Como Ela Perdeu 11 Kg Sem Nem se Matricular numa Academia

Jasyra Santiago-Hines, de 28 anos de idade, é uma enfermeira aposentada que se tornou treinadora fitness na Filadélfia, Estados Unidos. Seu peso no início da jornada de emagrecimento, em março de 2012, era de 58,9 kg em seus 1,52 de altura, o que configurava excesso de peso.

Ao final da jornada, ela chegou aos 47,6 kg. Ela contou em detalhes como chegou a tais resultados mesmo sem se matricular em uma academia ou largar completamente a tão amada pizza – ocasionalmente, claro.

Como eu mudei minha dieta

“Eu fiz uma série de mudanças em minha dieta, mas eu não chamo isso de dieta, eu chamo isso de mudança de estilo de vida. A nutrição tem sido uma jornada e, com anos de aprendizagem, tentei muitas coisas diferentes.

Minha dieta, quando comecei pela primeira vez, era horrível. Eu só comia duas vezes por dia e sempre era fast food. Eu nunca comia vegetais também. Agora eu não como fast food ou quaisquer alimentos fritos. Eu ingiro o mínimo de glúten, e faço ‘refeições lixo’ cerca de duas vezes por mês.

Eu como todos os grupos alimentares – frutas, vegetais, carboidratos, proteínas – todos os itens essenciais que você precisa para uma dieta equilibrada. Eu amo pizza e biscoitos, não os larguei, mas mantenho no mínimo possível”.

Como eu mudei minha rotina de exercícios

“Quando comecei, eu tentei a academia e um personal trainer, mas simplesmente não funcionou para mim por causa da minha rotina de enfermeira. Eu comecei a treinar em casa com programas de exercícios para casa. Eles foram os melhores para mim e me deram os melhores resultados porque são inclusivos. Eu treino seis vezes por semana e meus exercícios são uma mistura de musculação e cardio”.

O que melhorou para mim

“Minha vida inteira mudou porque eu decidi colocar minha saúde em primeiro lugar. Estou na melhor forma em que já estive na vida. Eu não estou mais deprimida, e minha ansiedade é controlada. Sinto que sou uma pessoa nova que adora acordar e viver o dia, o que é uma grande diferença”.

Do que eu estou mais orgulhosa

“Minha disciplina para ser consistente. Tem sido uma jornada difícil, eu vi muitas pessoas se juntarem a mim e desistirem. Começar uma jornada de perda de peso nunca é fácil, então poder ficar nisso por muito tempo é o meu momento de mais orgulho de tudo”.

A parte mais difícil

“A parte mais difícil é a dieta, e eu ainda estou lutando com isso. Uma alimentação saudável pode ser deliciosa, é claro, mas eu adoro cookies e pizza, por exemplo. Eu também não sou muito fã de vegetais, mas como eu amo meu corpo, eu tento sempre experimentar diferentes vegetais. A nutrição é uma luta constante, mas o que ajuda é quando você faz compras e não traz nada ruim para casa. Eu não tenho acesso a alimentos ruins em casa e isso facilita o seguimento da dieta”.

No que estou trabalhando agora

“Estou orgulhosa de o quanto eu progredi até hoje, mas estou sempre trabalhando. Estou procurando construir mais massa magra, uma barriga tanquinho e um bumbum empinado”.

O que eu quero que você saiba

“Você não precisa ser perfeito para conseguir uma transformação. Ainda curto minhas refeições lixo, e nem sempre gosto de treinar. Mas eu faço isso porque me faz sentir melhor e me dá muita confiança, o que eu nunca tive antes. Quando você começar e criar o hábito, comer saudável e se exercitar será como um hábito semelhante a escovar os dentes. Nunca será fácil, mas valerá a pena”.

Você já tentou iniciar uma jornada pela perda de peso como a de Jasyra? Acredita que teria bons resultados como ela, mesmo sem entrar na academia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. O mais legal disso tudo é que ela se aposentou bem cedo, aos 28 anos já era aposentada então podemos supor que foi aos 26 anos de idade, bem diferente do Brasil.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*