Resfenol

Resfenol Dá Sono? Faz Mal? Para Que Serve e Posologia

Dormir é bom. O corpo descansa, recupera as energias e a pessoa relaxa e acorda renovada para dar início a um novo dia. Entretanto, passar um dia com sono não é muito legal.

Isso prejudica a disposição para executar as atividades do dia a dia como trabalhar, estudar, praticar exercícios físicos e, inclusive, cozinhar e preparar refeições saudáveis para não escorregar na alimentação, indo atrás de guloseimas que não são favoráveis à saúde ou boa forma.

Um dos fatores que pode fazer com que fiquemos sonolentos é o uso de determinados medicamentos. Por isso, vale a pena saber se algum remédio que utilizamos pode provocar o sono ou não.

Isso não significa deixar de usar um medicamento que foi prescrito pelo médico, o que pode prejudicar a nossa saúde e o andamento do tratamento em questão. Apenas quer dizer que ao termos essa informação, podemos conversar com o médico a respeito de saídas para se preparar e lidar com o efeito, de modo que ele não prejudique tanto o dia a dia.

Por exemplo, será que o uso do medicamento Resfenol dá sono? Ele faz mal de alguma forma? Vamos entender para que serve este medicamento e sua posologia.

Para que serve Resfenol?

Porém, antes de analisar se Resfenol dá sono, vamos descobrir para que serve esse medicamento. Segundo sua bula, disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o remédio é indicado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados.

A bula detalha que Resfenol destina-se ao alívio da congestão nasal, da coriza, da febre, da dor de cabeça e de dores musculares, sinais presentes em estados de gripe, e que o seu uso é oral e adulto.

E então, Resfenol dá sono?

Sim, o Resfenol dá sono para alguns dos pacientes que utilizam o medicamento. Isso porque, de acordo com informações da sua bula, a sonolência é um dos efeitos colaterais que podem ser provocados pelo remédio.

O documento apresenta a sonolência no grupo das reações muito comuns, ou seja, que ocorrem em 10% ou mais dos usuários do remédio.

Por outro lado, Resfenol também pode causar a insônia, ainda que a sua frequência seja bem mais baixa do que a sonolência, já que a bula também apresenta a insônia como um dos possíveis efeitos colaterais do medicamento e a reação aparece no grupo dos efeitos muito raros, ou seja, que atingem menos de 0,01% dos pacientes que usam o remédio.

Caso você sofra com uma sonolência ou insônia expressiva ao longo do tratamento com Resfenol, principalmente a ponto de prejudicar o seu dia a dia ou qualidade do sono, procure a ajuda do médico para saber como deve proceder.

Resfenol faz mal?

Resfenol em cápsulas é contraindicado para diversos grupos de pessoas. São eles:

  • Pessoas com menos de 18 anos de idade;
  • Pacientes com hipersensibilidade (alergia) a algum dos componentes da fórmula do medicamento;
  • Pessoas com pressão alta;
  • Quem tem doença cardíaca;
  • Pacientes com diabetes;
  • Quem tem glaucoma;
  • Pessoas com hipertrofia da próstata;
  • Pacientes com doença renal crônica;
  • Quem tem insuficiência hepática grave;
  • Pacientes com disfunção na tireoide;
  • Mulheres grávidas ou que estejam amamentando, quando não houver o controle do médico – gestantes e mulheres na fase do aleitamento podem usar o remédio somente sob a orientação médica.

As cápsulas de Resfenol são compostas por um corante conhecido pelo nome de Tartrazina, que pode provocar reações alérgicas como a asma brônquica, principalmente em pessoas que têm alergia ao ácido acetilsalicílico.

O medicamento também pode fazer mal ao ser usado ao mesmo tempo que bebidas alcoólicas e que remédios como inibidores da monoaminoxidase (MAO), barbitúricos ou outros medicamentos com paracetamol.

Portanto, informe ao médico ou farmacêutico sobre qualquer medicamento, suplemento ou planta medicinal que esteja utilizando, além de ler a bula de Resfenol, antes de começar a tomá-lo, para ter certeza de que a mistura das substâncias não pode fazer mal.

Além disso, não se deve dirigir veículos ou operar máquinas durante o tratamento com Resfenol porque a habilidade e atenção podem estar prejudicadas. As informações são da bula do remédio, disponibilizada pela Anvisa.

O paracetamol

Um dos componentes de Resfenol é o paracetamol, que foi apontado por um estudo da Universidade de Leeds, na Inglaterra, como capaz de trazer consequências negativas para a saúde quando consumido diariamente durante vários anos.

A pesquisa apontou que esse uso abusivo da substância pode causar problemas cardíacos, nos rins e nos intestinos.

O uso em excesso do Paracetamol também pode levar à falência do fígado, além de provocar lesões e intoxicações no órgão, especialmente quando o seu uso é combinado à ingestão de bebidas alcoólicas.

Deve-se atentar para a necessidade de checar a composição e as bulas antes de tomar remédios para tratar a gripe para não correr o risco de abusar do paracetamol: Por exemplo, uma pessoa com gripe ingere um antigripal como Resfenol ou Tylenol com o objetivo de atacar a febre, depois apela para um chá Vick Pyrena para tentar melhorar a condição das vias aéreas. Todos os três possuem paracetamol.

O paracetamol pode estar presente em medicamentos com diferentes nomes, formas de apresentação (como comprimido, cápsula ou solução oral, por exemplo) ou em versões para dia ou noite dos remédios.

Resfenol em gotas teve sua venda suspensa em 2014

Segundo uma reportagem do Extra, a Anvisa determinou em maio de 2014 a suspensão da distribuição, da comercialização e do uso de Resfenol na versão solução oral gotas. O motivo foi que a fabricante não apresentou estudos clínicos que comprovassem a eficácia do medicamento.

A Kley Hertz, que é a responsável pela fabricação e comercialização do Resfenol, defendeu-se dizendo que “o cancelamento do registro da apresentação Resfenol solução oral gotas pela Anvisa, em 30/05/2014, partiu de um pedido da própria companhia, em 2013. O pedido visou atender à preferência do mercado pelas outras apresentações do medicamento, que estão totalmente de acordo com as exigências reguladoras brasileiras”.

Os efeitos colaterais de Resfenol 

O medicamento também pode provocar efeitos colaterais. Conforme a bula de Resfenol, as possíveis reações adversas do remédio são:

Reações muito comuns – ocorrem em 10% ou mais dos pacientes que usam o remédio: 

  • Sonolência
  • Náuseas.

Reações comuns – ocorrem em 1% a 10% dos pacientes que usam o remédio:

  • Dor ocular;
  • Tontura;
  • Palpitações;
  • Boca seca;
  • Desconforto gástrico;
  • Diarreia;
  • Tremor;
  • Sede.

Reações raras – ocorrem entre 0,01% e 1% dos pacientes que usam o remédio:

  • Agitação;
  • Ardência ocular;
  • Flatulência;
  • Sudorese;
  • Visão turva.

Reações muito raras – ocorrem em menos de 0,01% dos pacientes que usam o remédio:

  • Irritação no estômago;
  • Cansaço.

Ao experimentar qualquer um desses ou ainda outro efeito colateral durante seu tratamento com Resfenol, procure rapidamente o auxílio do médico, mesmo que o sintoma não aparente ser grave. Isso é importante para tratar corretamente o problema, especialmente se ele for sério, e saber como proceder a partir de então.

Outros cuidados com Resfenol

Para os pacientes idosos, a bula alerta que o uso do medicamento deve acontecer sob a orientação médica.

O documento também indica para de usar o remédio três dias antes de fazer teste de função pancreática com bentiromida. Assim, se você toma Resfenol informe ao seu médico a respeito do uso do medicamento quando ele solicitar esse tipo de exame.

Como tomar – Posologia de Resfenol

O ideal é que você converse com o médico e leia a bula antes de usar o remédio para saber se ele é realmente indicado para você, se não faz mal para você, por quanto tempo o tratamento deve durar e qual a dosagem e os horários de uso que você deve seguir.

A bula de Resfenol afirma que o tratamento com o remédio deve durar no máximo três dias, enquanto os sintomas durarem, conforme o critério médico. Segundo o documento, para os adultos entre 18 a 60 anos, não se deve ingerir mais do que cinco cápsulas do medicamento por dia.

As cápsulas de Resfenol devem ser tomadas acompanhadas de uma quantidade suficiente de água para que sejam deglutidas e não podem ser mastigadas, partidas ou abertas, completa a bula.

Você pode acessar a bula completa do medicamento, disponibilizada pela Anvisa, por meio deste link.

Você já tinha percebido, ao tomá-lo, que o Resfenol dá sono? Tem costume de utilizar este medicamento contra a fripe? Comentea baixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*