Vegetais

Novos Estudos Confirmam que uma Dieta Vegetariana Pode Salvar sua Vida

Cinco novos estudos mostram que comer alimentos saudáveis, principalmente vegetarianos, está associado a menor risco de doenças crônicas, ganho de peso e morte.

Os conselhos da ciência sobre dieta e nutrição realmente mudam muito de tempos em tempos, mas os benefícios de comer mais vegetais e menos carne têm sido bastante consistentes já há um tempo. Uma dieta vegetariana não é excelente apenas para o planeta, mas também para a nossa saúde pessoal.

Agora, cinco novos estudos que apontam para isso foram apresentados na Nutrition 2018, a principal reunião da American Society for Nutrition.

Cada um dos estudos examina os impactos na saúde de uma dieta à base de vegetais – e, mais importante, uma dieta baseada em vegetais composta por alimentos vegetais saudáveis. Aqui está o que eles concluem.

  1. Estudo 1: Evidências sugerem que uma dieta baseada em vegetais reduz o risco de doença cardíaca. O estudo com cerca de 6.000 pessoas na Holanda descobriu que aqueles que consumiram mais proteínas vegetais no lugar de proteínas de origem animal apresentaram um risco menor de desenvolver doença coronariana durante um período médio de acompanhamento de mais de 13 anos. A pesquisa foi liderada por Kim V.E. Braun do Erasmus University Medical Center, em Roterdão.
  2. Estudo 2: Comer mais proteína vegetal e menos proteínas de origem animal está ligado a menos placas nas artérias. Este estudo analisou o tipo de proteína consumida e como isso afetou a calcificação das artérias coronárias dos participantes. Dos 4.500 adultos brasileiros, aqueles que consomem regularmente mais proteínas vegetais são quase 60% menos propensos do que aqueles que consomem mais proteínas de origem animal a mostrar evidências de placa nas artérias do coração, uma medida de acúmulo de placa comumente usada para avaliar o risco de doenças cardíacas.
  3. Estudo 3: Dieta vegetariana associada a fatores de risco reduzidos para doenças cardíacas e diabetes. Este estudo examinou as dietas de sul-asiáticos que vivem nos Estados Unidos e descobriu que aqueles que seguem uma dieta vegetariana tinham um menor número de fatores de risco para doenças cardíacas e diabetes, incluindo um IMC menor, menor circunferência da cintura e menor quantidade de gordura abdominal, além de menor colesterol e menor nível de açúcar no sangue em comparação com pessoas do mesmo grupo demográfico que comiam carne.
  4. Estudo 4: Comer vegetais saudáveis associado a menor ganho de peso. Bem, este talvez não seja uma surpresa. Em uma análise de ganho e perda de peso entre mais de 125.000 adultos em um período de 4 anos, dietas baseadas em vegetais ricas em alimentos de alta qualidade (como grãos integrais, frutas, vegetais e nozes) foram associadas a menos peso ganho, enquanto comer alimentos vegetais não saudáveis (como doces, grãos refinados e batatas fritas) foi associado a um ganho de peso significativamente maior. O que é um bom lembrete de que ser um vegetariano mas continuar comendo alimentos não saudáveis não é suficiente.
  5. Estudo 5: Comer vegetais de alta qualidade associado a menor risco de morte. Este é interessante. Um estudo com cerca de 30.000 adultos norte-americanos concluiu que uma dieta de maior qualidade contribui para uma vida mais longa. Mas a qualidade dos alimentos vegetais na dieta é mais importante do que a qualidade dos alimentos de origem animal. As melhores opções vegetais na dieta reduziram a mortalidade em 30%, enquanto as escolhas baseadas em animais de maior qualidade tiveram pouco efeito sobre a mortalidade. Os autores concluem: “Melhorar a qualidade dos componentes da dieta vegetariana pode desempenhar um papel mais importante na redução da mortalidade do que melhorar a qualidade dos animais, especialmente entre os indivíduos com condições crônicas de saúde”.

Então, qual é o resumo da ópera? Pouca coisa mudou, ainda seguimos tendo a certeza de que ter uma dieta basicamente vegetariana é o melhor para a sua saúde. Garantir que esses vegetais não tenham sido transformados em junk food também é essencial.

Você já pensou em tornar a sua dieta praticamente baseada em vegetais? O que acha dessa ideia para favorecer a sua saúde? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*