Mulher Perde 35 Kg Após Deparar-se com sua Filha Chorando por sua Saúde

Em janeiro de 2016, Kari Hammond deparou-se com sua filha de 15 anos, Alexa, chorando. Quando perguntou a Alexa o que havia de errado, ela disse que estava preocupada com Kari, que estava acima do peso – com 1,65 m de altura, pesava 98,5 kg. E Alexa também temia que ela crescesse “gorda”, da mesma forma.

“Foi um momento que Jesus bateu à minha porta”, disse Hammond.

Mas Kari estava acima do peso desde sua adolescência e não tinha certeza de como perder. Ela havia tentado um monte de dietas com as quais ela perdia peso e depois recuperava – às vezes até mais. Ela decidiu perguntar a sua mãe, que sempre se exercitava e comia alimentos saudáveis, o que fazer. Sua mãe, Randi Longmeier, deu quatro recomendações a Hammond:

  1. Corte o açúcar da sua dieta.
  2. Exercite-se regularmente.
  3. Fique de olho no que você come.
  4. Construa uma comunidade.

“Eu tentei muitas coisas diferentes dessas [no passado]”, disse Hammond.

Mas desta vez ela seguiu o conselho de sua mãe e começou a cortar o açúcar. Depois de não ingerir nenhum açúcar durante duas semanas, ela baixou um aplicativo para rastrear todas as suas calorias e seu nível de exercícios. Em seguida, começou a praticar exercícios de Tabata, HIIT com descanso de 10 segundos entre cada intervalo de 20 segundos de exercício. No início, ela só conseguia treinar por 10 minutos antes de se sentir exausta. Mas ela continuou tentando e melhorando sua energia e performance.

Em algumas semanas, o peso começou a cair rapidamente. E depois, se estabilizou. “Foi uma perda bem constante para mim”, disse ela.

Enquanto continuava perdendo peso, ela foi alterando seus objetivos para combinar com o que estava fazendo. Originalmente, ela pensava em chegar a um IMC saudável, com cerca de 68 kg. Depois de chegar a isso, ela ajustou-se e perdeu mais peso e agora pesa 61,2 kg.

No total, ela perdeu mais de 35 kg. Ser flexível com suas metas e promessas ajudou-a a ser bem-sucedida. Ela também ganhou músculos com os exercícios Tabata por 40 minutos e caminhando uma hora por dia.

“Eu pensava que não tinha tempo para praticar exercício. Quarenta minutos de exercício correspondem a 4% do meu dia, eu posso me dar 4% do meu dia”, disse ela. “Isso mudou a vida”.

Nos últimos nove meses, ela tem mantido sua perda de peso. Ela ainda depende das quatro sugestões que sua mãe lhe deu lá atrás, e agora sabe que era mais forte do que pensava.

“Eu posso fazer coisas muito difíceis”, disse ela. “A saúde é importante e quero viver muito tempo”.

Kari agora também fornece suas dicas para outros que pretendem perder peso, assim como ela.

1. Tenha metas que não sejam números

Quando o número na balança não muda, ele pode parecer avassalador. É por isso que Kari aprendeu a olhar para outras vitórias durante sua jornada de perda de peso. Ela celebrou marcos, como se sentir mais confortável em uma cadeira, ter uma clavícula visível ou ver apenas um queixo em vez de dois. Isso a impediu de se sentir frustrada.

2. Seja consistente

Documentar todas as coisas que ela comia e seus exercícios a ajudou a perder peso de forma constante e mantê-lo longe de voltar.

“Eu sou super consistente. Tenho literalmente registradas todas as coisas que comi há 450 dias”, disse ela. “Eu sou extremamente dedicada a este processo”.

3. Mexa-se

Há dias em que Kari come o dobro de calorias que devia. Quando isso acontecia no passado, enquanto ela tentava perder peso, ela desistiria. Agora, ela adota uma abordagem mais realista.

“Cometi muitos erros”, disse ela. “Eu simplesmente reconheci e segui adiante.”

Você acredita que passar por uma situação com sua filha, como Kari passou, faria o mesmo com você? Teria a mesma reação e força de vontade que ela? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Publicidade
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Publicidade

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*