Publicidade

 

Dieta yin yang

Dieta Yin Yang – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Você provavelmente já deve conhecer os termos “yin” e “yang”, que fazem parte de um princípio da filosofia chinesa e tratam-se de duas energias opostas, sendo que o primeiro significa escuridão e o segundo quer dizer claridade.

Publicidade

Mas você sabia que isso também pode ser aplicado dentro de um programa alimentar? Estamos falando da dieta Yin Yang, método que conheceremos com mais detalhes abaixo. Confira!

A medicina chinesa tradicional e os alimentos yin e yang

A medicina chinesa tradicional conta com praticantes que acreditam que as pessoas devem se alimentar de maneira equilibrada em relação aos chamados alimentos yin e alimentos yang para que tenham uma saúde de qualidade.

Os alimentos yin tendem a ser pobres em calorias e abundantes no mineral potássio, ao mesmo tempo em que os alimentos yang costumam ser ricos em calorias e em sódio. Além disso, a prática acredita que os alimentos yin servem para umedecer o corpo e são chamados de frios, e os alimentos yang são calorosos e secos e são conhecidos como quentes.

Entretanto, a nomenclatura de frio ou quente não tem tanto a ver com a temperatura ou nível de umidade desses alimentos – ela está mais relacionada com as propriedades energéticas que prometem e os efeitos que trazem ao organismo.

Alguns exemplos de alimentos yin são: produtos feitos à base de soja como tofu, carnes como caranguejo e pato, frutas como carambola e melancia, vegetais como agrião, pepino, cenoura e couve, bebidas geladas e água.

Já a lista de alimentos yang inclui itens como comidas ricas em gorduras, proteínas, calorias e sódio, carnes como bife de carne bovina, frango e porco, especiarias quentes como noz-moscada, canela e gengibre, ovos, arroz glutinoso, óleo de gergelim, bambu, cogumelo e bebidas alcoólicas, por exemplo.

Publicidade

A medicina chinesa tradicional se foca nas propriedades energéticas dos alimentos e não em suas características nutricionais como acontece com a nutrição ocidental, que classifica os alimentos conforme a sua composição química, incluindo as calorias, carboidratos, proteínas, gorduras e demais nutrientes que possam ser encontrados na composição das comidas e bebidas.

A medicina chinesa tradicional acredita que os alimentos não somente fortalecem e energizam, mas que também curam. A prática prega que para conquistar uma harmonia em relação ao corpo, mente e o chamado qi, que é descrito como uma força essencial de vida que flui por toda a natureza, faz-se necessário consumir os alimentos yin e yang de maneira equilibrada.

A prática prega que comer alimentos yin ou alimentos yang em excesso pode resultar em efeitos prejudiciais à saúde e que a medicina chinesa tradicional associa distúrbios da saúde tanto ao excesso de alimentos yin quanto ao exagero no consumo de alimentos yang.

Como funciona a dieta Yin Yang?

Qualquer desequilíbrio entre as forças yin e yang pode causar a obesidade. O programa alimentar pode trazer um emagrecimento de 1 kg por semana através do reequilíbrio energético, que fazem com que a pessoa se alimente com moderação e deixe de cometer excessos em suas refeições.

Entretanto, para isso, faz-se necessário que a pessoa identifique se é yin ou yang. É a partir dessa percepção que ela montará o seu cardápio. Por exemplo, uma pessoa yin é aquela que tem o cansaço e o desânimo como partes de sua rotina, que possui a pele pálida ou amarelada, apresenta acúmulo de gorduras nas coxas e nos quadris e gosta de calor, tendo preferência pelo verão.

Publicidade

Além disso, quem é yin também vive com os pés e as mãos frias, adora tirar uma soneca no sofá, sente bastante cansaço nos braços e nas pernas e fica revigorado depois de tomar uma xícara de café quentinho.

Por sua vez, quem é yang dorme pouco, come muito e vive estressado, possui bochechas coradas, apresenta acúmulo de gorduras na região da barriga, tem preferência pelo inverno, possui mãos quentes e úmidas, frequentemente sofre com a prisão de ventre, é bastante emotiva, tem a voz alta e a respiração pesada e sonora.

Cardápio da dieta Yin Yang 

O cardápio da dieta Yin Yang é definido depois da identificação do perfil yin ou yang. Isso porque cada um deles traz alimentos diferentes em seus cardápios.

O cardápio para o perfil yin engloba itens como abobrinha, açúcar mascavo, alho, chá de erva-doce, um pouco de café, cebola, chocolate, frango, mandioquinha, manteiga, pão integral de centeio light e verduras refogadas.

Já o cardápio para quem é classificado como yang traz, por exemplo, chá de camomila, folhas verdes, laranja, limão, maçã, mamão, margarina, massas integrais, pão branco de aveia light, pepino, queijos amarelos e sal em moderação.

Existem ainda os alimentos categorizados como neutros, ou seja, que podem ser encontrados em ambos cardápios. Essa lista inclui: arroz branco, azeite, batata, beterraba, carne vermelha magra, cenoura, ervilha, feijão, mamão e queijo minas.

Outras regras da dieta Yin Yang 

O método ainda recomenda associar a dieta ao exercício físico para alcançar o emagrecimento. Há ainda a indicação de fazer acupuntura para contribuir com a manutenção de um equilíbrio energético saudável no organismo.

Outro ponto importante é não pular nenhuma refeição. Isso porque acredita-se que ficar de estômago vazio por um período mais longo do que três horas resulta em distúrbios no fluxo energético e pode geral o desenvolvimento de alguma forma de compulsão alimentar.

Cuidados com a dieta Yin Yang

A dieta Yin Yang não apresenta contraindicações, desde que a avaliação e as escolhas para cada praticante sejam feitas de maneira correta, conforme o desequilíbrio energético encontrado no organismo de cada pessoa.

No entanto, antes de começar a seguir o programa alimentar, consulte um médico e/ou um nutricionista de confiança para se certificar de que o método é realmente apropriado para o seu caso e que não causará prejuízos para a sua saúde, além de ter ajuda na hora de montar os seus cardápios.

Isso é importante para garantir que os seus objetivos em relação a dieta Yin Yang sejam concretizados e para ter certeza de que a saúde do organismo não será prejudicada ao longo do processo.

Mais do que atingir um objetivo por meio de um regime alimentar é fundamental que esse programa permita que o corpo receba todos os nutrientes e energia que necessita para sobreviver e que os seus resultados possam ser mantidos em longo prazo, sem serem perdidos pouco tempo depois do término da dieta.

Referências adicionais:

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

O que você achou de como funciona a dieta Yin Yang e de seus modelos de cardápio para cada tipo? Acredita que seguiria tranquilamente o método? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×