Publicidade

 

Ela Passou a Caminhar Todos os Dias e Perdeu 77,5 Kg

Quando Chasity Davis estava grávida de sua terceira filha, ela sentiu-se miseravelmente mal. Pesava 165,5 kg em seus pequenos 1,49 metros de altura. Ela ficava facilmente esgotada simplesmente por fazer tarefas diárias.

Publicidade

“Eu não parava de ganhar peso. Apenas comendo o tempo todo. Era ridículo”, diz Chasity. “Eu cheguei a um estado terrível, mas eu não sabia disso”.

Sua saúde parecia boa e ela não tinha pressão alta ou colesterol alto, nem desenvolveu pré-diabetes. Mas logo que ela deu à luz sua filha J’Nylah, algo estranho começou a acontecer – ela sentia falta de ar quando reclinava. Ela mencionou isso sem muita preocupação, mas seus médicos sabiam que sua queixa revelava algo mais grave. Eles imediatamente a transferiram para uma enfermaria cardíaca e colocaram-na em um monitor cardíaco. Então, ela recebeu notícias perturbadoras.

“Meu coração parou por cerca de três segundos”, disse ela.

Além disso, sua pressão arterial “foi aos céus”. Mas Chasity, que estava passando por uma enchente de hormônios pós-parto, sentiu-se irada porque não podia ver sua filha J’Nylah.

Para ela, três segundos não pareciam nada demais. Finalmente, um cardiologista disse a ela: “No mundo da cardiologia, três segundos é muito. Você só precisa de um segundo para estar fora daqui permanentemente”.

Quando os médicos finalmente permitiram que ela visse J’Nylah, sua pressão arterial caiu imediatamente. Mas Chasity, com 34 anos à época, sabia que tinha que fazer algo sobre sua saúde se quisesse viver com a filha. “Foi quando tudo começou a mudar”, disse ela.

Publicidade

Após um cateterismo cardíaco, Chasity passou por uma cirurgia de banda gástrica, o que a ajudou a perder quase 30 kg. Mas ela ainda era obesa, pesando 136 kg. Após sua recuperação, ela passou a treinar 7 dias por semana, 2 vezes ao dia, enquanto comia proteína magra, grãos integrais, frutas e vegetais.

Mas ela rapidamente se sentiu extenuada pela rigorosa rotina de exercícios. “Eu percebi que um vez eu terminei com sete dias por semana, duas vezes por dia”, disse ela. “Aí eu decidi ir mais leve”.

Ao mesmo tempo, ela juntou-se a uma organização sem fins lucrativos que encoraja mulheres e meninas negras a desenvolver hábitos de caminhada. A organização incentiva grupos de mulheres a caminhar juntas e oferece metas para manter as pessoas motivadas. “Eu posso perder peso através da caminhada”, disse ela. “Eu realmente me apaixonei por isso e aceitei todos os desafios”.

Agora, Chasity caminha cerca de 8 a 10 km por dia. Isso a ajudou a transformar sua saúde, sem contar todas as amizades que proporcionou a ela.

“Eu apareço muitas vezes não apenas para a caminhada, mas também para as conversas”, disse ela.

Publicidade

Desde que começou as caminhadas, Chasity perdeu 77,5 kg e, no geral, ela perdeu 109 kg desde que teve a sua filha, quase sete anos atrás.

“A vida é muito melhor quando você está mais saudável”, disse ela. “Eu simplesmente me sinto bem comigo mesma. Eu lido com situações diferentes. Eu tenho aprendido muito.”

Aqui estão suas dicas para outros que também pretendem perder peso:

1. Beba água

Chasity muitas vezes encontra pessoas que pensam ser saudável cortar as coisas de suas dietas. Mas ela recomenda que as pessoas comecem adicionando mais água.

“A água dá mais energia”, disse ela.

Ao beber mais água, ela passou a tomarmenos sucos e refrigerantes sem sequer perceber. Esta pequena adição a ajudou a perder peso.

2. Concentre-se em um objetivo por vez

Muitas vezes, as pessoas tentam desistir de todos os seus maus hábitos ao mesmo tempo. Chasity percebeu que ela era mais bem sucedida quando se concentrava em um pequeno objetivo.

“Você deve enfrentar uma coisa de cada vez”, disse ela. “Quando você tenta mudar tudo de uma vez, você vai acabar falhando. Quando você aborda uma única coisa e se torna um hábito, então você consegue partir para o próximo objetivo”.

3. Não há problema em comer uma comida “ruim”

Comer mais frutas, vegetais, proteínas magra e grãos integrais ajudou Chasity a perder peso, mas ela ainda assim come alguns alimentos gordurosos ou açucarados de vez em quando. Ela só sabe que deve limitar sua ingestão deles.

“Só porque perdi peso não significa que nunca coma nada de ruim”, disse Davis. “A diferença agora é que tenho ao menos uma refeição caseira todos os dias”.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você acredita que teria a mesma força de vontade que Chasity teve para perder tanto peso? Já encontrou algum exercício que adorasse, como ela fez com a caminhada com amigas? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×