Eximia Fortalize

Eximia Fortalize Engorda? Efeitos Colaterais e Como Funciona

Eximia Fortalize é um suplemento vitamínico e de minerais compostos por substâncias como vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, zinco, ferro, magnésio, zinco e silício.

O seu uso pode ser indicado para o tratamento de cabelos finos, sem brilho, que sofrem com a diminuição do crescimento e que se quebram facilmente.

Além disso, o produto também pode ser utilizado para tratar unhas que sofrem com descamação, que têm prejuízo no crescimento ou apresentam aspecto estriado. As informações são da bula do produto.

Além de todos esses efeitos, será que é verdade que o Eximia Fortalize engorda? Quais são os principais efeitos colaterais do uso deste suplemento? É o que vamos conferir mais abaixo.

Composição de Eximia Fortalize

A tabela a seguir apresenta as substâncias que são encontradas na fórmula do produto:

Vitamina A600 mcg RE (retinol)
Vitamina B11,2 mg
Vitamina B21,3 mg
Vitamina PP16 mg
Ácido Pantotênico (Vitamina B5)5 mg
Vitamina B61,3 mg
Vitamina B122,4 mcg
Vitamina C45 mg
Vitamina E10 mg
Ácido Fólico (Vitamina B9)240 mcg
Magnésio130 mg
Ferro7 mg
Zinco3,5 mg
Silício2335 mcg
Biotina (Vitamina B7)30 mcg

Como funciona Eximia Fortalize?

Em sua bula, o fabricante do suplemento explica que a biotina, encontrada na fórmula do produto, associado a outras vitaminas, atua na prevenção da progressão da calvície.

O documento relata ainda que essa vitamina é importante para a preservação da força, da textura e da função dos cabelos, além de ser utilizada no tratamento da síndrome das unhas frágeis.

Outro nutriente presente na composição do suplemento é o zinco, que é apresentado pela bula como um nutriente cuja deficiência provoca alterações na formação e no crescimento das unhas e faz com que algumas pessoas fiquem com cabelos finos e ralos.

De acordo com o documento, o mineral também é fundamental para proteger e estimular o folículo piloso, estrutura que, segundo informações da Associação Brasileira de Cirurgia para Restauração Capilar (ABCRC), possui a capacidade de produzir e fazer crescer fios de cabelo.

A bula ainda indica que o zinco participa da síntese de colágeno. A substância é um importante componente do crescimento capilar porque combate os radicais livres que podem afetar a textura, o crescimento e a espessura dos cabelos. A reposição de colágeno nos fios pode melhor o crescimento dos cabelos.

Além disso, o colágeno é um componente essencial das unhas e o acréscimo da substância na dieta pode ajudar a mantê-las fortes.

Voltando à bula de Eximia Fortalize, ela também identifica as vitaminas do complexo B presentes no suplemento como capazes de exercerem uma tarefa importante no que se refere ao crescimento dos cabelos e de ajudarem a melhorar os aspectos físicos dos fios, contribuindo para que eles tenham mais elasticidade, força e brilho.

Um argumento utilizado pelo fabricante do suplemento na bula para dizer que o produto é eficiente é uma pesquisa que mostrou que depois de 112 dias de uso do suplemento, 93,2% dos voluntários passaram a apresentar unhas saudáveis e resistentes.

Será que Eximia Fortalize engorda?

Para descobrirmos se o suplemento Eximia Fortalize engorda, começamos procurando alguma menção a esse efeito na própria bula do medicamento.

Não encontramos no documento nenhuma informação a respeito de alguma reação adversa que o produto possa provocar diretamente o aumento de peso.

Além disso, outro aspecto que pode ser utilizado contra a ideia de que Eximia Fortalize engorda é o fato dele ser composto por vitaminas e minerais, como a tabela acima mostrou. Isso porque as vitaminas e os minerais são nutrientes que não possuem calorias.

Ou seja, suplemento não provoca o aumento do peso graças as fato de não apresentar gorduras, carboidratos ou valor energético que sejam significativos.

Entretanto, se ainda assim, você experimentar o aumento de peso durante o seu tratamento com o produto, faça uma consulta com o seu médico para saber o que pode ter provocado esse ganho de peso e entender como deve proceder para reverter a situação. 

Efeitos colaterais de Eximia Fortalize 

Na bula não constam informações a respeito de reações adversas associadas à utilização de Eximia Fortalize.

Entretanto, há relatos de que o uso irrestrito do suplemento pode resultar em casos de hipervitaminose.

A condição também é conhecida pelo nome de envenenamento por vitaminais, que é o excesso de vitaminas no organismo e pode resultar em uma intoxicação.

Por isso, é importante conversar com o médico antes de utilizar o suplemento. Mesmo que a sua comercialização seja permitida sem a necessidade de apresentar a receita, é somente consultando-se com o médico que você poderá saber se existem riscos de que você sofra com algum tipo de hipervitaminose ou qualquer outro tipo de problema se usar o produto e se ele é realmente indicado e seguro para o seu caso.

Isso é especialmente importante se você optar por uma versão manipulada do Eximia Fortalize, dessas que são vendidas em sites de compra e venda na internet como o Mercado Livre.

Contraindicações e cuidados com Eximia Fortalize 

De acordo com informações da bula, crianças com até três anos de idade, mulheres que estejam grávidas ou em processo de amamentação de seus bebês podem utilizar o produto somente mediante autorização do médico ou nutricionista.

O documento também alerta que quem sofre com hipersensibilidade a algum dos componentes encontrados na fórmula do suplemento não deve fazer uso de Eximia Fortalize.

Caso você esteja usando de algum tipo de medicamento ou suplemento, antes de começar a utilizar o produto informe o seu médico a respeito dessas substâncias para que ele verifique se não existem riscos de interações entre o remédio ou suplemento em questão com Eximia Fortalize.

Considerações importantes quanto ao uso de Eximia Fortalize

Dermatologistas especializados em problemas do couro cabeludo afirmam que produtos como o suplemento não podem ser considerados efetivos para tratar todos os problemas capilares.

Suplementos vitamínicos fabricados por empresas de nutricosméticos não são eficientes para lidar com calvícies que sejam provocadas por doenças autoimunes, predisposição genética ou doenças endócrinas, por exemplo.

A justificativa é que um suplemento vitamínico só pode auxiliar quando o problema é causado por algum tipo de deficiência nutricional. Assim, acredita-se que Eximia Fortalize possa ser eficiente apenas quando tratar-se realmente de um caso de ausência de algum nutriente que atua nesse sentido.

Ainda assim, é somente uma possibilidade. Isso porque não há garantias de que o produto seja uma solução efetiva, tendo em vista que cada pessoa possui um organismo diferente, com necessidades diversas de nutrientes, que podem variar conforme o padrão da dieta e o modo como o metabolismo  absorve e utiliza as vitaminas ingeridas.

Há ainda a chance de que a pessoa sofra com problemas nas unhas e/ou nos cabelos por possuir a síndrome de má absorção intestinal, em que o corpo não consegue reter todos os nutrientes que consome.

Nesses casos, o uso do suplemento também não valerá de nada, já que o organismo não conseguirá absorver a integralidade das vitaminas e minerais fornecidos por ele.

O que tudo isso nos leva a concluir? Que o produto pode funcionar em alguns casos e em outros não – tudo dependerá da origem do problema dos cabelos e/ou nas unhas e das características do organismo de cada pessoa.

Assim, o ideal a se fazer ao notar complicações nas unhas e/ou nos cabelos é buscar auxílio médico para investigar a origem do problema, de modo que o profissional possa definir o tratamento mais apropriado para o caso do paciente em questão.

Você conhece alguém que tome e afirme que o Eximia Fortalize engorda? Tem receio de utilizar este suplemento por conta dos possíveis efeitos colaterais? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*