Cápsulas vermelhas

Colágeno Emagrece? Benefícios e Dicas

Publicidade

Os suplementos de colágeno têm sido cada vez mais usados por pessoas que querem emagrecer e melhorar a saúde do corpo. O colágeno possui vários efeitos benéficos cientificamente comprovados, de modo que o seu consumo é, em geral, recomendável. Se o colágeno emagrece é, porém, uma questão que ainda não foi completamente respondida pela ciência. As formas de tomar o colágeno são muitas e, felizmente, os riscos são muito pequenos.

O que é Colágeno?

O colágeno é uma proteína extremamente importante para o corpo humano, uma vez que cumpre numerosas funções estruturais. De fato, o colágeno compõe mais da metade da proteína presente no corpo humano, de modo que está presente em praticamente todos os órgãos e estruturas como ossos e músculos.

Em virtude dessa presença praticamente universal, o colágeno é responsável pela saúde de variadas estruturas. Há colágeno para manter a pele firme, os cabelos saudáveis e brilhantes, as unhas resistentes, e etc.

Entretanto, existe uma perda natural do colágeno ao longo do envelhecimento. A partir da faixa dos 25-30 anos, conforme a idade passa, há no corpo humano uma concentração cada vez menor de colágeno. Essa perda é muitas vezes intensificada por fatores ambientais: má alimentação, trabalho excessivo, estresse ou poluição.

Publicidade

Dessa forma, existe ao menos um motivo bom para o consumo do colágeno: repor os seus níveis ao longo da vida. Isso é cada vez mais fácil, uma vez que existem várias formas de consumir o chamado colágeno hidrolisado (isto é, o colágeno preparado como suplemento).

Quais são os benefícios do Colágeno?

O colágeno hidrolisado possui uma série de efeitos benéficos cientificamente comprovados. Há, por exemplo, numerosas evidências clínicas de que o seu consumo melhora a saúde das unhas e dos cabelos, tornando-os mais resistentes e brilhantes.

Há, também, o comprovado papel do colágeno na formação dos músculos. Se os níveis de colágeno estão bons, os músculos se desenvolvem com mais facilidade e, também, de forma mais adequada.

Além dos músculos, outro componente estrutural mostra-se beneficiado pelo colágeno: as cartilagens. Esse benefício é comprovado pelos estudos, ainda não muito numerosos, que apontam para o papel do colágeno na redução das dores da artrite.

Há, em suma, uma forte relação entre a saúde estrutural do corpo e o colágeno. Essa relação conduz a atual tendência do uso de colágeno para combater o envelhecimento em suas diversas manifestações.

Colágeno Emagrece?

Entre tantos benefícios permanece, porém, uma pergunta: consumir o colágeno hidrolisado emagrece?

Existem motivos razoáveis para acreditar que o colágeno tenha algum efeito emagrecedor. Em primeiro lugar, pode-se considerar o importante papel do colágeno no desenvolvimento dos músculos. Já que o colágeno estimula o crescimento da massa muscular, é razoável supor que esse crescimento consumirá energia do corpo, o que levará a uma razoável perda de gordura.

Além disso, o aumento da massa muscular provoca um crescimento na quantidade de energia utilizada pelo corpo diariamente, algo que, além de provocar o emagrecimento por si só, contribui para a muito desejada aceleração do metabolismo.

Outra possibilidade é o emagrecimento provocado pela redução de apetite, que resulta em uma menor ingestão diária de calorias. O colágeno é reconhecido pela sua propriedade de saciar a fome, de forma que consumi-lo pode ajudar aqueles que tendem a comer em demasia.

Entretanto, mesmo com essas possibilidades, ainda não existem estudos científicos confiáveis que comprovem que o colágeno emagrece. Apesar da gigantesca propaganda em torno dos suplementos de colágeno hidrolisado, é possível que o emagrecimento obtido por quem consome colágeno hidrolisado seja, na verdade, um efeito de outras causas.

Emagrecimento Colateral

O emagrecimento verificado por quem consome suplementos de colágeno hidrolisado pode ser causado por outros motivos que, em geral, associam-se ao consumo do colágeno. Certas condutas durante o consumo, bem como certos componentes que acompanham os suplementos, podem ser na verdade as reais fontes da perda de peso.

Um dos motivos é o horário em que geralmente recomenda-se o consumo do colágeno. Muitos fabricantes dos suplementos de colágeno hidrolisado orientam seus consumidores a tomá-los antes de dormir, ficando sem comer até três horas antes disso. Dessa forma, muito do emagrecimento experimentado pode, na verdade, ser provocado pelo estômago vazio durante essas horas e, depois, durante a noite toda.

Há, ainda, elementos que muitas vezes acompanham o colágeno hidrolisado. Alguns deles, como a Aloe vera, possuem reconhecidos efeitos diuréticos, ou seja, provocam uma maior eliminação de água pelo corpo. Essa eliminação de água pode, também, criar uma ilusão de emagrecimento, já que reduz o inchaço do corpo.

A insuficiente comprovação científica, bem como a existência dessa perda de peso que não se deve propriamente ao colágeno, indicam que deve-se duvidar das supostas propriedades emagrecedoras do colágeno. Se o colágeno emagrece ou não, é uma pergunta que não sabemos responder com certeza ainda.

Como tomar

Existem várias formas de tomar o colágeno hidrolisado. Estão disponíveis do mercado versões de colágeno em cápsulas que são extremamente práticas, bem como versões de colágeno em pó. O colágeno em pó é uma boa possibilidade para combinar com sucos, de modo a oferecer ainda mais saciedade.

Existe, porém, uma variedade de outras formas. É possível encontrar balas e bombons que possuem colágeno concentrado, presente também em muitas barras de cereais e granolas. Também é possível consumir o colágeno na forma de gelatinas, que em geral possuem, porém, uma concentração muito baixa de colágeno.

O mais importante é, no entanto, determinar a dose certa a ser consumida. Essa dosagem depende do produto utilizado, uma vez que as concentrações de colágeno podem variar. Em todo caso, recomenda-se a orientação de um nutricionista para saber exatamente como tomar e como evitar uma dosagem exagerada. Em excesso, o colágeno pode levar a efeitos contrários aos desejados.

Quais são os riscos no consumo de colágeno?

Felizmente, os riscos envolvidos no consumo do colágeno são muito pequenos. Trata-se de uma substância já amplamente encontrada no corpo humano, e eventuais excessos não terão consequências graves.

É preciso, porém, ficar atento à possibilidade de engordar. O colágeno é um alimento em si mesmo muito nutritivo. Se ele for consumido sem nenhuma redução nas refeições normais, haverá um consumo diário excessivo de calorias, o que levará certamente ao ganho de peso.

Além disso, é preciso lembrar que se trata de um suplemento e que, portanto, é recomendável obter orientações de um nutricionista.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você já ouviu falar que a suplementação com colágeno emagrece? Conhece alguém que tenha o utilizado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (19 votos, média: 4,47 de 5)
Loading...
Publicidade

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*