3 Passos que a Fizeram Perder 46 Kg em 1 Ano e Transformar sua Saúde

Cerca de seis anos atrás, Anja Taylor estava para baixo. Ela havia ganhado 45 kg em apenas um ano e pesava 151 kg em seus 1,67 m de altura. Ela estava sofrendo: sempre tinha acne debaixo do queixo e no pescoço; seu ciclo menstrual era irregular; seus joelhos estavam incomodando e seu médico diagnosticou sua artrite com apenas 20 anos de idade.

“Eu percebi que eu não era saudável”, disse ela. Na época, Anja estava vivendo sozinha pela primeira vez e consumindo muito fast food e comidas nada saudáveis.

“Não ter restrições me levava a comer o que eu quisesse. E por eu ter na minha cabeça que (já) era gorda, acabei ganhando mais peso”, disse a jovem de 26 anos de Denton, Texas, nos EUA.

Anja era sempre um pouco mais pesada que seus amigos e via si mesma como “maior” naturalmente. Ela achava que ela nunca perderia peso, então ela realmente nunca tentou. Embora odiasse fazer compras em lojas de tamanho maior que na verdade atendiam a mulheres mais velhas, ela se convenceu de que seu peso não era um problema.

“Você acorda em seu corpo todos os dias. Para mim, na verdade eu não percebi quão absurdo era o meu peso”, disse ela.

Mas então, ela começou a ter problemas de saúde. Aos 22 anos, ela descobriu que tinha síndrome de ovário poliquístico, razão pela qual ela tinha menstruações irregulares.

Em dezembro de 2015, Anja percebeu que precisava fazer algo, mas não sabia como e por onde começar. Malhar parecia um parto.

“Quando sua saúde não é boa, é realmente difícil ir para a academia. Empurrar seu corpo na academia é ainda mais difícil do que as pessoas pensam”, disse ela.

Em fevereiro de 2016, ela foi a suas primeiras aulas de spinning. Mesmo que tenha sofrido durante a aula de 50 minutos, ela realmente gostou e continuou voltando. Ela também comprou refeições pré-preparadas de empresas fit, o que facilitou a sua ingestão de vegetais e proteínas magras e menos carboidratos.

“Eu estudo e trabalho em tempo integral, então não consigo preparar uma refeição”, disse ela. “Os planos de refeições me ofereceram variedade”.

Perder peso ajudou a melhorar sua saúde. Ela já não tem mais dores no joelho e seu ciclo menstrual é regular novamente. Ela ama toda a energia nova que tem agora.

“Estou grata que meu corpo possa ser ativo fisicamente. Antes de perder peso, eu estava presa no meu próprio corpo. Eu não vejo mais a malhação como uma tarefa árdua, mas sim um presente e uma benção”, disse ela.

Anja perdeu peso constantemente de fevereiro a dezembro de 2016, emagrecendo 46,72 kg. Mas em outubro, ela terminou com seu noivo de 7 anos, começou um novo emprego, começou as aulas na faculdade em tempo integral e perdeu o foco.

“Ganhei cerca de 10 kg de volta nessa época”, disse ela. “Eu coloco muita pressão sobre mim por causa do ganho de peso”.

Ela manteve seus hábitos saudáveis e não ganhou mais peso, levando mais alguns meses para perder de novo esses 10 kg extras. Agora com 104 kg, ela espera perder mais 22,5 kg. Ela recentemente adicionou novas aulas de exercícios e mais preparação de refeições caseiras para sua rotina.

“Há muitos desafios que a vida lança para você, então é realmente difícil. Você tem que superar isso”, disse ela.

Ela compartilhou alguns conselhos para outras pessoas que pretendem perder peso como ela fez:

1. Encontre algo que você ama

Apesar de sofrer em sua primeira aula de spinning, Anja percebeu aos poucos que estava amando isso. No passado, ela sempre se forçava a fazer exercícios que odiava.

“Eu não era uma fã de exercícios. Eu nunca entendia isso”, disse ela. “Se você não está se divertindo, não vai dar certo”.

2. Defina metas razoáveis

No passado, quando pensava em emagrecer, Anja costumava pensar em perder enormes quantidades de peso. Mas essa meta de 68 kg prejudicava seus esforços.

“Em tentativas anteriores, sempre pensava num grande número”, disse ela. “Eu me concentrei naquele mês”.

Pensar mês a mês ajudou-a a ser bem sucedida em sua jornada.

3. Tenha um amigo

Anja fez muitos amigos em sua academia que a mantinham motivada, mesmo quando não queria se exercitar. Eles a apoiaram quando ela ganhou peso e a encorajaram a manter seus hábitos saudáveis, lembra Anja, acrescentando que ela teve mais sucesso quando percebeu que não estava “sozinha nessa”.

Você conhece alguém que tem uma história de perda de peso como a de Anja Taylor? Já passou por uma experiência dessa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*