Publicidade

 

Carboxiterapia para Olheiras Funciona? Antes e Depois, Efeitos Colaterais e Dicas

A carboxiterapia é um procedimento não cirúrgico que é realizado por meio da aplicação de dióxido de carbono (um gás invisível e inodoro que é um dos componentes do ar que respiramos) logo abaixo da superfície da pele por meio de uma agulha fina.

Publicidade

A promessa do tratamento é acabar com estrias, celulite e cicatrizes, por exemplo. O objetivo da aplicação do dióxido de carbono é estimular a circulação e a produção de colágeno, o que é conhecido por melhorar a aparência da pele.

Como funciona a carboxiterapia para olheiras?

As olheiras são formadas graças ao acúmulo de melanina (pigmento escuro da pele) e da dilatação de diversos vasos sanguíneos da pele das pálpebras. Entre os fatores para o aumento das olheiras estão a idade, o fotoenvelhecimento e a gravidade.

Outros causadores das orelhas podem ser a falta de sono, o estresse e fatores genéticos. As marcas aparecem com facilidade na pele ao redor dos olhos graças ao fato de ela ser muito delicada e fina, com uma espessura de 0,4 mm.

Há quem também use o tratamento da carboxiterapia para olheiras. Durante o procedimento, o dióxido de carbono é injetado abaixo da pele, ao lado do olho, fazendo com que a região dos olhos fique inchada, parecendo um balão, em um método que aparenta ser bastante doloroso.

As imagens a seguir mostram como o olho fica antes e depois de receber a aplicação do dióxido de carbono durante o procedimento da carboxiterapia para olheiras:

Antes (acima) e depois (abaixo) da aplicação do gás para tratar as olheiras no olho direito da paciente. Repare em como ele incha. Foto: glanasim/Instagram via Daily Mail

Publicidade

Não parece algo muito confortável, não é mesmo? Entretanto, sites de clínicas e spas trazem a informação de que o tratamento não é doloroso e que os pacientes sentem somente um pequeno formigamento conforme o gás é injetado.

Depois que o dióxido de carbono é aplicado na pele, ele é naturalmente absorvido pelo organismo e não existe a necessidade de que ele seja removido.

O tratamento precisa de, pelo menos, quatro a seis sessões para trabalhar nas olheiras. Algumas clínicas recomendam de seis a oito procedimentos.

Mas a carboxiterapia para olheiras funciona?

A imagem a seguir apresenta um antes e depois atribuído ao tratamento de carboxiterapia para olheiras: 

Imagem: mmcosmeticfacil.surgery/Instagram via Daily Mail

Publicidade

O tratamento funciona supostamente por meio do aumento do oxigênio na área em que o gás é aplicado, melhorando a aparência da pele e diminuindo as olheiras ou as cicatrizes.

Outra promessa da carboxiterapia para olheiras consiste em aumentar o colágeno da pele, fazendo com que ela ganhe uma aparência mais jovial, em um resultado que pode durar até seis meses.

O colágeno atua no fortalecimento e na manutenção da elasticidade da pele. Quando ele é decomposto por conta do envelhecimento ou de alguma doença, a pele pode afinar, ressecar, enrugar e tornar-se frágil, ficando mais propensa a sofrer lesões.

O Huffington Post relatou que o cirurgião plástico Sanjay Parashar, que trabalha com a carboxiterapia, explicou no Instagram que o tratamento funciona por meio dos princípios do chamado efeito de Bohr – um fenômeno fisiológico em que um aumento na concentração do dióxido de carbono provoca uma diminuição no pH.

E o que isso tem a ver com as olheiras? De acordo com o doutor Parashar, isso resulta em uma elevação da disponibilidade de oxigênio para os tecidos, o que, segundo ele, reduz as olheiras.

A falta de oxigenação da pele da pálpebra inferior permite que o tom azulado dos vasos sanguíneos apareçam por meio da pele das pálpebras, que é bem fininha.

Efeitos colaterais da carboxiterapia para olheiras

O procedimento provoca efeitos colaterais como inchaço, vermelhidão, hematomas e dores (contrariando a promessa dos spas e clínicas de que o tratamento não é doloroso) na região em que o dióxido de carbono foi injetado.

Cuidados e riscos 

Ainda segundo o Huffington Post, a Dr MediSpa, uma clínica na Inglaterra que realiza o procedimento, alega que os riscos de cicatrizes com a carboxiterapia para olheiras são muito raros e que não existem registros de efeitos colaterais de longo prazo até então.

Entretanto, a própria clínica alerta que o tratamento deve ser realizado somente por um cirurgião plástico.

Além disso, a dermatologista de Londres Anjali Mahto alertou que são necessárias mais pesquisas sobre a segurança da carboxiterapia para olheiras. Ela explicou que existem pouquíssimos dados científicos a respeito desse tipo de tratamento.

Mahto também comentou que o tratamento das olheiras é notoriamente difícil e que uma série de procedimentos como o uso de cremes e agentes clareadores, peelings químicos, métodos invasivos como a terapia com o plasma rico em plaquetas (PRP) e preenchimento cutâneo com injeções de ácido hialurônico já foram utilizados com certo grau de sucesso.

Ela ainda alertou que somente um dermatologista qualificado é capaz de indicar qual tipo de tratamento é o melhor para cada pessoa. Portanto, se você deseja se livrar das suas olheiras, o primeiro que deve fazer é marcar uma consulta com um bom dermatologista, deixar que ele examine e, então, perguntar a ele qual é o tratamento mais seguro e eficiente para você.

Não é só porque algumas pessoas na internet ou suas amigas afirmam que a carboxiterapia para olheiras funciona que o procedimento necessariamente trará o resultado que você deseja e não prejudicará a sua saúde. Somente um médico especializado e qualificado pode garantir isso.

Mesmo que o dermatologista lhe libere para fazer o tratamento, peça a ele a sugestão de um bom cirurgião para realizar o procedimento. Pesquise sobre o profissional indicado e a sua reputação e tente conversar com outras pessoas que já foram atendidas por ele, para saber o que elas pensam a respeito do seu trabalho e que resultado obtiveram.

Antes, durante e depois do tratamento, siga todas as orientações que o cirurgião plástico lhe passar e informe a ele a respeito de qualquer efeito colateral, esperado ou não, que você venha a sentir.

O preço da carboxiterapia para olheiras

O preço de cada sessão do procedimento pode variar de R$ 50 a R$ 200, de acordo com a região e a clínica onde o tratamento for realizado.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você conhece alguém que tenha feito e afirme que a carboxiterapia para olheiras funciona? Tem curiosidade de experimentar esse tratamento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×