Publicidade

 

Irmãos Gêmeos Perdem Mais de 155 Kg Juntos em 2 Anos

Os gêmeos Dillon e Cory Sasvari são idênticos em quase todos os sentidos. Suas risadas são indistinguíveis, suas pressões sanguíneas são iguais e até mesmo suas taxas de pulso são as mesmas. E ambos passaram toda a vida com excesso de peso.

Publicidade

Enquanto jogavam futebol no colégio, mantiveram seu peso em torno dos 90 quilos, mas depois de se formar, apenas engordaram até que ambos pesavam mais de 180 quilos. Eles sentiam-se infelizes, mas não sabiam o que fazer.

“Olhando para mim no espelho… Eu sabia que precisava fazer algo sobre isso”, disse Cory, de 25 anos.

Dillon, seu irmão gêmeo, também se sentia desamparado e pesava 181 kg naquele momento. “Eu não sabia o que mais fazer”, disse ele hoje. “Eu não tinha diabetes, mas estava perto disso”.

Foi quando sua avó, Leona Mesler, interveio. “Ela disse: ‘Escute, você e seu irmão são as pessoas mais gordas que eu já vi”, lembra Cory. “Minha família, eles estavam preocupados com a minha saúde… Eu estava sempre cansado e deprimido.”

Leona sentia-se especialmente preocupada porque ambos, ainda aos 23 anos de idade, já enfrentavam problemas de saúde como pressão e colesterol altos. Cory ainda teve gota, que impediu que ele se movimentasse por alguns dias.

Mesler pediu-lhes então que fizessem alguma coisa. Ela lembrou da cirurgia de bypass gástrico e pensou que talvez pudesse ajudá-los.

Publicidade

Eles pesquisaram e visitaram um médico do Magee-Womens Hospital, do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, que disse aos gêmeos que eles precisavam perder 10% do peso corporal antes da cirurgia. Depois de se encontrar com um nutricionista, eles tiveram uma melhor compreensão de como mudar suas dietas.

A primeira coisa que fizeram foi cortar o refrigerante. “Eu bebia dois ou três litros por dia”, disse Dillon. Apenas cortar os refrigerantes já ajudou tremendamente ambos na caminhada pela perda de peso.

“O peso pré-operatório realmente caiu muito rapidamente”, disse Cory, que pesava 184 kg naquele momento. “Eu simplesmente parei de comer alimentos que faziam mal”.

Isso significa que os gêmeos cortaram cereais açucarados, batatas fritas, pizza e outros alimentos processados. Eles focaram sua dieta em vegetais, frutas, proteínas magras e bebiam muita água.

Antes das cirurgias, Dillon já havia perdido perdeu 23 kg e Cory, 31 kg.

Publicidade

Dillon teve sua cirurgia primeiro, em abril de 2015 e a de Cory ocorreu uma semana depois, em maio. “É assim que costumamos fazer. Tudo o que eu faço, ele faz”, disse Dillon.

Ao longo de suas jornadas de perda de peso, os gêmeos apoiaram-se mutuamente. “Por sorte tive um irmão que passou pelo mesmo. Nós sempre gostamos de competir”, disse Dillon.

Eles continuam seus hábitos alimentares saudáveis e aumentaram a prática de exercícios em suas vidas. Ambos jogam softball, futebol e hóquei e fazem musculação e aeróbicos na academia.

“A cirurgia não é uma cura definitiva para todos. É apenas uma ferramenta para ajudar”, disse Dillon.

Agora, Dillon pesa 102 kg e Cory, 108 kg. Apesar de já estarem felizes com o peso atual, ambos concordam que não se importariam em perder mais.

“Eu definitivamente gostaria de chegar aos 90 kg e começar a construir músculos depois disso”, disse Cory. Dillon concordou que também gostaria de chegar aos 90 kg.

“Eu não quero mais ser tão grande quanto eu era”, disse ele. “Eu gosto de comprar roupas menores. Não quero comprar roupas maiores ou voltar às minhas roupas antigas”. Hoje, os gêmeos já não precisam de medicamentos para as antigas condições de saúde e sentem-se confiantes.

“Agora que eu perdi peso, estou mais fora da caixa”, disse Dillon. “Eu sou mais sociável agora”.

Eles forneceram algumas dicas para ajudar as pessoas interessadas em perder peso que você confere abaixo:

1. Dedique-se aos seus objetivos

Cory sabia que tinha que perder peso para que os médicos realizassem a cirurgia. Ele estabeleceu uma meta para perder 10 quilos. Ele se concentrou em cumprir a promessa que fez, e acabou perdendo muito mais.

“Crie mais metas e alcance esses objetivos”, disse ele. “Dedique-se ao que está fazendo. Não perca a esperança, mesmo que você passe por obstáculos”.

2. Guarde uma “calça gorda” antiga

Às vezes, Dillon e Cory experimentam uma calça antiga e se maravilham com o quanto elas emagreceram. Isso ajuda-os a lembrar quão cansativo era estar acima do peso.

“A diferença é incrível e me faz querer continuar”, disse Dillon.

3. Tenha uma fonte de suporte e ajuda

Os gêmeos tinham um ao outro enquanto perdiam peso, mas também havia um monte de pessoas encorajando-os, o que facilitou a jornada.

“Se você tem pessoas negativas por perto, vai fazer acabar e ganhar o peso de volta”, disse Cory.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você já tentou perder peso junto com um familiar ou amigo? Acredita que isso pode ajudar e fazer o processo mais fácil? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×