Divertir-se com o Processo Foi o Principal Segredo para Ele Perder 47,5 Kg

Não importava o evento, a comida era uma parte importante da ocasião na casa dos Flores. Como muitas famílias, a vida girava em torno de comer – em bons e maus momentos.

“A comida é uma celebração”, disse Guillermo Flores, de 34 anos, de Los Angeles, nos EUA. “A comida, especialmente para minha mãe, era mostrar amor e compaixão.”

Mas isso também significava que Guillermo nunca aprendeu hábitos alimentares saudáveis em sua vida. Quando ele estava no ensino médio, muitas vezes gastava seu dinheiro do almoço com junk food, como salgadinhos e batatas fritas. Na faculdade, ele deixava de lado frutas e legumes e comia em redes de fast food. Quando estava estressado, seus hábitos alimentares pioravam ao debruçar em alimentos gordurosos para acalmar seus sentimentos.

“Eu comecei a engordar um pouco rápido demais”, disse ele.

Após a faculdade, ele continuou ganhando peso e, no final, pesava 114,3 kg em 1,75 m de altura.

“Eu até tentei um pouco (perder peso), mas sempre uma distração acontecia e me atrapalhava”, disse ele.

Em 2015, sua mãe sofreu um derrame. Enquanto ele a observava se recuperar e via o quanto era difícil para ela, ele começou a se preocupar com sua própria saúde. Seu médico já havia conversado com ele sobre medicamentos para controlar a pressão alta.

“Eu pensei: ‘Eu realmente quero estar na casa dos 30 anos e tomando remédios para pressão arterial?'”, lembra Guillermo.

Por sugestão de seu médico, ele fez pequenas mudanças, como comer mais saladas e frango. Imediatamente, ele começou a perder peso. Ele percebeu que contar suas calorias facilitava o processo. Mas ele não queria manter um diário, então procurou aplicativos no celular e encontrou um que funcionava para ele. Depois de usá-lo por um curto período, ele viu os resultados.

“Eu estava perdendo peso mais rápido”, disse ele. O aplicativo encorajou-o a se exercitar regularmente, porque ele podia ver que nos dias em que treinava, ele poderia consumir mais calorias.

“Isso me fez querer me exercitar ainda mais ao ponto de ser criativo com meu plano de exercícios”, disse ele.

Ele colocou uma bicicleta ergométrica e alguns pesos livres em seu quarto. Quando chegava em casa, ele andava de bicicleta por 30 minutos ou levantava pesos enquanto assistia à Netflix.

“Isso me fez fazer coisas que eu normalmente não faria”, disse ele.

Enquanto o aplicativo o encorajava a se exercitar mais e comer mais frutas, legumes e proteína magra, Guillermo criava desafios para si mesmo. “Eu fiz isso tudo de uma forma divertida”, disse ele.

Ele sempre tentava se exercitar mais ou comer menos calorias do que na semana anterior. Ele olhava para si mesmo e pensava: “Eu vou vencer o Guillermo do passado”.

Isso o manteve motivado. Em 18 meses, ele perdeu 47,6 quilos. Ele passou de XXL para P em suas roupas. Ele ama como se parece e sente agora, e também é grato pelo que aprendeu sobre si mesmo.

“Conhecer a sua fraqueza e como você pode chegar lá é a parte mais difícil – e emocional”, disse ele. “Eu estou definitivamente onde eu quero estar.”

Guillermo compartilhou algumas dicas que ajudaram em sua caminhada para pessoas que têm o mesmo desejo ou necessidade:

1. Divirta-se!

Criar desafios contra si mesmo contribuiu para o sucesso de Guillermo. Ele incentiva os outros a pensarem na perda de peso como algo prazeroso em vez de trabalhoso.

“Divirta-se”, disse ele. “Sim, é algo sério, mas eu tentei não levar muito a sério ou até os extremos”.

2. Não é uma mudança repentina

Desde novembro de 2017, Guillermo mantém seu peso mantendo seus hábitos alimentares saudáveis e rotina de exercícios. Ele vai ficar para sempre com esses hábitos, porque ser saudável requer um investimento real.

“É uma mudança de estilo de vida, e não uma solução rápida”, disse ele.

3. Há alguns percalços no caminho

Algumas semanas, o número na balança não se alterava. Ou pior ainda, subia. Outras vezes, Guillermo comeria uma pizza ou um hambúrguer com batatas fritas. Mas ele não deixava que esses erros o atrapalhassem.

“Você vai ter alguns percalços na estrada”, disse ele. “Não é o fim do mundo. Tente não se preocupar muito com isso.”

Você conhece alguém que tenha uma história de superação e perda de peso como essa de Guillermo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*