Como Ex-Encanador Tornou-se Fisiculturista Profissional com Milhões de Seguidores no Instagram

Sete anos atrás, Ryan Terry estava ligando canos em canteiros de obras, e agora ele é um dos fisiculturistas de maior sucesso da Grã-Bretanha.

Olhando para o tonificado abdômen e os bíceps protuberantes de Ryan Terry, seria fácil supor que a estrela do fisiculturismo, famoso no Instagram, tenha sido um bodybuilder profissional durante toda a sua vida.

Mas apenas sete anos atrás, o bicampeão do Arnold Classic trabalhava como engenheiro de gás e encanador em tempo integral, enquanto tentava encaixar em idas à academia em seus turnos de 12 horas.

“Eu costumava levantar às 4 ou 5 horas da manhã para fazer um aeróbico e preparar todas as minhas refeições para o dia. Eu começava a trabalhar às 7h e ia treinar à noite. Foi uma rotina dura para mim, durante anos”, lembra ele.

“Eu me escondia na van nos intervalos para comer minhas refeições preparadas e até escondia meus shakes de proteína sob as tábuas do assoalho enquanto ajustava os canos de gás, então meu chefe não me via pegá-los.”

“Muitas pessoas falam: ‘Eu gostaria de ter sua vida’, ou ‘Você teve isso fácil’, mas quando comecei, foi extremamente difícil.”

Terry, que diz ter começado a treinar para aumentar sua autoconfiança quando era um adolescente tímido, terminou como vice-campeão na categoria physique no Mr. Olympia nos últimos três anos seguidos, além de ter vencido o famoso Arnold Classic, no ano passado.

Mas largar o seu trabalho diário para se tornar um fisiculturista em tempo integral nem sempre fez parte de seu plano de vida.

“Quando eu era adolescente, eu nadava, fazia ginástica e jogava futebol, mas uma lesão no tendão de Aquiles me obrigou a tirar uma folga. Enquanto eu estive engessado, ganhei muito peso comendo a mesma quantidade de calorias que antes, mas não queimando com os esportes.”

“Então, quando eu fiquei totalmente em forma novamente, aos 14 anos, eu tive que ir para a academia para perder o peso extra e me preparar para treinar novamente. Foi quando eu fiquei viciado em academia.”

“Eu nunca levei a musculação como uma profissão. Eu sempre fui muito autoconsciente, mas eu realmente gostava de treinar e queria continuar melhorando minha confiança e esculpindo meu corpo. Foi só mais tarde que eu decidi que ia fazer dieta como fisiculturista, apenas uma vez. Ganhei minha primeira competição e foi isso – nunca voltei trás.”

Quando ele está se preparando para uma competição, Terry diz que coloca seu corpo em um regime de treinamento rigoroso para ajudar a manter seu físico protuberante e evitar lesões. “Eu treino duas vezes por dia. A primeira coisa que faço de manhã é aeróbico em jejum antes de qualquer refeição.

“Esta é geralmente uma hora de exercício de baixa intensidade: ou uma caminhada na esteira, andar de bicicleta ou remar. Eu opto por exercícios de baixa intensidade porque, quando estou em época de competição, meu objetivo não é perder peso, mas manter o máximo de músculos possível.”

“Muitas pessoas acham que precisam perder peso para uma competição de fisiculturismo, mas é preciso ter cuidado para não perder músculo ao mesmo tempo. À noite eu treino com pesos, dividindo os grupos musculares e me concentrando em uma área diferente a cada dia.”

Para abastecer seus treinos, Terry faz seis refeições por dia, com uma mistura saudável de carboidratos, gorduras e proteínas. Um dia típico inclui quatro refeições à base de carboidratos como macarrão, arroz, batata doce ou farinha de aveia, seguidas por dois pratos ricos em proteínas como bife, salmão ou cavala.

“Muitas pessoas têm a idéia de que a dieta de um fisiculturista é horrível, mas tudo se baseia em ter um bom equilíbrio. Sim, eu como muito, mas como são calorias saudáveis, meu corpo pode usá-las eficientemente e você pode queimá-las completamente rapidamente.

“Os shakes são ótimos para a primeira hora da manhã – se você jejuou por mais de oito horas, é importante obter uma proteína de ação rápida no corpo. Eu costumo tomar um pós-treino também, pois a taxa de absorção é melhor. Você pode comer um peito de frango, que é uma fonte melhor de proteína, mas leva de três a quatro horas para digerir. Um shake de whey protein leva apenas uma hora para digerir, por isso é muito melhor para a recuperação do que algumas outras fontes de alimento.”

Com o objetivo de conquistar o título no Mr. Olympia este ano, Terry tem uma agenda lotada de treinamentos à sua frente.

Nos últimos anos, ele vem compartilhando sua jornada no Instagram, e acaba de atingir a marca de um milhão de seguidores – um número que ainda o surpreende.

“Estou melhorando no mundo da mídia social, mas eu sou de uma pequena cidade no norte da Inglaterra e treino em uma pequena academia de musculação – é algo que eu ainda não entendo completamente.”

Embora ele descreva entrar no palco de competições profissionais como “um sentimento inacreditável”, Terry, que está noivo de sua namorada há três anos, admite que o fisiculturismo muitas vezes prejudica seu relacionamento.

“Nos primeiros cinco anos de profissionalização, não tive tempo para uma vida social porque estava muito comprometido com a causa e um pouco obcecado. Meu trabalho veio primeiro. É um esporte egoísta, não importa o quanto você olhe para isso. Você tem que colocar sua dieta em primeiro lugar, seu treinamento e seu sono tem que estar no ponto.”

“Agora eu consegui encontrar um equilíbrio – eu me tornei mais relaxado no sentido de que eu posso comer comida normal de vez em quando.

“Você ainda pode permanecer magro e atingir metas tendo uma dieta balanceada e tendo suas refeições lixo, se você as quiser.”

Então, quais dicas um dos homens em melhor forma do mundo tem para os caras que querem manter a forma muscular?

“Entenda o seu metabolismo e certifique-se de ingerir comida suficiente para manter os músculos”, diz Terry. “Muitas pessoas pensam que estão comendo o suficiente, mas é só quando você realmente entende a nutrição que percebe que precisa de muito mais comida do que imagina.”

“Isso não significa calorias ruins – eu não estou dizendo para você sair e comer dois hambúrgueres no McDonald’s por dia. Eu peso 90kg no palco, então eu preciso de 180g de proteína boa por dia para manter e construir músculos.”

“Os BCAA’s (aminoácidos de cadeia ramificada) também são muito importantes. Você pode obtê-los através de alimentos naturais, mas também pode tomar um suplemento. Então, se você ganhar músculo, você não vai querer perdê-lo, eles são um bom maneira de manter e reparar. Tudo se baseia em colocar um plano em conjunto, que está em consonância com seus objetivos.”

Você já tinha ouvido falar no trabalho de Ryan Terry? O que achou da história dele, de encanador a um fisiculturista mundialmente reconhecido? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,80 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*