Chá

Chá para Pedra nos Rins Funciona? Tipos e Cuidados

O cálculo renal, popularmente conhecido como pedra nos rins, é uma condição caracterizada pela formação de depósitos duros, que são feitos de minerais e sais, dentro dos rins. Geralmente, as pedras nos rins são formadas quando a urina torna-se concentrada, permitindo que os minerais cristalizem e fiquem unidos.

A doença pode afetar qualquer parte do trato urinário – desde os rins até a bexiga –, além de poder ser bastante dolorosa. O tratamento da condição costuma exigir o consumo de bastante água, pode requerer a utilização de medicamentos para dor e até mesmo a realização de cirurgia.

O procedimento cirúrgico pode ser recomendado nos casos em que as pedras ficam depositadas no trato urinário e estão associadas a uma infecção urinária ou provocam complicações.

Alguns tipos de chá para pedra nos rins

Um artigo do Healthline, que foi revisado pela PhD e mestra em enfermagem holística Debra Rose Wilson, trouxe algumas dicas de remédios caseiros que podem ser úteis para os casos de cálculo renal.

– Chá de Manjericão

Entre os remédios mencionados, estava o chá preparado com as folhas frescas ou desidratadas de manjericão. Segundo a publicação, o manjericão contém uma substância conhecida pelo nome de ácido acético, que ajuda a decompor as pedras nos rins, auxilia a diminuir a dor e reduz os níveis de ácido úrico, o que diminui o risco de desenvolvimento de novos cálculos.

No entanto, o artigo também alertou que o suco de manjericão não deve ser utilizado medicinalmente mais do que seis vezes por semana porque o seu uso prolongado pode diminuir os níveis de açúcar no sangue, reduzir a pressão arterial e aumentar o sangramento.

Como o mesmo manjericão utilizado no suco aparece no chá, a orientação vale para as duas receitas.

Para fazer esse chá para pedra nos rins, coloque umas 10 folhas de manjericão fresco em um litro de água fervente. Desligue o fogo e deixe repousar por 15 minutos. Em seguida você deve coar.

– Chá de Boldo com Alecrim e Camomila

O chá de boldo com alecrim e camomila pode ser um excelente chá para pedras nos rins porque a bebida possui propriedades diuréticas (que estimulam a urina) e que combatem a inflamação provocada pela passagem das pedras no trato urinário.

Coloque uma colher de sopa de boldo, uma de alecrim e uma de camomila em um litro de água fervente. Desligue o fogo e deixe repousar por 15 minutos. Em seguida você deve coar.

– Chá de Amoreira Negra

Outro chá indicado como remédio natural para pedra nos rins é o de folhas de amoreira negra, que também possui propriedades diuréticas.

Coloque 10 g de folhas secas de amoreira negra em meio litro de água fervente. Desligue o fogo e deixe repousar por 15 minutos. Em seguida você deve coar.

A amoreira negra tem propriedades diuréticas e por isso ajuda na eliminação das pedras nos rins.

– Chá de Salsa

Coloque um maço de salsa em água fervente por 10 minutos. Depois, espere esfriar e coe para beber. É um chá diurético e antioxidante.

Mas tomar chá para pedra nos rins funciona mesmo?

Em conversas com pessoas mais velhas da nossa família ou comunidade ou dando uma olhada na internet, encontramos com facilidade uma porção de dicas de chás que prometem ajudar uma série de doenças.

Mas será que essas bebidas realmente podem auxiliar os casos de cálculo renal? Ou será que na realidade o que elas fazem é prejudicar o quadro da doença?

A nutricionista e mestra em nutrição de saúde pública Elaine Magee contou que o chá costuma aparecer na lista de alimentos ou bebidas a serem evitados para ajudar a prevenir as pedras nos rins.

Elaine explicou que o chá deve ser evitado graças ao fato dele ser considerado uma bebida com a presença de oxalato. Segundo ela, a ingestão elevada de oxalatos já foi associada ao aumento do risco de desenvolvimento de cálculos renais em algumas pessoas.

Quando uma pessoa come quantidades muito altas de alimentos ricos em oxalatos existe o risco de que ocorra a chamada hiperoxalúria, em que os cristais de oxalato se combinam com o cálcio nos rins e formam os cálculos renais.

A especialista conta que encontrou um artigo em que os pesquisadores testaram o teor de oxalatos em uma variedade de chás. Segundo ela, eles descobriram que os conteúdos solúveis de oxalatos do chá preto em saquinhos de chá e em folhas soltas de chá eram de 4,68 mg e 5,11 mg por grama de chá.

Já os chás verdes e o chá oolong apresentaram quantias menores de oxalatos: variando de 0,23 mg a 1,15 mg por grama de chá, completou a nutricionista. De acordo com ela, os chás de ervas testados pelos pesquisadores registraram de quantidades não detectadas a 3 mg de oxalatos por grama de chá.

Como ressaltou Magee, qualquer pessoa que sofre com cálculo renal deve checar com o seu médico antes de tomar um chá, principalmente um chá para pedra nos rins em especial.

Porém, de acordo com os resultados do artigo, os chás de ervas e o chá verde aparentam ser uma boa opção – quando tomados em quantidades comedidas, obviamente – para as pessoas com histórico de cálculo renal que apreciam tomar um chá de vez em quando, completou a nutricionista.

Isso significa que eu deva tomar chá para pedra nos rins? 

Não necessariamente. O mais seguro e ideal é que você converse com o médico para saber quais tipos de chás podem auxiliar o seu quadro de cálculo renal e quais você deve evitar.

Precisamos lembrar que cada quadro possui as suas particularidades e cada pessoa pode ter restrições quanto ao uso de determinados chás, por conta de fatores como o uso de medicamentos, a existência de algum tipo de doença, o fato de estar gestante ou amamentando ou a idade.

Você conhece algum tipo de chá para pedra nos rins que tenha funcionado para a condição com você ou algum familiar? Qual deles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. chá de quebra pedra; chá de carqueja e também chá boldo são ótimos.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*