Publicidade

 

Cápsulas

Diurético Emagrece? Ajuda Mesmo a Emagrecer?

Os efeitos de diuréticos, que são substâncias que aumentam a taxa e volume da produção de urina pelos rins, no corpo, são muito variados e definitivamente significantes. Mas será que isso significa que diurético emagrece?

Publicidade

Há muitos tipos diferentes de diuréticos, e a classe mais comumente usada são os inibidores de anidrase carbônica, diurético de ansa, diuréticos de tiazida e diuréticos que poupam potássio. Enquanto cada classe exerce efeitos em um segmento particular do rim através de seu mecanismo de ação único, todas as classes de diuréticos causam um aumento da excreção de vários eletrólitos, incluindo sódio, potássio e cálcio, na urina.

Uma grande perda de urina subsequentemente acompanha a excreção de eletrólitos (principalmente sódio), porque os íons de sódio tendem a puxar moléculas de água com eles. Assim, mais sódio e água perdidos na urina equivalem a um volume maior de urina. Além das classes diferentes de diuréticos, algumas ervas também são comumente usadas na medicina tradicional no mundo todo como diuréticos seguros e eficazes. Exemplos dessas ervas são dente-de-leão, hortelã, urtiga, salsa, açafrão, sálvia, saw palmetto e erva-de-São-João.

Diuréticos e Água do Corpo

Já que diuréticos promovem a perda de água na urina, essas substâncias são frequentemente usadas em condições em que há retenção de líquidos anormal no corpo, o que justifica usar um diurético para emagrecer. Usos típicos de diuréticos são para estados de edemas como falha cardíaca congestiva, cirrose hepática e síndrome nefrótica (a perda excessiva de proteína na urina). Diuréticos também são uma base no tratamento da hipertensão, porque a redução no volume de sangue é associada a diminuições significantes na pressão arterial.

Se você tem pedras nos rins ou é propensa a desenvolver infecções do trato urinário, você também pode se beneficiar de diuréticos. O volume maior de urina mantém a urina diluída, assim desencorajando a precipitação de pedras e o crescimento de bactérias.

Diuréticos também são frequentemente usados para reduzir o peso de líquidos. Enquanto os diuréticos realmente podem reduzir o peso, o uso em excesso causa riscos à saúde e à vida. Uso desregulado dessas medicações pode facilmente levar a desidratação, quedas perigosas na pressão sanguínea e anormalidades em eletrólitos. Assim, não é sensato usar diuréticos sem a supervisão de seu médico.

Diuréticos e Eletrólitos

Seu corpo requer níveis adequados de eletrólitos, como sódio e potássio, para funcionar corretamente. Diuréticos podem facilmente quebrar o equilíbrio desses eletrólitos ao promover e aumentar a excreção de urina.

Uso crônico da maioria dos diuréticos causa diminuição de sódio e potássio no corpo. Os diuréticos de ansi e de tiazida, particularmente, são causas notórias de concentrações perigosamente baixas de sódio no sangue, uma condição conhecida como hiponatremia. Hiponatremia severa causa inchaço de células nervosas e pode levar a convulsões, coma e até morte.

Publicidade

Diuréticos também diminuem as concentrações normais de potássio no sangue. Manter concentrações normais de potássio é necessário para preservar a transmissão normal de sinais elétricos em nervos, músculos e no coração. Concentrações anormalmente altas ou baixas de potássio, que são condições chamadas de hipercalemia e hipocalemia, respectivamente, levam a fraqueza muscular e ritmos cardíacos anormais. Em hipercalemia ou hipocalemia severa, o coração pode parar de bater.

Retenção de Líquidos Está Te Fazendo Engordar? Um Bom Diurético Emagrece?

Se você está frustrada com a balança sempre subindo, você pode querer se perguntar se retenção de líquidos podem atrapalhar a perda de peso. Muitas mulheres saudáveis experimentam retenção de líquidos e excesso de peso de líquidos pode ser responsável pelos quilos extra na balança. Aprender por que seu corpo retém líquidos te ajudará a controlar o ganho de peso. Ao ganhar peso, um bom diurético emagrece na medida que você elimina esse líquido retido.

Entendendo a Retenção de Líquidos

Você pode facilmente reter até 2,5 quilos de água ao fim do dia dependendo dos tipos de alimentos que consumiu, seus níveis de hidratação, e seus níveis de atividade naquele dia. Carregar peso em excesso significa que você tende a reter mais fluidos durante o dia, especialmente se a ingestão de alimentos consiste de produtos gordurosos e processados.

Um aumento de sódio na dieta é uma das principais causas de retenção de fluidos. Infelizmente, o sódio está presente em quase todos os alimentos processados, assim como em alguns alimentos naturais que você consome. Seus rins e hormônios regulam naturalmente um equilíbrio delicado de sódio e potássio no seu sistema. Consumir alimentos ricos em sódio quebra esse equilíbrio, causando uma condição chamada edema.

TPM e Excesso de Fluidos

A pesquisadora britânica Katharina Dalton sugere que uma flutuação nos níveis de açúcar no sangue durante a TPM podem levar a retenção de líquidos. Níveis baixos de açúcar no sangue causam a liberação de adrenalina, sinalizando para que o corpo libere a glicose armazenada. Uma vez que a glicose é liberada, as células vazias se enchem com água, causando inchaço e ganho de peso.

Outros pesquisadores sugerem que o peso de líquidos relacionado à TPM é causado por sódio. Uma semana antes da menstruação, seu sangue quebra progesterona, encorajando seus rins a reter água e sódio.

Identificando a Retenção de Líquidos

Retenção de líquidos é fácil de notar. Ganho de 1 a 2,5 quilos em 24 horas geralmente é um sinal de edema. Além disso, você nota inchaço nas suas mãos, pés, tornozelos, rosto e dedos. Você pode se sentir inchada ou sentir que suas roupas ficaram muito apertadas. Você também pode experimentar dor em áreas inchadas, especialmente seus tornozelos e pés.

Excesso de Líquidos e Alternativa aos Diuréticos

Uma das melhores formas de reduzir o peso de líquidos é manter sua ingestão de sódio em 1000 miligramas por dia. Leia rótulos em alimentos e fique longe de alimentos processados o máximo possível. Além disso, evite adicionar mais sal aos seus alimentos. Salgue seus alimentos levemente com sal marinho quando cozinhar, e não adicione mais sal na mesa.

Suplementos de cálcio reduzem seu risco de retenção de líquidos. Pesquisadores recomendam tomar 1000 miligramas de cálcio por dia. Outras formas de reduzir o peso de líquidos incluem comer pequenas refeições durante o dia e experimentar diuréticos naturais como toranja e água com limão. Nunca tome diuréticos de balcão de farmácia, porque você corre o risco de queda nos níveis de potássio.

Se exercitar é muito bom quando você está tentando se livrar do peso de água. Atividades físicas alargam seus vasos sanguíneos, levando a uma quantidade maior de líquidos nos rins. Uma vez que os líquidos chegam aos rins, eles serão eliminados. Sempre lembre-se de ficar adequadamente hidratada ao longo do dia. Surpreendentemente, quanto mais água você bebe, menos você retém. No mais, é sempre bom, além disso, que você procure outras razões de você não conseguir emagrecer.

Publicidade
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

E você, sabia que diurético emagrece? Já pensou em usar um diurético para emagrecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (40 votos, média: 3,80 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×