Peito de Peru

Peito de Peru Engorda? Calorias e Dicas

Peito de peru engorda? Quantas calorias tem? Ele é o melhor alimento para se consumir no café da manhã e nos lanches em uma dieta? Você provavelmente responderá automaticamente que ele é o melhor alimento, que tem poucas calorias e engorda pouco ou quase nada se comido com parcimônia, mas você sabia que o peito de peru, apesar do baixo teor de gorduras e também calorias, possui alto teor de sódio em sua composição?

Para muitos a receita para o sucesso de quem quer emagrecer é tomar um café da manhã rico em queijo branco, suco de laranja, pão integral e peito de peru. Até seria o ideal se não fossem as calorias presentes na laranja e o sódio do peito de peru.

O sódio é um verdadeiro veneno e sua quantidade em excesso nos alimentos podem causar alguns problemas. Na verdade, a quantidade de sódio do peito de peru varia de marca para marca. Algumas podem ter níveis que superam 1000mg de sódio a cada quatro fatias, o que corresponde a mais de 1 grama de sal. Para se ter uma ideia, a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda o consumo de 5g/dia de sal.

Peito de Peru Engorda?

Ao avaliar se peito de peru engorda, a primeira coisa que temos que ver é a quantidade de calorias que o peito de peru tem, quanto as pessoas comem dele e quais alternativas a pessoa comeria se não fosse comê-lo.

Vejamos as calorias e demais informações nutricionais do peito de peru a seguir:

– Peito de peru cozido

Fatos Nutricionaispor 3 fatias (40 g)
Energia45 calorias
Carboidratos0,7 g
Proteínas8,1 g
Gorduras1,1 g
Gordura Saturada0,3 g
Fibras0 g
Sódio348 mg

– Blanquet de Peru

Informações Nutricionaispor 2 fatias (40 g)
Energia40 calorias
Carboidratos1,2 g
Proteínas6,6 g
Gorduras0,6 g
Gordura Saturada0,2 g
Colesterol10 mg
Sódio300 mg

Mesmo considerando que a pessoa possa comer até um pouco mais que essa porção acima, ainda assim é um quantidade de calorias relativamente pequena. É um alimento com poucas gorduras, poucas calorias e ótima quantidade de proteína. Portanto, pode fazer parte de cardápios de emagrecimento, assim como dietas para ganho de massa muscular.

Mas é preciso ter moderação, como veremos a seguir.

Baixas calorias nem sempre é sinônimo de saúde

A questão é que o peito de peru se insere na categoria dos embutidos, você sabe o que isso significa? Os embutidos levam em sua composição um aditivo chamado Nitrato, que no estômago pode se converter em nitritos. Esses, por sua vez, transformam-se em nitrosaminas, que são os são agentes carcinogênicos, substância que pode causar o câncer.

Além disso, o elevado consumo de sódio pode levar a outros problemas de saúde como a hipertensão arterial, favorecendo o risco de AVC (acidente vascular cerebral). Em dietas para o emagrecimento, o excesso de sal promove retenção hídrica, o que gera inchaço e perda da definição muscular.

Um dos principais erros das pessoas que buscam a perda de peso é escolher os alimentos para se alimentar com base apenas na tabela nutricional. Muitas pessoas selecionam os produtos que vão comer com base na quantidade de calorias e gorduras do alimento, escolhendo assim os que possuem menos quantidade desses dois itens. Porém, há algum tempo houve uma transformação no modo de se pensar a nutrição e valoriza-se mais a qualidade dos alimentos do que qualquer outra coisa.

Na verdade, o que os especialistas em nutrição orientam hoje é realizar um rodízio, variando os alimentos, ao invés de se fixar a uma rotina alimentar nada benéfica. Por isso, em certos cafés da manhã você pode preferir fazer um ovo mexido, patê de atum, frango, comer um rosbife caseiro, pasta de tofu, etc. Comece a analisar outras possibilidades e alimentos para incluir no seu café da manhã, mais saudáveis e que não comprometam sua dieta.

Peito de peru = comida industrializada

O sabor do peito de peru pode ser realmente delicioso, e assim como o queijo branco, pode ser um dos produtos que mais agrada ao paladar de quem está de dieta. É comum ver as pessoas ingerindo peito de peru no café da manhã, no lanche da tarde e às vezes até mesmo no lanche natural noturno. Parece perfeito, não é mesmo? Mas não é bem assim.

Apesar de ser um produto já pronto e gostoso, ele não pode ser comido em exagero. O peito de peru é um produto embutido, industrializado com altas taxas de corante, conservantes e sal! As carnes processadas no geral podem fazer muito mal à saúde se consumidos com frequência, como o presunto, salsicha e até mesmo o peito de peru (não se engane). Tenha em mente que você deve sempre procurar as alternativas mais saudáveis de peito de peru, como mínimo de processamento industrial possível.

Presunto ou peito de peru?

Agora que você está mais ciente que o peito de peru engorda quando consumido em excesso, uma dúvida pode pairar na sua cabeça é: peito de peru ou presunto? Qual a opção mais saudável e a que traz mais benefícios para a dieta? Abaixo, uma tabela comparativa pode esclarecer os fatos para você:

  • Calorias: O peito de peru possui sim menos calorias que o presunto. Enquanto o peito de peru tem 46 calorias, o presunto tem 81 calorias, o que é uma baita diferença;
  • Sódio: Os dois produtos apresentam altas taxas de sódio, o que é um vilão para os hipertensos e qualquer pessoa que quer cuidar da sua saúde. Enquanto o peito de peru pode ter até 441 miligramas, o presunto tem 650 miligramas;
  • Colesterol: No quesito colesterol, o peito peru também é melhor, pois tem 10 mg, enquanto que o presunto tem 28 mg quando comparada uma mesma porção;
  • Cálcio: Agora, quando o assunto é fortalecimento dos ossos, o presunto ganha, enquanto tem 12 mg, o peito de peru tem 10 mg. A diferença é pouca, na verdade, o que não causa uma mudança muito brusca.

Sendo assim, o peito de peru vence a comparação, mas ainda assim ambos os produtos não são os melhores para serem consumidos, pois como já dito, são alimentos completamente industrializados e carregados de sódio.

Peito de peru ou blanquet?

Já que o presunto acaba perdendo para o peito de peru, você pode querer recorrer ao blanquet de peru ou o defumado. Saiba as diferenças entre eles:

– Blanquet de peru (100 g)

  • Calorias = 128
  • Proteínas = 19,4 g
  • Gordura = 4,9 g
  • Colesterol = 28,1 mg
  • Ferro = 2 mg
  • Sódio = 473 mg

– Peito de peru (100 g)

  • Calorias = 105,3
  • Proteínas = 24,1 g
  • Gordura = 0,9 g
  • Colesterol = 60 mg
  • Ferro = 1 mg
  • Sódio = 46 mg

– Peito de peru defumado (100 g)

  • Calorias = 93
  • Proteínas = 21,8 g
  • Gordura = 0,6 g
  • Colesterol = 20 mg
  • Ferro = 1,2 mg
  • Sódio = 883 mg

Em um primeiro momento, quando se analisa esses três produtos e verifica-se o teor de gorduras, colesterol e a quantidade de calorias, pode-se pensar em optar pelo peito de peru defumado. Porém, apesar desses “benefícios” aparentes nessa opção, este alimento é o que mais possui sódio quando comparado aos outros. O sódio é um mineral presente em grande quantidade no sal e nos alimentos salgados como embutidos, frios, sopas e macarrão instantâneos, molhos e temperos prontos.

Um estudo populacional da Intersalt que avaliou mais de 10 mil pessoas em 32 países, em povos que consomem alimentos com pouco sal, revelou que eles tinham baixa prevalência de hipertensão arterial. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda o valor de 2400 mg por dia de sódio para uma alimentação saudável. Com base nessas informações, a escolha mais indicada é o peito de peru, em primeiro lugar, e o blanquet de peru, em segundo. Porém, nenhuma dessas opções é a mais adequada, uma vez que são alimentos processados ricos em conservantes.

Receitas de patês light

Já que o presunto, blanquet e peito de peru podem ser vilões da sua saúde, uma boa opção para substituir esses alimentos são os patês naturais, feitos em casa, à base de proteína. Você pode fazer os sabores à sua escolha, seja atum, salmão ou frango. Além de serem práticos, são saborosos, com baixas calorias e muito mais saudáveis do que os industrializados. Confira algumas receitas rápidas abaixo!

1. Patê de salmão

Ingredientes:

  • 100g de salmão cozido em água e pouco sal;
  • 1 col. (sopa) de cebolinha picada;
  • 1 col. (sopa) de queijo fresco ou outro de sua preferência;
  • 1/2 cenoura bem cozida;
  • Suco de meio limão;
  • Azeite de oliva;
  • Ervas da preferência.

Modo de preparo:

Bata o salmão com a cenoura cozida, o queijo e o suco de limão. Ao final acrescente a cebolinha picada, misturando bem. Coloque azeite de oliva e as ervas da preferência à gosto.

2. Patê de frango

Ingredientes:

  • 100 a 200g de frango cozido, assado ou grelhado;
  • 2 col. sopa de creme de leite fresco ou iogurte natural;
  • 1 col. (sopa) de mostarda;
  • 1 col. (chá) de chia;
  • Vegetais a gosto.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador até adquirir a consistência desejada.

3. Patê de atum

Ingredientes:

  • 1 lata de atum;
  • 1 col. (sopa) de maionese light ou zero colesterol;
  • 6 dentes de alho assados previamente

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador ou mixer até adquirir a consistência desejada.

Você já imaginava que o consumo em excesso de peito de peru engorda? Mas já sabia que o grande problema é o seu alto teor de sódio? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*