Moroccanoil no cabelo

Óleo de Argan Moroccanoil – O Que é, Benefícios e Como Usar

Embora ainda seja relativamente desconhecido no Brasil, o óleo de Argan Moroccanoil é utilizado há centenas de anos no Marrocos como um grande aliado da saúde e da beleza.

Seu nome é derivado da árvore Argânia (de nome científico Argania spinosa), um tipo de planta medicinal que produz um óleo natural rico em vitaminas e ácidos graxos essenciais.

Mais recentemente, o óleo passou a ser divulgado no Brasil como um produto quase milagroso para a saúde dos cabelos. Confira este e outros benefícios do óleo de Argan Moroccanoil logo abaixo.

O que é o óleo de Argan exatamente?

O óleo de Argan é um extrato natural utilizado há séculos pelos povos do Marrocos para revigorar o organismo e fortalecer o cabelo e a pele.

Produtores obtêm o óleo do caroço dos frutos da Argânia. Uma vez removida a polpa macia, os caroços são secos ao sol e posteriormente quebrados até formar uma pasta. É desta mistura que será extraído o óleo de Argan Moroccanoil que encontramos à venda no mercado brasileiro.

O termo Moroccanoil é a versão em inglês para “óleo do Marrocos”, país que ainda hoje é o principal produtor do composto.

Para que Serve?

É possível utilizar o óleo de Argan Moroccanoil para cuidar dos cabelos, da pele, dos lábios e das unhas. Ao contrário de muitos outros óleos vegetais, o óleo de Argan é menos oleoso e não deixa um aspecto “pesado” nos fios capilares.

Benefícios para a beleza dos cabelos, pele e outros

Confira as principais vantagens de utilizar o óleo de Argan Moroccanoil:

– Cabelos

O óleo de Argan promove uma hidratação profunda nos fios, proporcionando um aspecto mais saudável aos cabelos ressecados e sem brilho. O produto também tem ação anti-frizz e é capaz de restaurar fios quebradiços.

Outros benefícios do óleo de Argan Moroccanoil para os cabelos:

  • Pontas duplas: as propriedades do óleo de Argan tornam os fios mais resistentes à quebra e à formação de pontas duplas. Isso porque o produto fecha as escamas do cabelo, formando uma espécie de película que mantém a hidratação;
  • Crescimento: os compostos encontrados no óleo também promovem uma nutrição profunda do cabelo, favorecendo a formação de novos fios e o crescimento dos já existentes;
  • Proteção: ao deixar o óleo nos fios, você estará ajudando a protegê-los contra os danos gerados pelos raios ultravioletas e outros agentes agressores, como a poluição e o ressecamento causado pela permanência em ambientes com ar condicionado;
  • Brilho: este é um dos maiores benefícios do óleo de Argan. Mais nutridos, os fios que são tratados regularmente com o óleo exibem um brilho e uma maciez que não são facilmente alcançados nem com o uso de produtos químicos;
  • Tintura: apesar do grande avanço obtido pelos fabricantes de tinturas nos últimos anos, a verdade é que os cabelos tingidos acabam perdendo boa parte de sua hidratação e brilho. Embora não faça milagres, o óleo de Argan pode ajudar a dar vida aos fios que já passaram por algum tipo de tratamento químico. E, além do tudo, o óleo colabora para a manutenção da nova coloração;
  • Tratamento natural: as vitaminas e antioxidantes do Moroccanoil melhoram a elasticidade dos fios sem torná-lo excessivamente oleoso. Cabelos que passam frequentemente por escova também podem se beneficiar do uso do óleo de Argan;
  • Couro cabeludo: a massagem com óleo de Argan diretamente sobre o couro cabeludo aumenta a circulação de sangue no local e estimula o crescimento dos fios. Além disso, o óleo também previne e trata inflamações do couro cabeludo, melhora a caspa e reduz irritações causadas pelo ressecamento da pele.

– Pele

Como é altamente nutritivo, e também por não ser tão denso quanto outros óleos vegetais, o óleo de Argan Moroccanoil é uma boa alternativa de tratamento natural para a pele.

Rico em ácidos graxos, vitamina E, caroteno, fenois e outros antioxidantes, o Moroccanoil nutre profundamente a pele, atenuando rugas e marcas de expressão. O óleo também é fonte de esqualeno, um composto orgânico que tem ação emoliente e umectante (o que se traduz em uma pele mais hidratada e macia).

Por sua ação antioxidante – ou seja, destruidora dos radicais livres – e anti-inflamatória, o óleo também previne a perda de colágeno e o envelhecimento precoce da pele. Como resultado, pode haver um efeito “antes e depois” do uso do óleo, ou seja, é possível de fato notar um rejuvenescimento da pele tratada regularmente com o Moroccanoil.

Resumo dos principais benefícios do óleo de Argan Moroccanoil para a pele:

  • Excelente hidratante natural para a pele ressecada;
  • Tonifica a pele, reduzindo marcas de expressão e o aspecto de pele envelhecida;
  • É um esfoliante que pode ser utilizado para prevenir e tratar cravos e espinhas;
  • Melhora o aspecto de cicatrizes;
  • Trata inflamações e irritações na pele;
  • Pode ser utilizado em substituição ao creme de barbear.

Outros usos

O óleo de Argan serve também para:

  • Proteger os lábios contra os danos causados pelo sol ou pelo frio;
  • Fortalecer as unhas;
  • Amolecer as cutículas;
  • Hidratar mãos e pés ressecados;
  • Prevenir o surgimento de estrias durante a gestação.

Como Usar

Para obter melhores resultados com o óleo de Argan Moroccanoil, siga as dicas abaixo:

– Para os cabelos:  

Você poderá utilizar o óleo puro ou então acrescentar algumas gotas do produto ao seu shampoo, condicionador ou creme leave-in (sem enxágue). Não existe uma quantidade exata, pois cada tipo de cabelo terá suas exigências específicas.

É possível utilizar o óleo de Argan sobre o cabelo úmido (já lavado e enxaguado) ou então sobre os fios secos, para controlar o frizz.

  • Reduzindo o Frizz: para diminuir o frizz, basta esfregar uma ou duas gotas do óleo na palma das mãos e então passar pelo comprimento dos fios. Mas não exagere na quantidade, para não deixar o cabelo com aspecto oleoso;
  • Pontas duplas: o procedimento é o mesmo citado acima, mas como se trata das pontas, você pode aplicar uma concentração levemente maior do produto, sobretudo se os fios estiverem extremamente ressecados;
  • Tratamento profundo: para cabelos ressecados ou tratados quimicamente, uma opção é aplicar o óleo cuidadosamente por todo o cabelo limpo e úmido e deixá-lo agir por algumas horas ou então durante toda a noite. Este tratamento pode ser repetido a cada 7-10 dias;
  • Na máscara capilar: misture de quatro a cinco gotas com uma colher de chá de máscara capilar e aplique no cabelo limpo e úmido (evite passar a combinação sobre o couro cabeludo). Use uma touca térmica por 15-20 minutos e então enxague bem os fios;
  • Para proteger contra a tintura: aplique 3 ou 4 gotas do óleo na pasta de tintura que será utilizada no cabelo.

– Para a pele

Aqui também você pode optar por utilizar o óleo de Argan Moroccanoil puro ou então diluído no hidratante facial ou corporal.

Caso opte pelo óleo puro, basta aplicar duas ou três gotas em um algodão e então massagear sobre o rosto previamente lavado. Você pode repetir o tratamento com óleo de Argan na pele duas ou no máximo três vezes por semana.

Já o óleo misturado ao creme hidratante ou antienvelhecimento pode ser utilizado diariamente.

Para um esfoliante bastante prático e eficiente, misture algumas gotas do óleo de Argan Moroccanoil com açúcar mascavo e aplique com movimentos suaves sobre a pele. Deixe agir por alguns minutos e enxague.

Por último, aplique o óleo diretamente sobre as mãos e pés ressecados. Duas ou três gotas do produto aplicadas 2 vezes por semana são suficientes para ajudar a reduzir o aspecto ressecado do tecido.

– Para as unhas

Remova o esmalte das unhas e aplique algumas gotas do óleo de Argan, tomando o cuidado de massagear suavemente para facilitar a absorção do produto.

Contraindicações

O óleo de Argan puro não deve ser utilizado diariamente sobre a pele, sob o risco de entupir os poros e favorecer a formação da acne. Quem nunca fez uso tópico do produto deve começar com uma pequena concentração, a fim de verificar possíveis alergias.

Não há contraindicações do óleo de Argan Moroccanoil para uso capilar, exceto que o produto deva ser aplicado com moderação sobre os fios a fim de não aumentar exageradamente a oleosidade dos mesmos.

Pessoas com cabelos naturalmente oleosos devem fazer uso do óleo somente na ponta dos cabelos, e ainda assim com bastante moderação.

Cuidados

moroccanoil

Um dos principais cuidados com o óleo de Argan que você deverá tomar é com a origem do produto. Por se tratar de um óleo bastante raro, é importante estar atento a marcas que podem utilizar outros óleos vegetais menos “nobres” para aumentar o rendimento do Moroccanoil.

O preço do óleo de Argan ainda é o melhor indicativo para se obter um produto de qualidade, pois o óleo com origem garantida vai sempre custar um pouco mais.

Mas é claro que não basta escolher o óleo mais caro: leia os rótulos e procure indicação de quem já testou o óleo de Argan Moroccanoil.

Outro cuidado: caso você tenha aplicado o óleo de Argan puro sobre os fios, evite usar chapinha ou secador (afinal, você não vai querer “torrar” seus fios).

Você conhece alguém que utilize o óleo de Argan Moroccanoil e aparente ter bastantes benefícios com isso? Tem vontade de experimentá-lo para algum destes? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Publicidade
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Publicidade

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*