Publicidade

 

Os 5 Passos que Levaram Esta Mulher a Perder 37 Kg em um Ano

Depois de quebrar seu tornozelo em 2013, Heather Crockett Oram esteve praticamente imóvel durante três meses. Durante esse tempo e os meses seguintes, ela ganhou cerca de 35 quilos.

Publicidade

“Foi puro tédio. Eu estava de muletas, não podia nem andar “, diz Crockett Oram, hoje com 33 anos. “Eu fiquei preguiçosa e pensava, ‘Vou comer melhor amanhã’, e esse amanhã nunca veio.”

Heather esteve sempre acima do peso durante sua infância e adolescência. Ela não entendia nada sobre nutrição e exercício, então simplesmente ganhou peso. Enquanto sua mãe se tornou uma viciada em medicamentos para dor, Heather confiava apenas na comida para se sentir melhor.

“Eu tentar lidar com todas as emoções comendo”, disse ela.

Em janeiro de 2015, ela estava cursando pós-graduação e trabalhando em tempo integral quando sua mãe faleceu por conta de seu vício em drogas. Após sua perda, Heather tentou ganhar a custódia de seu irmão de 11 anos. Nesse mesmo mês, um amigo a perguntou se ela queria experimentar um plano de refeições projetado para ajudar na perda de peso. Ela se sentiu atordoada.

“Fiquei ofendida quando eles se aproximaram de mim”, disse ela. “A última coisa em minha mente era perder peso.”

Heather, que pesava 118 kg em 1,75m de altura, mesmo de má vontade, começou o plano de refeições no início de fevereiro de 2015. Acontece que, depois de três meses, ela tinha perdido algum peso e começou a ir para a academia. Ela pedalava em uma bicicleta ergométrica enquanto jogava alguns joguinhos em seu celular.

Publicidade

E assim, ela foi perdendo mais peso, então acrescentou musculação a sua rotina e também começou a praticar o treino HIIT (treino intervalado de alta intensidade). Em um ano, ela perdeu 37 quilos.

“Eu perdi o peso e ainda continuo trabalhando todos os dias nisso”, disse ela.

Mesmo quando situações estressantes ocorrem, Heather, que vive em Utah, nos EUA, nunca mais voltou a comer emocionalmente. Em junho passado, sua irmã de 26 anos morreu de sepse, uma complicação de vício em heroína, e ela mesmo assim não se voltou para a comida. Através deste processo, ela aprendeu que é mais forte do que achava.

“Eu posso fazer coisas difíceis e eu não tenho que confiar na comida para controlar minhas emoções”, disse ela.

Há alegria em sua vida, também, e ela compartilha seus sucessos em seu Instagram. Ela está começando uma aula de fisiculturismo de quatro meses para continuar a construir músculos, e junto com seu marido, Jason Oram, esperam adotar um bebê. Ela compartilhou estes conselhos para quem deseja perder peso como ela fez:

Publicidade

1. Lembre-se que os erros não fazem de você um fracasso

Talvez você coma algum sorvete tarde da noite ou você mate a academia. Isso está ok. Basta continuar trabalhando.

“Se você cometer erros alguns dias, não significa que você é um fracasso. Você precisa recuperar-se no dia seguinte”, disse ela.

2. Defina metas semanais

Pensar em perder muito peso de uma só vez parece assustador.

“Se você olhar para a grande meta, vai se sentir intimidado… Você vai estar se preparando para o fracasso.”

Em vez disso, prepare-se semanalmente, “ela disse. “Na primeira semana, corte o refrigerante. Coma como você normalmente faz, mas corte o refri. Quando chegar ao seu objetivo no domingo, adicione em outro objetivo: açúcar, e assim por diante.”

3. Mude sua rotina!

Durante três meses, Heather não perdeu nenhum peso. Então, ela mudou suas rotinas de exercícios e parou de se pesar. No final dos três meses seguintes, ela tinha perdido mais de 7 quilos.

“Eu acho que quando você atinge o platô, você tem que reanalisar sua rotina. Nem tudo vai funcionar o tempo todo”, disse ela.

4. Faça uma escolha para perder peso

Perder peso significa dedicar-se a isso.

“Você conscientemente toma essa decisão todos os dias: ‘Eu vou comer melhor hoje. Vou beber muita água hoje. Não vou comer essa rosquinha.’ Isso se resume à consistência”, disse ela.

5. Você consegue parar de comer emocionalmente

Quando Heather considerava usar a comida para lidar com as dificuldades em sua vida, ela se lembrava da vergonha e culpa que sentia quando fazia isso antigamente.

“Tem sempre essa mentalidade na parte de trás de sua mente de voltar a comer emocionalmente e preencher esse vazio com a euforia passageira comer mais e mais. No entanto, isso é sempre passageiro”, disse ela.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você acredita que conseguiria o mesmo que Heather conseguiu em apenas um ano? Conhece alguém com uma história parecida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×