Mulher doente cansada

Falta de Ferro – Sintomas, Causa, Fontes e Dicas

Publicidade

O ferro é um mineral essencial para nosso organismo, sendo necessário para diversos processos que são indispensáveis à vida humana, como por exemplo o transporte de oxigênio suficiente para todo o corpo que é realizado pelas hemácias, no qual o ferro faz parte.

O ferro também se faz necessário para a produção de células vermelhas do sangue (hemoglobina), na conversão de açúcar em energia, produção de enzimas (papel vital na produção de novas células, aminoácidos, hormônios e neurotransmissores), funcionamento eficiente do sistema imunológico, crescimento físico e mental, especialmente em crianças, e na gravidez.

Quando há falta de ferro no organismo, muitas partes do corpo são afetadas. Para evitar maiores problemas, caso você tenha algum dos sintomas abaixo, consulte seu médico para pedir exames detalhados da quantidade de ferro no corpo.

Sintomas da falta de ferro

Quando há carência de ferro no corpo, a produção normal de hemoglobina diminui, e consequentemente o transporte de oxigênio também é diminuído, resultando em sintomas como fadiga, tontura, imunidade baixa, entre outros. Esses sintomas iniciais podem ser mais fracos e passarem despercebidos. De acordo com a Sociedade Americana de Hematologia, a maioria de pessoas que sofrem de anemia só descobre quando faz um exame de sangue de rotina.

Sentir-se cansado pode ser um dos sintomas mais comuns da falta de ferro, mas também o mais difícil de detectar, já que podemos nos sentir cansados por inúmeros motivos. No entanto, quando o cansaço estiver acompanhado de irritabilidade, fraqueza e dificuldade para se concentrar, verifique se não é o caso de você procurar um médico.

Os sintomas mais comuns de carência de ferro incluem:

  • Palpitações Cardíacas;
  • Fadiga;
  • Falta de ar;
  • Pele pálida.

Outros sintomas incluem:

  • Dor de cabeça;
  • Dores na língua e gosto alterado;
  • Sensação de coceira;
  • Feridas no canto da boca (úlceras);
  • Dificuldade de engolir
  • Ansiedade;
  • Perda de cabelo;
  • Unhas quebradiças;
  • Inchaço;
  • Aumento do baço;
  • Infecções frequentes;

Além disso, um dos sintomas frequentes é a palidez. A hemoglobina, que é produzida com o auxílio do ferro, dá ao sangue a cor vermelha e por isso nossa pele fica rosada. Quando há a deficiência de ferro, os níveis de hemoglobina caem e consequentemente nossa pele fica mais pálida.

E não é só a pele que perde a cor, o interior da gengiva e das pálpebras inferiores também fica menos vermelho do que o habitual. Por isso que geralmente a primeira avaliação de um médico em pessoas com sintomas de anemia é ver o interior das pálpebras.

Existem diversos tipos de anemia e cada uma delas tem uma causa diferente, mas a anemia mais comum é por conta da carência de ferro.

Ela é inclusive o sintoma mais comum causado pela deficiência de ferro. Algumas pessoas que sofrem de anemia por falta de ferro desenvolvem a síndrome das pernas inquietas, que é um distúrbio que provoca um forte desejo de movimentar as pernas. Esse desejo geralmente aparece com sensações estranhas e desagradáveis nas pernas. 15% das pessoas que possuem esse distúrbio deve-se à falta de ferro e também possuem dificuldade em dormir.

Outro sintoma estranho é a vontade de comer coisas diferentes como areia, barro, gelo, tijolo, limão, entre outros.

Causa da deficiência de ferro

O ferro é perdido pelo corpo de várias maneiras, incluindo incontinência urinária e fecal. O sangramento também contribui para o aumento da perda de ferro, e por conta disso, as mulheres necessitam de uma maior ingestão de ferro do que os homens, já que menstruam todos os meses.

Hemorragias internas também levam à carência de ferro. Esses problemas podem ser causados por úlcera, cânceres ou alguns tipos de drogas.

Como vimos acima, as mulheres necessitam de mais ferro e outros nutrientes que homens. Mulheres entre 19 e 50 anos geralmente precisam de 18mg de ferro por dia. No caso de mulheres grávidas, a quantidade aumenta para até 27mg por dia. Por ser uma quantidade maior, a causa mais comum da falta de ferro é a mulher estar grávida. Já para lactantes, o número diminui para somente 9mg. Mulheres acima de 50 anos e que não menstruam mais necessitam de somente 8 mg por dia.

Outro caso muito comum é de pessoas vegetarianas, que deixam de comer carnes, frango e ovos, que são ricos em ferro e não trocam por outro alimento que também é rico desse mineral.

Há ainda pessoas que têm dificuldade de absorver o ferro. Esse fator acontece quando há algum tipo de doença como a doença celíaca ou cirurgias que afetam o intestino e interferem na absorção do mineral. Mesmo que se coma a quantidade ideal diária, a absorção de ferro é prejudicada.

Complicações causadas pela falta de ferro

A maioria das pessoas que sofrem de anemia não apresentam complicações mais sérias, e geralmente o problema é facilmente revertido. No entanto, se não for tratada, a anemia pode gerar problemas futuros, tais como:

  • Batimentos cardíacos irregulares:

    Ao estar com anemia, o coração precisa bombear mais sangue para compensar a quantidade baixa de oxigênio, e consequentemente batimentos cardíacos irregulares. Em casos mais graves, essa irregularidade pode causar insuficiência cardíaca ou aumento do coração;

  • Problemas na gravidez:

    Se a falta de ferro for um problema na gravidez, a criança pode nascer prematura e com peso mais baixo. A maioria das mulheres grávidas deve tomar suplementos de ferro a fim de que esse tipo de problema não aconteça;

  • Crescimento atrasado de crianças:

    Recém-nascidos e crianças que possuem deficiência de ferro podem ter seu crescimento e desenvolvimento atrasado. Além disso, são mais propensos a infecções.

Como repor o ferro

A reposição de ferro não é algo difícil, pois podemos encontrá-lo em diversos alimentos.

Em alguns casos, a reposição do ferro pode ser por meio de suplementos, e às vezes é necessário fazer exames de tempos em tempos para verificar se a taxa de ferro voltou ao normal.

Na ingestão de suplementos de ferro, é recomendado tomar os comprimidos com estômago vazio para uma melhor absorção; caso sinta náuseas, tome junto com as refeições. Além disso, esses suplementos podem causar prisão de vente ou fezes escurecidas.

Para a ingestão de ferro por meio da alimentação, é necessário a adoção de uma dieta equilibrada que inclua alimentos para o tratamento e prevenção da falta de ferro. Outro fator importante de se lembrar é que a vitamina C ajuda na absorção da ingestão do ferro. Uma boa dica é tomar uma fonte de vitamina C, como um copo de suco de laranja, junto com alimentos ricos em ferro.

Os alimentos ricos em ferro são:

  • Lentilhas;
  • Carnes;
  • Nozes e sementes;
  • Frango;
  • Grão de bico;
  • Folhas escuras como agrião e couve;
  • Cereais;
  • Feijão;
  • Peixes;
  • Tofu;
  • Frutas secas como damascos, ameixas e uvas passas.

Algumas sugestões de fontes de vitamina C são:

  • Frutas: Cítricas, morangos, kiwi, goiaba, mamão, abacaxi, melão e manga;
  • Brócolis;
  • Pimentões vermelho e verde;
  • Couve de Bruxelas;
  • Couve-Flor;
  • Tomates;
  • Folhas verdes.

Vale lembrar que o ferro causa problemas por conta da baixa ingestão e também se ingerido em excesso. A sobrecarga de ferro pode aumentar o risco de diabetes, ataque cardíaco, câncer, e prejudicar alguns órgãos como o fígado.

Prevenção

A deficiência do ferro pode ser prevenida com a ingestão de uma dieta com alimentos ricos em ferro com ajuda da vitamina C, já vistos acima. Em casos de recém-nascidos, a melhor forma é alimentar o bebê do próprio leite materno, que fornece nutrientes suficientes.

Além disso, se você estiver com sintomas de falta de ferro, a melhor opção é se consultar com um médico para verificar o grau da deficiência e ver a melhor opção de tratamento.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você tem sentido sintomas da falta de ferro durante o seu dia a dia? Já se consultou com seu médico para procurar a causa e o diagnóstico? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Publicidade
ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*