Banaba

Banaba Emagrece? O Que é, Benefícios, Efeitos Colaterais e Como Tomar

Você sabe o que é Banaba? É o nome de uma planta nativa das Filipinas e do Sudeste da Ásia, com nome científico de Lagerstroemia speciosa e que também pode ser utilizada na forma de suplemento.

A banaba emagrece?

Um dos usos conhecidos da banaba como suplemento é justamente para auxiliar o processo de perda de peso. Mas será que a banaba emagrece mesmo?

Segundo o Livestrong, a folha da banaba contém uma substância chamada de ácido corosólico, que mostrou ter um efeito na diminuição da insulina por parte do pâncreas. A publicação esclareceu que quando os níveis de glicose no sangue estão elevados, como acontece quando comemos pão ou comidas cheias de açúcar, o pâncreas libera uma sobrecarga de insulina no organismo.

O problema, de acordo com o Livestrong, é que um efeito comum de se ter muita insulina na corrente sanguínea é o ganho de peso ou a obesidade. Quando os níveis de glicose encontram-se altos, essa glicose passa a ser armazenada como gordura, e assim, diminuir as taxas de açúcar no sangue tem um efeito em relação à perda de peso.

A folha da planta também é composta pelo ácido tânico, que foi apontado em um estudo do ano de 2005 como útil para a obesidade associada à diabetes do tipo 2 (o uso da banaba por pessoas com diabetes exige cuidados e o acompanhamento médico, como será detalhado no decorrer deste artigo).

A publicação também falou a respeito de um estudo de 1999, de Tóquio, no Japão, em que ratos receberam o extrato de banaba.

Entre os resultados observados, estavam um ganho de peso mais baixo e uma diminuição de 65% no conteúdo lipídico hepático, graças a uma redução nos níveis de triglicerídeos. O Livestrong explicou que níveis baixos lipídios hepáticos estão associados à perda de peso e que a pesquisa sugeriu que a folha de banaba tem um efeito benéfico em ratos obesos.

No entanto, isso não significa necessariamente que possamos afirmar que a banaba emagrece, pois as evidências para o uso da banaba neste sentido são consideradas insuficientes, sendo necessárias maiores comprovações para que ela seja considerada eficiente em relação à perda de peso.

Aproveitamos para registrar aqui que mais importante do que a discussão se a banaba emagrece ou não é lembrar que não existem produtos ou substâncias mágicas que promovam a perda de peso, ainda que alguns deles possam ajudar.

Portanto, o ideal para quem deseja ou precisa emagrecer é procurar maneiras de alcançar esse objetivo com saúde. Para isso, é necessário ter toda uma alimentação saudável, controlada, equilibrada e nutritiva, contando com o acompanhamento de um bom nutricionista.

Também vale a pena praticar atividades físicas com regularidade, já que elas aumentam a queima de calorias por parte do corpo, tendo o auxílio de um bom educador físico para assegurar a segurança e a eficiência dos treinamentos.

Benefícios da banaba

Agora que já analisamos se a banaba emagrece ou não, vamos conferir alguns benefícios que já foram associados a ela:

– Síndrome metabólica 

A síndrome metabólica é descrita como um grupo de condições – pressão arterial alta, obesidade, colesterol alto, triglicerídeos altos e inflamação – que aumentam as chances de uma pessoa sofrer com doença no coração e acidente vascular cerebral (AVC), explicou a nutricionista Traci Joy.

A nutricionista falou ainda sobre um estudo realizado por pesquisadores do Japão que testou o extrato da folha de banaba em diversas condições da síndrome metabólica e foi divulgada em uma edição de 2005 da publicação Life Sciences.

O resultado observado foi que, ao final de 10 semanas de tratamento, o metabolismo da gordura havia normalizado e a inflamação do corpo tinha diminuído. De qualquer forma, converse com o seu médico antes de usar a banaba dentro do seu tratamento para a síndrome metabólica.

– Câncer 

Ainda de acordo com a nutricionista Traci Joy, um estudo feito por pesquisadores da China e divulgado em 2009 na publicação Cancer Letters testou o ácido corosólico, presente na folha de banaba, contra células humanas de câncer cervical.

A pesquisa indicou que o ácido corosólico estimulou a liberação de enzimas matadoras de células cancerígenas. Entretanto, isso deve ser analisado com muito cuidado por se tratar de uma doença tão séria e qualquer pessoa com câncer deve discutir com o seu médico se e como a banaba pode ser útil para o seu tratamento.

Alertamos ainda que abandonar o tratamento para aderir ao uso da banaba é extremamente perigoso, especialmente quando falamos de uma doença grave como o câncer.

Efeitos colaterais e cuidados com a banaba 

Um dos efeitos colaterais da banaba é que ela pode diminuir a pressão arterial. Assim, em teoria, o seu uso pode fazer com que a pressão fique muito baixa em pessoas que já sofrem com a pressão baixa ou tomam medicamentos para baixar a pressão.

A banaba também pode afetar o controle de glicose no sangue. Portanto, quem sofre com a diabetes deve checar com o seu médico antes de começar a usar a banaba, já que é recomendado que os diagnosticados com a doença monitorem rigorosamente as suas taxas de açúcar no sangue.

O extrato de folha de banana contém inúmeros ingredientes esteroidais, cujos efeitos colaterais podem variar bastante, incluindo reações adversas na pele como o aumento da acne.

Para quem sabe que reage de maneira adversa à ingestão de esteroides químicos, a recomendação é evitar os suplementos de extrato da folha de banaba, ao menos até conversar com o seu médico.

Ao experimentar qualquer efeito colateral depois de fazer uso da banaba, procure rapidamente a ajuda de um médico para saber como deve proceder.

O uso oral de curto prazo da banaba é considerado seguro, entretanto, a segurança do seu uso em longo prazo é desconhecida. Portanto, antes de utilizar é fundamental consultar o médico para saber se ela realmente é indicada para o seu caso, se não pode fazer, qual a dosagem que deve ser utilizada e durante quanto tempo a banana pode ser usada.

Essa recomendação serve para todas as pessoas, principalmente crianças, adolescentes, idosos e pessoas que sofram com algum tipo de doença ou condição de saúde específica. Não faça uso da planta ou de seu suplemento em substituição a nenhum tratamento indicado pelo médico porque isso pode prejudicar gravemente a sua saúde.

Também é necessário conversar com o médico para saber se a banaba não pode interagir com nenhum medicamento, suplemento ou planta medicinal que você esteja utilizando. Por exemplo, ela pode interagir com remédios utilizados no tratamento da diabetes.

Como não se tem informações suficientes a respeito do uso da banana para mulheres grávidas e que estejam em processo de amamentação dos seus bebês, recomenda-se que essas mulheres ajam com segurança e evitam utilizar o produto, sempre consultando o médico.

Pelo fato de afetar os níveis de glicose no sangue e tornar o controle dessas taxas mais difícil durante e depois de um procedimento cirúrgico, recomenda-se parar de usar a banaba pelo menos duas semanas antes da data agendada para a realização de uma cirurgia.

Como tomar a banaba

Como a planta não cresce em países ocidentais, o seu uso acontece na forma de suplementos. Caso se interesse em comprar o produto, converse com o seu médico e verifique com ele a dosagem indicada para o seu caso, tendo em vista as suas necessidades.

Encontra-se na internet potes de 60 cápsulas do suplemento de folha de banana para comprar pelo preço de R$ 58,99. A instrução é tomar uma cápsula do suplemento duas vezes ao dia, porém, confirme com o seu médico se essa posologia realmente é adequada e segura para você.

Você já tinha ouvido falar que a banaba emagrece? Tem curiosidade de experimentar a suplementação com esta planta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*