Publicidade

 

Prebióticos

Comer Este Tipo de Alimento Pode Ajudar a Dormir Melhor

Uma mente corrida e atribulada não costuma ter um sono profundo. Mas há algo que você pode fazer para pegar no sono mais rápido quando você está estressado – e a resposta pode estar na sua cozinha.

Publicidade

Comer alimentos prebióticos pode ajudá-lo a dormir melhor depois de passar por momentos estressantes, um novo estudo publicado na Frontiers in Behavioral Neuroscience sugere.

Prebióticos são um tipo de fibra que alimentam os probióticos, que são as boas bactérias que mantêm seu intestino saudável. Você pode encontrar os prebióticos em alimentos como maçãs, legumes, farinha de aveia e aspargos.

Os pesquisadores colocaram um grupo de ratos em uma dieta prebiótica por várias semanas antes de estressá-los propositadamente. Eles induziram o mesmo estresse em outro grupo de ratos, que não foram alimentados com prebióticos.

Em seguida, os ratos que comeram os prebióticos não experimentaram a perturbação induzida pelo estresse à sua microbiota intestinal como ocorreu com os outros ratos. Isso é importante, uma vez que um microbioma desarrumado pode causar um sono perturbado.

De fato, os ratos alimentados com os prebióticos retornaram aos padrões de sono normais mais cedo depois de experimentar os momentos estressantes do que os ratos do outro grupo.

Apesar de os experimentos terem sido feitos em ratos, os resultados são provavelmente aplicáveis aos seres humanos também, uma vez que os eventos estressantes que eles experimentaram seriam o equivalente à morte de um ente querido ou um acidente de carro para humanos, segundo o autor principal Robert Thompson, Ph.D., da Universidade do Colorado, nos EUA.

Mais pesquisas serão feitas para analisar exatamente como as bactérias intestinais dos seres humanos e seus padrões de sono mudam quando recebem prebióticos após eventos estressantes.

Vale ressaltar que um microbioma intestinal fora de controle pode afetar mais do que apenas o seu sono: a má saúde intestinal tem sido associada a inflamação sistêmica, obesidade, depressão, resistência à insulina reduzida e numerosas condições digestivas.

Enquanto os cientistas ainda tentam estabelecer essa relação em seres humanos, não custa nada adicionar prebióticos à sua dieta agora. Até porque nenhum efeito ruim de comer prebióticos foi relatado, disse Thompson.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você consome com frequência estes alimentos prebióticos em sua dieta? Acredita que isso pode ajudar de fato a ter um sono melhor? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×