Os Segredos de uma Mãe de 6 Filhos para Ter uma Barriga Tanquinho

Desfilando suas curvas e seu abdômen trincado por aí, qualquer um poderia pensar que Tenille Duncan é uma garota de 20 e tantos anos que passa horas intermináveis na academia cuidando do corpo.

Mas essa linda jovem de 35 anos é na verdade uma mãe bastante ocupada de seis filhos! Então, como é que ela faz isso?

A personal trainer e fisiculturista é a primeira a admitir que se levanta às 4h30 da manhã para se exercitar. ‘Eu treino antes que as crianças saiam da cama porque é a única hora que eu tenho’, ela explica.

Depois de levantar pesos por uma hora antes do sol nascer, Tenille corre para a cozinha para preparar o café da manhã para sua família. Eles geralmente comem mingau de aveia ou ovos na torrada.

A mãe australiana desenvolveu uma estratégia útil para sobreviver ao caos matinal – sua melhor dica é adiantar o máximo de preparações que puder na noite anterior.

“Os almoços são feitos, embalados em lancheiras e colocados na geladeira. Os uniformes escolares são passados e tudo está pronto para ir de manhã”, diz ela.

Quando todos terminam de comer, a supermãe garante que as crianças se vistam, escovem os cabelos e limpem os dentes antes que o marido, Khane, de 39 anos, as leve para a escola.

Tenille, em seguida, segue para treinar seu primeiro lote de clientes.

Então, depois de um almoço satisfatório de peixe e salada, ela vai para seu computador para treinar seus clientes online.

E antes que ela perceba, é hora de buscar as crianças na escola. Depois, hora do dever de casa e jantar, que consiste em bife, batatas e legumes. Depois que terminam de comer, Tenille prepara os almoços e uniformes escolares de seus filhos para o dia seguinte, antes de assistir mais clientes. Ufa! E o ciclo inicia novamente.

Para muitos de nós, o puro pensamento de uma agenda tão ocupada é suficiente para nos levar ao pânico. Mas Tenille revela um outro pequeno segredo. Ela diz que tem mais energia desde que incorporou exercícios em sua vida, há sete anos.

Antes de iniciar sua rigorosa rotina de treinamento, ela passou 12 anos indo de uma dieta da moda para outra em uma missão equivocada de tentar ser magra. “A primeira vez que eu tentei fazer uma dieta eu estava no ensino médio quando alguém me disse que eu tinha um bumbum muito grande. Eu tinha 16 anos”, ela lembra.

“Foi apenas um comentário estúpido – meu bumbum não era tão grande assim. Mas quando você é jovem e impressionável, esses comentários ficam com você.”

O ímpeto da mudança veio há sete anos, quando a saúde de Tenille realmente começou a sofrer.

Na época, ela estava em um plano rígido de substituição de refeições sem gordura e pesava apenas 47 kg em seus 1,68 m de altura.

“Eu ficava esquecendo as coisas. Eu sei que as mães esquecem porque têm muito em mente, mas a situação estava ficando ridícula. Eu esquecia compromissos, perdia minhas chaves o tempo todo, sentia-me constantemente exausta.”

“Comecei a me preocupar: ‘Meu deus, o que há de errado comigo?'”

Tenille – que odiava exercícios na época – começou a pensar que seus problemas ocorriam porque ela estava muito fora de forma, então foi se consultar com um personal trainer. O que ele disse a chocou.

“Ele disse: ‘Com essas dietas e a falta de exercícios, você privou todo o músculo do seu corpo para que não tivesse nenhuma forma. Não importa o quão magra você é, assim você sempre terá partes flácidas e celulite porque não tem músculos.'”

“Não passou pela minha cabeça que eu precisava de mais comida”, diz Tenille, que é mãe de Aurora, de 4 anos, Jhett, de 7, Sienna, de 12, Layla, de 14, e madrasta de Zhane, de 16 anos, e Ella, de 18.

“A ideia de ganhar peso para parecer melhor era tão estranha”. Mas desesperada para se sentir melhor, ela decidiu seguir o conselho do treinador.

“Comecei a comer gorduras mais saudáveis, como abacates. Comecei a comer carboidratos juntamente com alimentos não processados limpos. Eu comi nozes e frutas”, diz ela.

Tenille também passou a treinar três vezes por semana, começando com agachamentos simples e exercícios para fortalecer seu core (núcleo).

“Dentro de duas semanas eu estava me sentindo muito melhor – minha mente, minha memória, meus níveis de energia. Após cerca de seis meses, eu me senti uma pessoa completamente diferente. Em vez de me arrastar na hora do banho das crianças ou no dever de casa, tinha energia para estar mais presente e curtir mais as crianças.”

“Pela primeira vez na vida, me senti em forma, forte e autoconfiante”.

As três principais dicas de Tennille para mães ocupadas entrarem em forma

  1. Adiante o máximo de preparos possível na noite anterior.
  2. Seja consistente e paciente – Roma não foi construída em um dia.
  3. Exercite-se enquanto as crianças ainda estão na cama.

Depois de ver sua própria vida melhorar, Tenille – que aconselha a todos a beber dois litros de água por dia – decidiu que queria ajudar os outros.

Ela estudou para se tornar personal trainer e montou um negócio de coaching online. Agora, uma fisiculturista de sucesso, ela muitas vezes compete contra mulheres muito mais jovens do que ela.

“Você vê muitas garotas jovens que não tiveram nenhum filho ainda”, diz Tenille.

“Às vezes eu penso: ‘O que estou fazendo?’, especialmente nos momentos antes de subir no palco, mas gosto de mostrar às outras mães que você pode fazer isso.”

Você também é mãe ou pai e dá a desculpa de que não tem tempo para se exercitar? Acredita que sua saúde está sofrendo com isso e pretende mudar agora? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*