Publicidade

 

Rossen

5 Passos que o Fizeram Manter o Peso Após a Perda de Quase 15 Kg

Jeff Rossen é um jornalista televisivo americano, do canal NBC News, que aceitou participar de um programa de perda de peso, e conta na carta transcrita abaixo como conseguiu manter o peso que perdeu depois de 2 anos com o programa.

Publicidade

Eu sempre tive uma longa batalha com o meu peso. E é algo que passa pela minha cabeça todos os dias. Ontem. Hoje. Amanhã.

Isso fica preso na sua cabeça, eu sei. Até que em uma manhã, em 2015, em que os produtores de um programa de TV americano vieram até mim e disseram: “Ei, estamos fazendo um desafio de perda de peso. Você quer entrar?” Naquele momento, eu pesava mais de 95 kg. Do alto dos meus 1,82 cm, isso significava, oficialmente, que eu estava acima do peso. Tudo bem… eu tinha 96,6 kg.

Então concordei com o maior desafio da minha vida, e eles me colocaram sob os cuidados da especialista em boa forma Jenna Wolfe e do nutricionista Joy Bauer.

Se você está esperando uma série de Rocky em que eu puxei muito ferro e fiz mil abdominais, bem, esse é um conto muito diferente. Jenna me deu algumas dicas de exercícios úteis que eu poderia praticar no meu próprio quarto de hotel. Aprendi rapidamente que a academia não é para mim. Eu nunca vou ter uma barriga tanquinho, um peitoral rasgado ou um corpo do Channing Tatum.

Aqui estão algumas das dicas que eu aprendi, e que me fizeram manter o novo peso nos últimos dois anos.

1. É tudo sobre controle de porção

Joy me colocou em uma dieta rigorosa: clara de ovo ou aveia na parte da manhã. Uma salada para o almoço. Se eu precisar comer um sanduíche, tudo bem, mas agora eu removo a camada superior do pão. É um dos meus truques favoritos. Acredite ou não, você não vai sentir falta dessa camada superior. Nós realmente só comemos duas camadas porque os sanduíches são assim e são mais fáceis de segurar. Assim, seus dedos podem tocar a alface. Nenhum problema. Por que dobrar os carboidratos e as calorias por causa disso?

Publicidade

No jantar, eu como principalmente verduras e proteína magra – frango assado, peixe, atum – esse tipo de coisa.

2. Dias lixo são permitidos

Vamos ser honestos, não sou um guru da nutrição que trata meu corpo como um templo sagrado. Eu vou apreciar uma refeição lixo de vez em quando, vou aproveitar um burrito e até vou provar um pedaço da sobremesa.

3. Saiba quando você já teve o suficiente

Vamos tomar um sorvete, por exemplo. Um amigo e eu estávamos com vontade de sorvete. Eu estava desejando meu sabor favorito, chocolate com menta, então eu cedi e comprei um. Eu tomei uma mordida. Delicioso. Uma segunda. Céus. Eu saboreei o sorvete, a mordida escura do chocolate, do jeito que senti na minha língua. Uma terceira mordida. Oh meu Deus, isso é tão bom. Quarta mordida…

E então eu joguei fora. “O que foi isso?”, Disse meu amigo.

Aqui está o truque: eu sabia que eventualmente, mais cedo ou mais tarde, ficaria triste quando terminasse esse sorvete. Eu ia querer mais. Você sempre quer mais. Eu ficaria triste depois que comesse todo o sorvete, ficaria triste depois de comer duas bolas de sorvete e ficaria triste depois de comer apenas quatro bolas.

Publicidade

Se eu vou ficar triste, então por que não acabar com isso antes? Eu ainda estava gostando da experiência de comer sorvete sublime, então, enquanto o gosto permanecia na minha boca durante os próximos quinze minutos, eu poderia jogar fora o resto. Eu só consumi uma pequena fração das calorias totais desse sorvete.

4. Pesar-se regularmente

Eu me peso todas as manhãs. Eu vejo os altos e baixos. E às vezes eu sinto o julgamento, como em um aeroporto, quando uma mulher me viu comendo uma fatia de pizza e disse um ‘tsk-tsk: “Você vai ganhar todo esse peso de volta.”

Eu suponho que ela viu meu desafio de perda de peso pela TV. Se não… cuide da sua própria vida, senhora!

5. Leia os rótulos

Se não for cuidadoso, eu volto a ganhar peso. Então, é algo que está sempre em minha mente. Eu monitoro a minha ingestão de alimentos. Leio os rótulos de perto. Eu dependo desses rótulos. Eu confio nesses rótulos.

Graças a esse tipo de mentalidade, eu passei de 96,6 kg em 2015 para o meu peso atual de 83 kg. Nenhum truque. Sem acrobacias. Apenas uma boa dieta e controle de porções!

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você também aceitaria um desafio desse, como Jeff Rossen aceitou, para perder peso? Acredita que conseguiria mantê-lo depois? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×