Casal Musculoso

4 Mitos Perigosos de Ganho de Massa Muscular Desvendados

Se você estiver decidido sobre fazer um compromisso firme com um programa de ganho de massa muscular, você precisará ter muito cuidado com quem você ouve conselhos. Musculação e fitness é uma indústria multi-bilionária com novos sites e produtos surgindo a cada dia. Muitos dos chamados “especialistas” por aí, realmente não têm a menor idéia do que eles estão falando e estão apenas empurrando comprimidos caros, pós e “programas milagrosos” que você não precisa. Se você não tomar cuidado, você pode acabar caindo em algumas armadilhas do ganho de massa muscular que vão literalmente destruir seus objetivos e impedi-lo de atingir o físico que você deseja. Neste artigo, vamos expor quatro mitos muito comuns de ganho de massa muscular, a fim de mantê-lo no caminho certo para o ganho de músculo e força que você merece.

Mito 1: Para construir músculos, você deve sentir o “PUMP” durante o treino. Quanto mais você conseguir, mais músculos você irá construir.

Para aqueles que estão apenas começando, um “PUMP” é o sentimento que você tem quando o sangue fica preso dentro do tecido muscular quando você treina com pesos. Os músculos vão inchar e deixar seu corpo maior, mais forte, e mais poderoso. Enquanto um “PUMP” te faz se sentir fantástico, tem muito pouco, ou nada a ver com estimular corretamente seus músculos para crescerem.

Um “PUMP” é simplesmente o resultado do aumento do fluxo sanguíneo no tecido muscular, e certamente não é indicativo de um treino bem sucedido. Um treino bem sucedido só deve ser medido pela progressão. Se você for capaz de levantar mais peso ou realizar mais repetições do que você fez na semana anterior, então você fez o seu trabalho.

Mito 2: Construir musculatura irá te deixar mais lento e menos flexível.

Este lembra os velhos tempos, quando os fisiculturistas eram chamados de “músculo ligado” e “volumoso”. Ao contrário do que você pode pensar, a construção de uma quantidade significativa de massa muscular magra vai realmente acelerá-lo ao invés de deixá-lo mais lento. Os músculos são responsáveis ​​por todos os movimentos que seu corpo faz, de correr a saltar até arremessar. A questão é que quanto mais forte o músculo, mais força ele pode aplicar. Ter pernas mais fortes, e mais musculosas significa aumento de velocidade no pé, assim como ter ombros musculosos e mais fortes significa uma capacidade de arremessar mais longe. Músculos fortes são músculos capazes, e não o contrário.

Mito 3: Você sempre deve usar a forma perfeita e didática em todos os exercícios.

Enquanto estiver usando uma técnica na academia, o que é sempre importante, a obsessão com a técnica perfeita é um assunto completamente diferente. Se você está sempre tentando executar todos os exercícios utilizando a técnica impecável, mais didática, na verdade você vai aumentar suas chances de lesões e, simultaneamente, diminuir a quantidade total de estímulo muscular que pode alcançar. Lembre-se, nós não somos robôs!

É muito importante que você sempre se mova naturalmente quando se exercita. Isso pode significar adicionar uma ligeira oscilação nas suas costas quando você trabalha o bíceps, ou usar um pouquinho de força do corpo durante a execução das barras. Solte-se um pouco e mova-se de maneira com a qual o seu corpo foi feito para ser movimentado. Obcessão com a técnica perfeita vai realmente funcionar contra você e não a seu favor.

Mito 4: Se você quer que seus músculos cresçam, você deve “sentir queimar!”

Este é outro grande equívoco na academia. A sensação de “queimação” que resulta de um treinamento intenso é simplesmente o resultado de ácido lático (um subproduto metabólico) que é secretada dentro do tecido muscular quando você se exercita. Aumento dos níveis de ácido láctico não tem nada a ver com o ganho de massa muscular e pode realmente diminuir seus ganhos ao invés de acelerá-los. Você pode limitar a produção de ácido láctico por treinamento em uma faixa de repetições mais baixa de 5 a 7, ao invés da tradicional faixa de 10 ou mais.

Qual desses mitos do ganho de massa muscular você acreditava? Ele estava atrapalhando os seus ganhos e objetivos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,75 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*