Publicidade

 

Pão Integral

Carboidrato Engorda Mesmo? Como Fazer Para Não Engordar?

Na última década, ficaram muito famosos boatos de que o carboidrato engorda as pessoas. Muitas das mais famosas dietas de baixo teor de carboidratos condenaram os carboidratos, criando o que chamamos de “carbofobia”. Os carboidratos têm um papel importante na estrutura e na função dos órgãos do corpo e das células nervosas.

Publicidade

O cérebro também necessita desta glicose como fonte de energia, já que ele não pode usar gordura para este propósito. Por esta razão, o nível de glicose no sangue precisa ser mantido constantemente acima do nível mínimo. Acontece que os carboidratos podem ser quebrados de duas maneiras, e por isso às vezes pode-se pensar que o carboidrato engorda. Veja abaixo:

Carboidratos simples ou açúcares simples

Esta categoria de carboidratos é feita de açúcares simples e é instantaneamente quebrada e digerida. Carboidratos simples também são conhecidos como carboidratos ruins já que eles contêm açúcares refinados e poucas vitaminas essenciais e sais minerais. Exemplos: açúcar refinado, suco de frutas coado ou adicionado de açúcar, iogurte pronto para beber adicionado de açúcar, mel, a maioria dos cereais empacotados, pão branco, refrigerantes, sorvete, bolo e doces.

Carboidratos complexos

Carboidratos complexos ou carboidratos bons, ao contrario dos anteriores, eles levam mais tempo para serem digeridos e são cheios de fibras, vitaminas e minerais. Exemplos incluem: vegetais, pães integrais, aveia, legumes, frutas, lentilhas, feijão e macarrão integral. A maioria dos carboidratos naturais dos alimentos são carboidratos complexos.

O que acontece quando você come (ou bebe) um carboidrato simples, seja um prato de cereais matinais, uma concha de sorvete light ou mesmo um copo de suco de laranja, é que todo açúcar digerido se dirige diretamente à corrente sanguínea. Você normalmente sente uma carga rápida de energia. Seu corpo reage imediatamente a este repentino aumento de açúcar na corrente sanguínea avisando ao pâncreas que este deve produzir insulina adicional para remover o excesso de açúcar do seu sangue.

E por um momento, você tem uma quantidade significativamente menor de açúcar no sangue como resultado da insulina fazendo seu trabalho, resultando em uma sensação de que seu corpo precisa de mais combustível, mais energia e mais calorias. E isso faz você desejar mais carboidratos simples. Esta é a razão do porque você se sente letárgico ou deseja mais açúcar, depois de comer uma refeição recheada de carboidratos simples. É o efeito rebote de quando o carboidrato engorda.

Os carboidratos complexos levam mais tempo para serem desmontados em suas formas elementares, portanto, necessitam de mais tempo para serem digeridos. O processo lento de quebra supre seu corpo de energia por um período maior. Já que estes carboidratos necessitam de mais tempo para conversão, eles são constantemente usados pelo corpo. Deste modo, o açúcar convertido em gordura não é armazenado em grandes quantidades como acontece com os carboidratos simples.

Se os carboidratos serão bons ou maus depende realmente do seu estilo de vida e suas necessidades. Sugerimos que você coma muitos vegetais e frutas. Evite fontes processadas de carboidratos e seja mais ativo. Saia de casa e faça algum esporte, corra ou faça exercícios.

Publicidade

Carboidratos não são o verdadeiro problema. Você pode estar comendo mais do que precisa ou não estar se exercitando o bastante e é isto que pode estar te fazendo engordar.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Que tipos de carboidratos você costuma ingerir em sua dieta diária, complexos ou simples? Você acha que o carboidrato engorda mesmo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Pra mim é quase impossível seguir essas dietas malucas que cortam carboidratos! Quando eu tento, fico muito sem energia, não consigo raciocinar e nem fazer exercícios durante o dia.

    O ideal mesmo é tentar trocar tudo por integral!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×