Publicidade

 

Laxante Faz Mal à Saúde? Efeitos Colaterais e Cuidados

Muitas pessoas fazem uso de laxantes, principalmente para emagrecer. Será que o uso de laxante faz mal à saúde? Que efeitos colaterais ele provoca? Em que situações deve-se usá-lo? Iremos explorar isso no texto a seguir.

Publicidade

Você chamaria um dentista para consertar a encanação da sua casa? Ou contrataria um eletricista para cortar o seu cabelo? E chamaria um escritor para te dar aulas de zumba? A não ser que esses profissionais tivessem uma formação extra nessas áreas, provavelmente não, não é mesmo?

Até porque o dentista certamente não saberia consertar os canos da sua residência, o eletricista não saberia te dar o corte dos sonhos e o escritor não conheceria os movimentos de zumba para te ensinar.

Mas por que é que estamos falando tudo isso em um artigo que fala sobre laxante? Para dizer que o laxante faz mal à saúde se for utilizado de maneira equivocada.

Vejamos bem, os laxantes são medicamentos que estimulam a eliminação das fezes e são utilizados no tratamento de prisão de ventre crônica e de situações em que há a necessidade de facilitar a evacuação das fezes.

Veja também: 26 Melhores Laxantes Naturais

Quem sofre com prisão de ventre moderada não tem a necessidade de fazer uso de laxantes. Eles também podem ser utilizados antes ou depois de procedimentos e para preparar os pacientes para exames que requerem limpeza intestinal, conforme a indicação do médico.

Laxante Faz Mal à Saúde? Cuidados e perigos

Laxantes como o Lacto Purga, um dos mais conhecidos da categoria, não exigem que a venda seja feita exclusivamente mediante apresentação de receita médica na hora de serem comprados. Entretanto, isso não significa que eles não devam ser utilizados com cuidado e que esses medicamentos não apresentem perigos à saúde.

Publicidade

O perigo reside em casos de pessoas que utilizam o remédio de modo exagerado e prolongado, em muitos casos como forma de forçar a evacuação das fezes para perder peso. E é principalmente aí que podemos dizer que o laxante faz mal à saúde.

Em primeiro lugar, precisamos entender que a substância nem mesmo causa a perda de peso. O que ela faz é uma limpeza no intestino, que desincha a barriga e pode trazer uma falsa impressão de emagrecimento.

Porém, como esse efeito não é duradouro, quando as fezes forem formadas novamente, o efeito mais inchado voltará. E se a pessoa continuar a utilizar o remédio com frequência, acabará viciando o seu intestino, que passará a funcionar somente com o medicamento.

Isso também causará desidratação, deficiência de vitaminas e nutrientes no corpo que serão eliminados por meio da excessiva evacuação, doenças cardíacas e complicações renais a longo prazo, muitas cólicas intestinais e perda de bactérias do bem que ajudam no funcionamento do trato digestivo.

abuso de laxantesE olha que esses não são os únicos malefícios que o exagero e prolongamento do uso de laxantes pode trazer. Como se tudo isso não bastasse, o uso excessivo e durante muito tempo desse tipo de remédio causa a retenção de líquido, que vem acompanhada justamente do inchaço. Ou seja, a pessoa que uso os laxantes como forma de emagrecer, traz muitos riscos à sua saúde e ainda não faz com que ela alcance seu objetivo. Em outras palavras: não vale a pena.

Há ainda o risco da pessoa sofrer com paralisia intestinal, síndrome do intestino irritável, pancreatite, arritmia cardíaca, fadiga, aumento dos riscos de desenvolvimento de câncer de cólon e até ataque no coração.

Os laxantes ainda causam perda de eletrólitos por meio da diarreia que são fontes de energia e auxiliam a hidratação do corpo. O desequilíbrio leve e temporário de eletrólitos causa tontura, cansaço e problemas musculares. Já o desequilíbrio prolongado e severo traz oscilações nos batimentos cardíacos, confusão mental, convulsões e alterações na pressão arterial.

Acabamos de ver que quando usado fora de seu propósito e de maneira exagerada, o laxante faz mal à saúde de diversas formas. Logo, é preciso ter bastante cuidando ao utilizá-lo, certificando-se de que ele realmente é necessário e respeitar o limite de ingestão diária – por isso, vale a pena consultar o médico antes de usar.

Ainda a recomendação que o medicamento seja consumido com água e no período noturno. Ele não deve ser ingerido com produtos que reduzem a acidez no trato gastrointestinal superior como leite, antiácidos e inibidores da bomba de prótons como omeprazol.

O ideal é que os laxantes sejam utilizados durante curtos períodos de tempo e que a utilização seja finalizada assim que houver alívio da prisão de ventre.

Publicidade

Efeitos colaterais dos laxantes

Os laxantes ainda podem trazer os seguintes efeitos colaterais:

  • Cólicas abdominais;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia;
  • Náusea;
  • Tontura;
  • Sangue nas fezes;
  • Vômitos;
  • Desconforto abdominal;
  • Desconforto na região do ânus;
  • Reação alérgica grave (anafilática);
  • Edema angioneurótico – inchaço nos lábios, língua e garganta;
  • Alergia;
  • Desmaio;
  • Colite – inflamação no intestino;
  • Inchaço;
  • Gases;
  • Dores abdominais.

Caso venha a experimentar uma ou mais das reações adversas mencionadas acima ou sinta um outro tipo de efeito colaterais, informe o seu médico de confiança a respeito do problema. O profissional te orientará e indicará o que deve ser feito para resolver o problema e se você deve ou não interromper ou abandonar de uma vez por todas o uso do laxante em questão.

Contraindicações

Laxante faz mal à saúde de pessoas que sofrem de apendicite aguda, doenças inflamatórias do trato intestinal, obstrução intestinal, íleo paralítico (que ocorre quando o intestino para de funcionar), dor abdominal, desidratação, intolerância à frutose e/ou galactose e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula do remédio em questão. Portanto, elas não devem consumi-lo.

Ele deve ser ingerido por mulheres que estejam grávidas ou que se encontrem em período de amamentação de seus bebês e pessoas que sofrem com incapacidade de controlar os movimentos intestinais apenas mediante autorização médica.

Para certificar-se que o laxante não irá interagir com outro remédio que você esteja tomando, pergunte ao seu médico sobre o uso do laxante de maneira simultânea aos medicamentos que você já utiliza.

Antes de recorrer aos laxantes

Caso você sofra com prisão de ventre, existem algumas atitudes que você pode tomar antes de recorrer ao uso dos laxantes. Isso inclui comer alimentos ricos em fibras como frutas, vegetais, farelo de trigo e aveia, tomar bastante água ao longo do dia e praticar exercícios físicos de maneira regular.

Se isso não adiantar, a indicação é recorrer a um laxante leve e buscar ajuda médica para saber como tratar o problema de maneira adequada.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você também sente que laxante faz mal à saúde? O que você sente quando faz uso dele? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*