhiam variedades mutantes de coloração amarela ou branca. E foi a partir da combinação entre esses dois espécimes que surgiu a cenoura da forma que conhecemos nos dias de hoje.

Há quem relate que a cenoura laranja ganhou de vez o espaço pelo fato de se associar com a história dos holandeses (uma referência à Casa de Orange-Nassau). Mas há aqueles que creditam sua fama e prevalência ao seu sabor e tamanho: a cenoura laranja é mais adocicada, tem mais polpa e é maior do que as primitivas.

As cenouras foram trazidas ao Brasil pelos portugueses. Mas foi com a chegada dos imigrantes asiáticos e europeus que elas se popularizaram, sobretudo nas regiões Sul e Sudeste. Encontramos cenouras em mercados e feiras ao longo de todo ano, mas seu período de safra vai do mês de julho até o de janeiro.

Para que serve a cenoura?

A cenoura é muito usada na culinária. As saladas de cenoura são refrescantes, uma ótima opção para o verão. Muitos bares têm em seu cardápio palitos de cenoura, um petisco mais suave e saudável. A cenoura também é utilizada para o preparo de sopas (de cenoura propriamente ditas ou de legumes). Purês e sucos também são preparados com elas. Seu sabor adocicado também possibilita usá-la como ingrediente principal de sobremesas; o bolo de cenoura é bastante apreciado.

A cenoura também se destaca pelos seus nutrientes, que lhe confere inclusive, propriedades medicinais. Assim, além das saborosas aplicações culinárias, os benefícios da cenoura se estendem à saúde humana, entenderemos a seguir quais as suas propriedades.

Propriedades da cenoura

A cenoura é um alimento pouco calórico; 100 g fornecem cerca de 54 calorias.

Publicidade

A cenoura crua também é considerada um alimento de baixo índice glicêmico, isto é, sua ingestão não eleva os níveis de açúcar no sangue.

Ela é uma riquíssima fonte de vitamina A, na forma de carotenoides, um nutriente muito proveitoso para a saúde dos olhos. É também uma boa fonte de vitamina C (agente antioxidante e ajuda o sistema de defesa), vitamina K (boa para coagulação sanguínea), vitamina B6 (previne a anemia e problemas de crescimento), biotina ou ainda vitamina H (atua no metabolismo de gorduras); de potássio (importante para os neurônio, músculos e coração), de molibdênio (utilizado no metabolismo do ferro; também previne a anemia) e de fibras (que ótimas para o intestino). Na cenoura encontramos ainda as vitaminas: E, B1, B2, niacina (ou ainda B3), ácido pantotênico (ou ainda B5) e o ácido fólico (ou ainda B9). Ela também contém manganês, fósforo e cobre.

Informações nutricionais da cenoura

Em 100g de cenouras cozidas há:

Energia54 calorias
Carboidratos8,00 g
Proteínas0,75 g
Gorduras2,5 g
Fibras2,9 g

Benefícios da cenoura

Os benefícios da cenoura são vários, entenderemos um pouco a respeito deles a seguir, sabendo para que serve a cenoura em detalhes e as propriedades benéficas para saúde e boa forma:

Publicidade

1) A cenoura é ótima para os olhos

O betacaroteno encontrado na cenoura é transformado em vitamina A no nosso organismo. Um dos pigmentos presentes na retina, capaz de reconhecer a luz, nada mais é do que uma forma de vitamina A. Não é à toa que comer cenoura é excelente para a manutenção da saúde dos olhos.

A vitamina A evita a cegueira noturna e ajuda a prevenir a ocorrência de outras doenças que afetam a visão, como a catarata e a degeneração macular associada à idade (doença prevalente em idosos, que afeta a mácula, porção central da retina e que pode levar a cegueira).

Uma pesquisa revelou que uma maior ingestão betacaroteno é capaz de reduzir em 45% o risco de ter a degeneração macular.

2) A cenoura ajuda no combate ao câncer

A cenoura é a única espécie que produz uma toxina antifúngica denominada de falcarinol. Trata-se de um “pesticida” natural; um metabólito que ela produz para se proteger. Estudos mostraram que o extrato de cenoura conseguiu conter o crescimento de células de câncer de cólon e que tal atividade foi proporcionada pelos seus poliacetilenos, sobretudo o falcarinol.

O betacaroteno presente na cenoura também possui uma ação anticancerígena. Uma pesquisa realizada pela Havard School of Public Health’s Department of Nutrition afirma que uma dieta rica em betacaroteno é uma forma dos homens mais jovens se prevenirem do câncer de próstata. Outro estudo afirma que aumentar a quantidade de betacaroteno ingerida (de 1,7 mg para 2,7 mg), diminui os riscos de ter câncer de pulmão em mais de 40% (e uma cenoura média tem aproximadamente 3mg de betacaroteno!).

Ainda com relação ao câncer de pulmão, uma pesquisa relata que os fumantes que não comem cenoura têm 3 vezes mais chances de terem câncer de pulmão do que aqueles que a consomem mais de uma vez na semana.

As fibras e o betacaroteno da cenoura também podem ajudar na luta contra o câncer de cólon. E por fim, a cenoura também traz benefícios contra a leucemia. Uma pesquisa mostrou que o extrato do suco de cenoura conseguiu matar as células leucêmicas e impedir sua progressão.

3) A cenoura é boa para o coração

A cenoura apresenta uma quantidade e qualidade extremamente significativa de antioxidantes (vitamina A, C, E). A combinação desses agentes garante muitos benefícios para o sistema cardiovascular, afinal muitas enfermidades que acometem o coração têm em sua origem um estrese oxidativo.

Colesterol elevado e hipertensão são importantes e conhecidos fatores de risco para a ocorrência de doenças cardíacas. Como já vimos, a cenoura contém uma grande quantidade de fibras solúveis, sobretudo a pectina, que estimulam a produção da bile (e para esta síntese o fígado recruta o colesterol presente no sangue). Um estudo feito nos Estados Unidos revelou que pessoas que comeram 1 xícara de cenoura, diariamente e durante 3 semanas, tiverem uma redução dos níveis de colesterol. As cenouras também são ricas em potássio, um vasodilatador, isto é, ele relaxa a tensão nos vasos sanguíneos o que permite uma melhor fluidez ao sangue (o que diminui a pressão arterial).

Estudos em animais mostram que os poliacetilenos da cenoura também são bons para o coração. O falcarinol e o falcarindiol têm propriedades anti-agregantes e anti-inflamatórias.

4) A cenoura também é boa para o cérebro

Uma pesquisa feita na Holanda revelou que o betacaroteno protege o cérebro dos efeitos do envelhecimento sobre a capacidade cognitiva. Um estudo feito em Harvard, mostrou que homens que consumiram suplementos de betacaroteno (50 mg, em dias alternados), tiveram uma desaceleração desse caimento cognitivo, levando em conta, é claro, os resultados do grupo que recebeu o placebo.

5) A cenoura ajuda a emagrecer

Além de ser um alimento pouco calórico, a cenoura, como já citado, é um alimento altamente nutritivo.

Publicidade

A vitamina A parece ajudar a diminuir a gordura abdominal, outro importante fator de risco para as doenças cardíacas.

Já a vitamina C, ajuda a queimar gorduras durante a prática de atividade física. Uma pesquisa publicada no Nutrition & Metabolism mostrou que jovens que apresentam níveis mais baixos de vitamina C queimaram 25% menos gordura, durante a realização de exercícios, comparando com aqueles que têm quantidades normais da vitamina.

As fibras da cenoura também auxiliam a perder peso. Segundo a Colorado State University, as fibras estimulam uma maior mastigação, o que proporciona uma sensação de saciedade (o que fará você comer uma quantidade bem menor de alimentos).

Outros benefícios da cenoura

6) Uma pesquisa revelou que pessoas que sofreram um AVC, mas que tinham altos níveis de betacaroteno no organismo, apresentaram um maior índice de sobrevivência. A ingestão diária de uma cenoura diminui as chances de acontecer um acidente vascular cerebral em até 68%.

7) Crianças devem comer cenoura, pois a vitamina A auxilia no desenvolvimento infantil.

8) As fibras da cenoura ajudam na limpeza do cólon.

9) A cenoura também é ótima para o fígado, pois o protege da toxicidade de algumas substâncias.

10) A cenoura é uma aliada da saúde bucal. Só o fato de mastigar a cenoura já ajuda a promover a limpeza dos dentes. Comer cenoura também estimula uma maior produção de saliva, fluido corporal que participa do combate às bactérias causadoras de cáries e mau hálito.

Publicidade

11) Tais propriedades antibacterianas da cenoura auxiliam o sistema de defesa do nosso organismo. A vitamina C também instiga a atuação dos leucócitos.

12) A vitamina A e os demais antioxidantes da cenoura são ótimos para a pele: protegem as células da ação dos raios solares. Além disso, a vitamina A auxilia na prevenção de rugas, acnes e manchas da pele.

13) A deficiência de vitamina A deixa as unhas e os cabelos secos, e pode causar a xeroftalmia, ressecamento da pele a nível patológico.

Dicas:

  • Dê preferência à cenoura crua. Quando a cozinhamos, sobretudo por muito tempo, perdemos uma boa parte de seus nutrientes.
  • Ao ralarmos ou centrifugarmos a cenoura, ela fica mais exposta à luz e com isso a vitamina A sofre uma reação química de decomposição. Se precisar usá-la dessa forma, consuma-a o mais breve possível.

Referências: 

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

  1. G Zaini, Rana, et al. “Effects of bioactive compounds from carrots (Daucus carota L.), polyacetylenes, beta-carotene and lutein on human lymphoid leukaemia cells.” Anti-Cancer Agents in Medicinal Chemistry (Formerly Current Medicinal Chemistry-Anti-Cancer Agents) 12.6 (2012): 640-652.
  2. Roselli, Marianna, et al. “Impact of organic and conventional carrots on intestinal and peripheral immunity.” Journal of the Science of Food and Agriculture 92.14 (2012): 2913-2922.
  3. Sikora, M., E. Hallmann, and E. Rembiałkowska. “[The content of bioactive compounds in carrots from organic and conventional production in the context of health prevention].” Roczniki Panstwowego Zakladu Higieny 60.3 (2008): 217-220.
  4. Imsic, Michael, et al. “Effect of storage and cooking on β-carotene isomers in carrots (Daucus carota L. cv.‘Stefano’).” Journal of agricultural and food chemistry 58.8 (2010): 5109-5113.
  5. Kjellenberg, Lars, et al. “Effects of harvesting date and storage on the amounts of polyacetylenes in carrots, Daucus carota.” Journal of agricultural and food chemistry 58.22 (2010): 11703-11708.
  6. MATĚJKOVÁ, Jana, and Kristína PETŘÍKOVÁ. “Variation in content of carotenoids and vitamin C in carrots.” Notulae Scientia Biologicae 2.4 (2010): 88-91.
  7. Metzger, Brandon T., and David M. Barnes. “Polyacetylene diversity and bioactivity in orange market and locally grown colored carrots (Daucus carota L.).” Journal of agricultural and food chemistry 57.23 (2009): 11134-11139.
  8. Oude Griep, Linda M., et al. “Colours of fruit and vegetables and 10-year incidence of CHD.” British Journal of Nutrition 106.10 (2011): 1562-1569.
  9. The World’s Healthiest Foods.

Você já sabia de todos esses benefícios da cenoura para a boa forma e saúde? Com que frequência a consome em sua dieta regular? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×