Levedura de cerveja

Falta de Cromo – Sintomas, Causa, Fontes e Dicas

Publicidade

O Cromo, também conhecido como crômio, é um mineral essencial para a funcionalidade do corpo humano; um exemplo em que ele é fundamental é na digestão.

Esse mineral não é produzido pelo corpo, por isso é necessário manter uma dieta equilibrada com a ingestão correta do mesmo.

Além disso, ele tem inúmeros benefícios para a saúde. Para começar, o cromo pode auxiliar na redução da gordura corporal, principalmente no abdômen. Isso acontece pois ele ajuda a diminuir a vontade exagerada por doces e ainda controla o apetite.

Porém, a falta de cromo pode levar a alguns problemas. O principal deles é a perda de eficiência de insulina, quando a pessoa passa a absorver açúcar mais rápido, levando à diminuição de saciedade e consequentemente ao aumento de peso, podendo gerar outras doenças.

Veja abaixo algum dos sintomas e doenças causadas pela carência de cromo:

Sintomas

A falta de cromo na dieta pode levar a alguns sintomas, como:

  • Resistência à insulina;
  • Diabetes tipo 2 (geralmente em pessoas mais velhas);
  • Risco de glaucoma;
  • Perda de peso;
  • Danos cerebrais;
  • Dormência e formigamento;
  • Sensações de queimaduras nos pés e nas mãos;
  • Aumento do risco de doença cardíaca;
  • Pressão arterial elevada;
  • Aumento de ansiedade;
  • Tontura;
  • Coração acelerado;
  • Mudança de humor;
  • Diminuição dos níveis de energia (se durar mais que 3 ou 4 dias procure um médico).

Em crianças e adolescentes, a deficiência de cromo pode ter outros sinais, como fraqueza muscular, ansiedade, fadiga e principalmente crescimento retardado. Além disso, foi observado que crianças que comem grandes quantidades de açúcar e outros alimentos processados podem ter o ritmo de crescimento mais lento se comparados àqueles que ingerem a quantidade ideal diária do mineral por dia.

Benefícios do Cromo na dieta

Além de ajudar na digestão, ele é essencial para outras funções, como:

  • Ajuda na movimentação da glicose no sangue na corrente sanguínea para dentro das células, para ser utilizado como energia;
  • Apesar de serem realizadas mais pesquisas sobre isso, acredita-se que por ele auxiliar na movimentação da glicose, ele pode ajudar pessoas com diabetes tipo 2, controlando o açúcar no sangue;
  • Outro fato ainda não comprovado, mas levado em consideração, é que o cromo pode ser útil na construção muscular e queima de gordura;
  • O mineral pode auxiliar no retardamento da perda de cálcio, sendo necessário para ajudar na prevenção da perda óssea, principalmente em mulheres na menopausa.

Causas da deficiência de cromo

A falta de cromo na dieta geralmente ocorre devido à carência do mineral no solo, no abastecimento de água e na refinação de certos alimentos que podem ser removidos nesse procedimento. Por conta disso, pessoas que comem alimentos refinados em grande quantidade também têm mais risco de não conseguir o mineral suficientemente.

Pessoas mais velhas e crianças com má nutrição têm mais chances de desenvolver a carência de cromo. Atletas também, pois estes podem perder o mineral em excesso através do exercício.

Por outro lado, quando tomado em excesso, ele pode causar problemas de estômago e levar a baixos níveis de açúcar no sangue (hipoglicemia). Além disso, ele pode danificar o fígado, rins, nervos e causar ritmo cardíaco irregular. Vale lembrar que o cromo presente em alimentos não faz mal, somente em suplementos, e mesmo assim os efeitos são raros.

Fontes de cromo

Esse mineral está presente em muitos alimentos naturais. Veja abaixo alguns deles:

  • Carnes;
  • Batatas (principalmente na casca);
  • Queijos;
  • Especiarias;
  • Grãos;
  • Pães;
  • Cereais;
  • Frutas: banana, maça, laranjas e uvas;
  • Vegetais: Alface, espinafre, tomates maduros;
  • Gemas de ovo;
  • Cebola crua;
  • Arroz integral;
  • Feijão;
  • Cogumelos;
  • Ostras;
  • Pimentão verde.

A levedura de cerveja é um dos alimentos considerados mais ricos em cromo, mas muitos acham sua digestão difícil e sentem dor abdominal, náuseas e inchaços.

Outra forma de encontrar o cromo é em suplementos multivitamínicos. No entanto, como o organismo não necessita muito desse mineral, é possível somente seguir uma dieta regular sem a ajuda de suplementos.

Como repor o cromo

A reposição para aqueles que forem com a falta de cromo pode ser feita de acordo com uma dieta equilibrada, mas, caso você esteja sentindo um dos sintomas citados anteriormente, procure um médico para ver qual a melhor opção para seu caso.

Veja abaixo a quantidade ideal de cromo diária para cada pessoa:

idade e estilo de vidaquantidade diária recomendada do mineral
0 a 6 meses0.2 microgramas
7 a 12 meses 5.5 microgramas
1 a 3 anos11 microgramas
4 a 8 anos15 microgramas
Meninas entre 9 a 13 anos21 microgramas
meninos entre 9 a 13 anos25 microgramas
mulheres entre 14 a 18 anos24 microgramas
Homens entre 14 a 18 anos35 microgramas
Mulheres entre 19 a 50 anos25 microgramas
Homens entre 19 a 50 anos35 microgramas
mulheres com mais de 50 anos20 microgramas
homens com mais de 50 anos30 microgramas
mulheres grávidas entre 14 a 18 anos29 microgramas
mulheres grávidas entre 19 a 50 anos30 microgramas
mulheres que estão amamentando entre 14 a 18 anos44 microgramas
mulheres que estão amamentando entre 19 e 50 anos45 microgramas

A quantidade vista na tabela acima é a mínima por dia para ficar longe da deficiência de cromo. Porém, na reposição dele, a quantidade pode variar, sendo necessário a consulta com um médico.

Dicas

Antes de sofrer com a falta de cromo, previna-o. Para evitar a carência de cromo é necessário manter uma boa ingestão do mineral e seguir algumas dicas, como:

  • Evite açúcar, farinha branca, e outros produtos refinados;
  • Acrescente mais alimentos integrais à sua dieta;
  • Avalie a opção de tomar suplementos multivitamínicos que contêm cromo.

Vale lembrar que se você usa suplemento vitamínico ou se pensa em usar, fale com seu médico. Além disso, suplementos vitamínicos de cromo são geralmente utilizados por mulheres grávidas ou que amamentam. Geralmente, somente com uma dieta regular é possível ingerir a quantidade necessária do cromo por dia.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você já sentiu alguns dos sintomas da falta de cromo no seu organismo? Acredita que precisa aumentar a ingestão das fontes deste mineral? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Publicidade
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*