Publicidade

 

Noz moscada

Chá de Noz-Moscada Emagrece?

A noz-moscada é uma semente e especiaria que chegou até o Ocidente vinda da Indonésia e da Índia por meio dos navios de mercadores muçulmanos.

Publicidade

Triturada ou ralada, ela pode ser utilizada como tempero para acentuar o sabor de aves, adicionada em purês de legumes e receitas compostas por queijo e leite e ser usada no preparo de doces e compotas de frutas.

Entretanto, vamos falar abaixo sobre outra aplicação dessa especiaria e os efeitos que pode provocar ao nosso organismo.

Será que o chá de noz-moscada emagrece? 

A noz-moscada é classificada como uma substância soporífica, ou seja, que induz o sono. Assim, a pessoa que tem problemas ao dormir pode se beneficiar ao ingerir a especiaria por meio do chá antes de deitar.

Mas o que isso tem a ver com a perda de peso? É que um dos prejuízos associados à má qualidade do sono é justamente o aumento do peso. A Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard explicou que dormir mal também está associado ao aumento do tamanho da cintura.

De acordo com a publicação, mulheres que dormem menos de sete horas por noite têm um risco maior de sofrer com um aumento de peso significativo do que aquelas que dormem no mínimo sete horas a cada noite.

Acredita-se que isso possa acontecer devido ao fato de que a privação do sono deixa a pessoa esgotada, fazendo com que ela fique desmotivada para se alimentar de maneira ou saudável e praticar exercícios físicos, ou porque a falta de sono possa desacelerar o metabolismo e, por consequência, desacelerar também o processo de queima de calorias e gorduras do corpo.

Publicidade

Além disso, a nutricionista Jill Corleone alertou que uma noite mal dormida atrapalha os hormônios que controlam o apetite, o que pode deixar a pessoa mais faminta.

Outro ponto que favorece a afirmação que o chá de noz-moscada emagrece é o fato de que, principalmente na Índia, a especiaria é conhecida por combater a ansiedade.

Pesquisadores da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, afirmaram que a ingestão de 1/3 de colher de sopa de noz-moscada todos os dias ajudaria a amenizar os sintomas da depressão, ainda que o efeito não seja 100% comprovado.

Isso pode ser útil para quem tem o costume de comer calorias extras provenientes de guloseimas como forma de aliviar momentos em que os sintomas da ansiedade e depressão aparecem. Então, uma vez que ela passa a conseguir controlar o apetite por esses alimentos, ganha um aliado na tarefa de combater o aumento de peso.

Veja que com isso não dizemos que o chá de noz-moscada cura a ansiedade ou a depressão, se você sabe que sofre com um desses problemas, busque rapidamente a ajuda de um médico especializado.

Publicidade

Entretanto, isso não indica que o chá de noz-moscada emagrece em todos os casos ou que promove o emagrecimento magicamente. Os efeitos indicam que existe a possibilidade de que a bebida possa colaborar indiretamente com o processo, porém, não há a garantia de que isso realmente aconteça.

Para se certificar de ter sucesso no processo de emagrecimento é fundamental seguir toda uma alimentação controlada, equilibrada, saudável e nutritiva. Praticar atividades físicas com frequência também pode ser útil neste sentido tendo em vista que maximiza a queima de calorias.

Além disso, tudo isso torna-se eficaz e seguro quando conta-se com o acompanhamento de profissionais como nutricionista e educador físico. 

Como fazer – Receita de chá de noz-moscada

Agora que já vimos se o chá de noz-moscada emagrece, vamos aprender uma maneira como a bebida pode ser preparada. Dá só uma conferida: 

Ingredientes:

  • ½ noz-moscada;
  • 1 l de água;
  • Mel a gosto.

Modo de preparo:

  1. Ralar a noz-moscada;
  2. Colocar a água dentro de uma panela e levar ao fogão para ferver;
  3. Então, desligar o fogo e adicionar a semente ralada de noz-moscada;
  4. Tampar e deixar a mistura descansar durante três minutos;
  5. Na sequência, coar o chá com o auxílio de uma peneira bem fina e servir-se imediatamente.

O ideal é tomar o chá logo após o seu preparo (não necessariamente tomar todo o conteúdo preparado de uma vez), antes que o oxigênio do ar destrua os seus compostos ativos. Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Certifique-se ainda de que a noz-moscada que você utiliza no preparo do seu chá seja de boa qualidade, de boa procedência, orgânica, esteja bem limpinha e higienizada e não tenha a adição de nenhuma substância ou produto que possa prejudicar a sua saúde.

Cuidados com o chá de noz-moscada 

O limite máximo recomendado de ingestão da noz-moscada é de duas colheres de chá para um indivíduo adulto, teor que é dificilmente atingido nas receitas que levam o ingrediente.

Ainda assim, vale a pena saber que a ingestão em quantidades elevadas da noz-moscada pode provocar intoxicação, alucinações, náusea, tontura, palpitações, sudorese e o coma, em casos graves, completou a publicação.

Comer uma unidade inteira ou 5 g do ingrediente pode trazer problemas como descontrole motor, despersonalização e alucinações visuais e auditivas.

Uma dosagem de seis a oito colheres de chá de noz-moscada provoca vertigem, boca seca e batimento cardíaco irregular enquanto o consumo de mais de 12 colheres de sopa de noz-moscada em pó ou na forma de óleo pode causar uma intoxicação.

O chá de noz-moscada não deve ser consumido por mulheres que estejam grávidas ou em processo de amamentação de seus bebês e por crianças com menos de dois anos de idade.

Antes de utilizar o chá de noz-moscada para auxiliar o tratamento de qualquer doença ou condição de saúde, converse antes com o seu médico para saber se isso é realmente seguro e eficaz e não deixe de seguir as outras orientações já passadas por ele em relação ao problema em questão.

Mesmo para quem não for utilizar a bebida para ajudar a tratar alguma doença, vale a pena consultar o médico antes de começar a bebê-la para se assegurar de que ela não pode provocar nenhum prejuízo ao organismo. O conselho vale para todos, principalmente para adolescentes, idosos e pessoas que sofram com algum tipo de doença ou condição de saúde.

Também é necessário falar com o médico caso esteja usando algum tipo de medicamento para se certificar de que ele não pode interagir com o chá de noz-moscada.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você conhece alguém que tome frequentemente e afirme que o consumo de chá de noz-moscada emagrece mesmo? Tem curiosidade de experimentá-lo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×