Publicidade

 

HMB

HMB – Para Que Serve, Benefícios, Efeitos Colaterais e Como Tomar

Vamos agora explorar o que é HMB, para que serve, seus benefícios, possíveis efeitos colaterais e como tomar. O HMB, também conhecido como Betaq-hidroxi Betametil-butirado, é um aminoácido proveniente do metabolismo da leucina, que ocorre nos músculos. É vendido como um suplemento anticatabólico, ou seja, que impede o corpo de quebrar substâncias complexas em substâncias mais simples. O HMB impede, por exemplo, que ocorra a quebra de proteínas em aminoácidos, os quais seriam lançados na corrente sanguínea para serem utilizados em outras reações metabólicas. O catabolismo é indesejado por quem almeja o ganho de massa muscular, já que isso requer proteínas.

Publicidade

Se o corpo não tem energia suficiente para suprir certas demandas, como a prática de exercícios físicos, ele entrará em processo catabólico. Para que ocorra o anabolismo, o corpo precisa queimar outros tipos de fontes, como a massa gorda do corpo.

O HMB, assim, funciona como inibidor da degradação de proteínas, sendo estas utilizadas para o fim que o consumidor mais deseja: a construção de massa muscular. Os fins comerciais do HMB são: aumentar a massa magra (hipertrofia) e elevar a força, eliminando, também, a massa gorda. 

Para Que Serve

Estudos revelam que há ganho de força em aproximadamente 7% em um grupo formado apenas por mulheres sedentárias. Essas mulheres foram submetidas a exercícios físicos durante quatro semanas, usando 3 gramas por dia de HMB. Outro estudo, dessa vez testando o suplemento em homens, realizado em 1996 por Nissen, fez com que homens sedentários praticassem exercícios. A pesquisa mostra que houve uma redução de danos aos músculos das cobaias.

Impedindo a degradação muscular

O HBM, assim, tem como papel tornar a degradação dos músculos mais lenta, gerando, também, um aumento de força para executar os treinos. O HBM pode ser metabolizado de duas formas diferentes: sendo transformado em colesterol ou em um substrato que gera energia.

Quando ocorre o crescimento muscular, as células que foram degastadas nesse processo não produzem quantidade suficientes de uma enzima responsável pela síntese de colesterol, importante composto para a regeneração das células musculares. O HBM, então, irá fornecer essa enzima para a síntese do colesterol, reparando as células.

A ingestão de HBM ainda influencia na síntese proteica, agindo diretamente no DNA das células, gerando, assim, a hipertrofia. A diferença desse suplemento com os demais está na rapidez de suas reações no organismo. Tudo irá depender, no entanto, da quantidade consumida e da dieta/exercícios seguidos. 

Benefícios

O HBM ajuda a regular o metabolismo proteico, reduzindo a degradação muscular durante os exercícios físicos. Como principal benefício, podemos citar a capacidade de reduzir o catabolismo muscular, protegendo esse tecido contra danos e debilitações.

Publicidade

Promove o aumento de força e massa muscular, muito útil para quem pratica musculação e treinos de resistência. Recupera, também, o músculo após os exercícios físicos intensos. O HMB dificulta a quebra e a hidrólise de proteínas que contêm leucina e isoleucina, preservando a musculatura e aumento a capacidade de esforço em condições de aeróbica.

Adicionando creatina

Nosso corpo precisa de creatina para estocar energia nos músculos, visando utilizá-la quando assim é necessário. Exercícios físicos mais intensos, por exemplo, requerem mais energia, e a creatina torna-se peça chave do processo. Conseguimos consumi-la através de carnes ou suplementos.

Adicionar creatina na dieta tem se mostrado uma excelente forma de aumentar a força e energia durantes os treinos. Associada ao HMB, seus resultados são ainda mais benéficos. Creatina e HMB são dois suplementos cuja finalidade é ajudar o consumidor a construir massa muscular, garantindo, também, força e energia.

Efeitos Colaterais

Há alguns alertas com relação ao excesso de cálcio encontrado no HMB, já que este mineral funciona como transporte das demais substâncias. Porém, só é danoso à saúde, chegando a provocar cálculos renais, se o HBM for consumido em doses muito elevadas, além do recomendado.

Como Tomar

A média recomendada da quantidade de suplemento de HMB que deve ser consumida é de 3 comprimidos diariamente. O primeiro deve ser ingerido em até 1h30 antes do treino; os outros dois, logo após os exercícios. Para que o HMB consiga agir de forma eficaz na recuperação dos músculos, os últimos comprimidos devem ser consumidos em até 30 minutos após o treino.

O aminoácido HMB pode ser encontrado em alimentos ricos em proteínas, como peixe, leite, frutas cítricas, alfafa, milho etc. Se a pessoa realiza treinos leves e com menos frequência, ela consegue suprir suas necessidades desse aminoácido apenas através da alimentação.

O HMB normalmente é consumido misturado com sucos ou outras bebidas, pois possui um nível elevado de cálcio, o que o torna mais facilmente diluído líquidos e, consequentemente, melhor absorvido pelo corpo.

Referências adicionais:

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você conhece alguém que use a suplementação de HMB? Como foram os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (30 votos, média: 3,80 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×