Mulher deitada com dores

Comer e Dormir Faz Mal?

A chamada sabedoria popular tem vários conselhos e orientações a respeito da saúde. Um deles conta que comer e dormir faz mal. Mas será que isso é verdade mesmo?

Sem desprezar ou fazer pouco da boa intenção de quem faz essa recomendação, para nos certificarmos de que isso é realmente verdade, precisamos recorrer ao que médicos e cientistas dizem.

E então, comer e dormir faz mal para a saúde?

Se estivermos falando da elevação do peso, é um mito afirmar que se alimentar antes de dormir provoca automaticamente o aumento de peso. O que pode trazer quilos a mais é o fato da pessoa fazer uma refeição de baixa qualidade, cheia de calorias, pobre em nutrientes e repleta de guloseimas e junk food.

O Massachusetts Institute of Technology (Instituto de Tecnologia de Massachusetts, tradução livre, MIT, sigla em inglês) confirma que a ideia de que qualquer coisa que se come logo antes de ir para a cama vira imediatamente gordura não é verdadeira.

Para evitar ficar faminto antes de ir dormir (e diminuir os riscos de acabar comendo besteiras), recomenda-se fazer refeições pequenas ao longo de todo o dia.

Alimentar-se tarde da noite pode fazer com que a pessoa se sinta menos faminta no dia seguinte. Entretanto, ainda que isso pareça uma vantagem, o ato pode estimular a pessoa a pular o café da manhã, algo que pode fazer com que ela fique com fome só no meio da manhã e recorra a lanchinhos nada saudáveis ou coma de maneira excessiva na hora do almoço.

Além disso, pular o café da manhã pode prejudicar o fornecimento da energia e dos nutrientes necessários ao organismo que passou toda uma noite sem ser alimentando, porém, não deixou de funcionar.

A qualidade da noite de sono

Já em relação à noite de sono, podemos dizer que comer e dormir faz mal realmente. É recomendado fazer a última refeição grande do dia de duas a três horas antes de dormir.

Já para quem for ficar acordado até tarde e tiver feito a última refeição grande há quatro ou cinco horas, a recomendação é fazer um pequeno lanchinho antes da hora de dormir. Alimentos cuja digestão são rápida, como um pedaço de fruta, são os mais indicados para o momento.

É importante passar longe de bebidas alcoólicas e do café no período noturno porque eles podem prejudicar a qualidade do sono. Substâncias como o álcool e a nicotina podem fazer com que o sono fique mais leve e prevenir o chamado sono REM, o que diminui os sonhos.

O Instituto do Sono esclareceu que “REM” é uma sigla em inglês para a expressão “movimento rápido dos olhos” e designa um período do sono em que há uma atividade cerebral mais rápida e de baixa amplitude, movimentos oculares rápidos, relaxamento muscular máximo e a ocorrência dos sonhos.

Alimentar-se logo antes de ir dormir aumenta o metabolismo e a atividade cerebral durante a noite, o que pode causar sonhos e pesadelos.

Uma pesquisa conduzida pela Universidade da Tasmânia, que fica na Austrália, revelou que em um experimento um grupo de homens ingeriu alimentos picantes antes de dormir em algumas noites e consumiu pratos destemperados em outras noites antes de deitar-se.

Resultado: depois de comer os pratos apimentados, eles demoraram mais para pegar no sono e passaram mais tempo na fase profunda do sono, em que não há a ocorrência dos sonhos.

Possíveis efeitos colaterais de comer antes de ir para a cama 

A publicação também explicou que comer e dormir faz mal especialmente se estivermos falando de alimentos ricos em gorduras, porque a pessoa pode sentir-se inchada, o que pode tornar difícil dormir tranquilamente.

Além disso, alimentar-se antes de ir para a cama também pode provocar desconforto para os indivíduos que sofrem com a doença do refluxo gastrointestinal.

Comer e logo depois tirar um cochilo também pode causar uma indigestão, pois durante esse período de descanso depois de uma refeição grande o sistema digestivo necessitaria trabalhar duro.

Se houver um excesso de ácido estomacal, a pessoa pode sofrer com uma azia, que provoca uma sensação de queimação que se espalha do estômago até o peito, podendo atingir inclusive a garganta, e vir acompanhada do arroto, o que pode fazer com que dormir bem torne-se complicado, não é mesmo?

O Livestrong também informou que deitar-se de costas logo depois de uma refeição pode agravar a doença do refluxo gastroesofágico, também conhecida como refluxo ácido, que é causada pelo fato da válvula que fica entre o estômago e o esôfago não fechar totalmente, deixando que o ácido estomacal vá para a garganta, o que provoca uma sensação de queimação.

Quando a condição não é tratada, o ácido do estômago que fica percorrendo o esôfago pode danificar a membrana mucosa.

Uma pesquisa feita na Escola Médica da Universidade de Ioannina, na Grécia, indicou que ir dormir logo depois de se alimentar pode aumentar as chances de desenvolvimento do acidente vascular cerebral (AVC).

Conforme o site, os pesquisadores avaliaram 500 participantes – sendo que 250 já tinham tido um AVC anteriormente e os outros 250 tinham sido diagnosticados com a síndrome coronária aguda – e identificaram que aqueles que esperavam mais entre a hora de fazer uma refeição e deitar-se apresentaram os menores riscos de desenvolver um AVC.

Existem diferentes teorias para justificar porque isso foi observado. Uma delas determina que isso acontece graças ao fato do refluxo ácido (agravado pelo hábito de comer e logo depois dormir) ser um fator provável de causar a apneia do sono que, por sua vez, está associada a ocorrência do AVC.

Outra teoria afirma que o processo de digestão e os efeitos que ele provoca na pressão arterial, nos níveis de açúcar no sangue e nas taxas de colesterol é que podem influenciar a probabilidade de que um indivíduo venha a sofrer um AVC.

De qualquer forma, é necessária a realização de mais pesquisas para que confirmações sejam obtidas.

A página também informou que, de acordo com o Centro Coordenador de Informações do Instituto Nacional de Doenças Digestivas dos Estados Unidos, comer e dormir faz mal também porque pode agravar uma condição conhecida como síndrome do vômito cíclico, que provoca episódios de vômito e náusea.

Você já tinha ouvido falar que comer e dormir faz mal por alguma razão? Por que motivo? Você tem costume de fazer isso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*