Publicidade

 

Cápsulas

Sinvastatina Emagrece Mesmo?

Classificada no grupo das estatinas, a Sinvastatina, é um medicamento utilizado para diminuir os riscos à saúde trazidos por doenças cardiovasculares. Ele pode ser encontrado em embalagens de 10, 30 ou 60 comprimidos de 10, 20, 40 ou 80 mg. Seu uso é oral e adulto. Muitas pessoas se perguntam se Sinvastatina emagrece mesmo e iremos investigar isso a seguir, assim como mais detalhes sobre o remédio.

Publicidade

Como Sinvastatina funciona?

O remédio age no organismo diminuindo os níveis do colesterol ruim – o LDL -, aumentando as taxas do colesterol bom – o HDL – e reduzindo a quantidade de triglicerídeos. Ao associar o uso da substância com uma dieta adequada, em prol de boas taxas de colesterol, o usuário será capaz de controlar tanto os níveis de colesterol que consome pela alimentação como os que são produzidos no organismo.

Ao manter essas taxas equilibradas, é possível diminuir as chances de desenvolver problemas como a doença arterial coronariana, aterosclerose – entupimento das artérias -, angina – dor no peito – e ataque cardíaco.

Para quem já sofre com a doença arterial coronariana, o que Sinvastatina pode fazer é aumentar a expectativa de vida, reduzindo os riscos de ataque cardíaco ou derrame, diminuir as chances de necessitar submeter-se a algum procedimento cirúrgico para melhorar o fluxo sanguíneo nas pernas, coração e outros órgãos e reduzir a necessidade de internação por conta da angina.

Sinvastatina emagrece mesmo?

Além dos efeitos em relação aos níveis de colesterol, triglicerídeos e à saúde do coração que acabamos de conhecer, também é possível dizer que a Sinvastatina emagrece mesmo? Para começar, a bula do remédio traz a perda de apetite como um dos efeitos colaterais que ele traz.

E uma vez que a pessoa come menos e consome uma menor quantidade de calorias, o resultado esperado é que o seu peso venha a diminuir. Entretanto, não dá para ver isso necessariamente como algo bom. Primeiro, porque a redução do apetite parece listada na bula junto com um grupo de sintomas relacionados a problemas no fígado e que devem ser prontamente informados ao médico.

Segundo porque nem sempre o fato de comer menos significa que a pessoa está comendo bem. Isso porque além de ingerir menos calorias, ela também pode privar o seu organismo de nutrientes que ele precisa para funcionar direitinho.

Portanto, se você deseja emagrecer e não tem nenhum problema relacionado ao colesterol, doença arterial coronariana ou triglicerídeos, que fez com que seu médico prescrevesse o medicamento, nada de tomá-lo porque alguém falou que Sinvastatina emagrece. Isso pode te causar problemas à saúde que não valem a pena, mesmo com o emagrecimento como contrapartida.

Publicidade

Assim, se seu desejo é perder peso, busque fazer uma reeducação alimentar e praticar exercícios físicos com regularidade, de modo que você emagreça de forma saudável e consiga manter os seus ganhos neste sentido.

Efeitos colaterais

Além da perda de apetite, o uso de Sinvastatina pode trazer os seguintes efeitos colaterais:

  • Dor, sensibilidade e fraqueza muscular;
  • Risco de rompimento muscular, que podem resultar em dano renal. Maior para pacientes que tomam doses altas do remédio, têm mais de 65 anos, são mulheres e sofrem com função renal anormal e problemas na tireoide;
  • Cansaço;
  • Fraqueza;
  • Dor no abdome superior;
  • Urina escura;
  • Pele ou parte branca dos olhos amarelada;
  • Inchaço no rosto, língua ou garganta, que pode trazer dificuldades para respirar;
  • Erupção cutânea;
  • Dor ou inflamação nas articulações;
  • Erupção cutânea com fraqueza muscular nos ombros e pescoço;
  • Inflamação dos vasos sanguíneos;
  • Inchaço;
  • Urticária;
  • Febre;
  • Rubor;
  • Hematomas incomuns;
  • Sensibilidade da pele ao sol;
  • Falta de ar;
  • Mal-estar;
  • Sintomas de lúpus como erupção cutânea, distúrbios articulares e efeitos nas células do sangue;
  • Inflamação do fígado;
  • Inflamação do pâncreas;
  • Dormência ou fraqueza nos braços e pernas;
  • Baixa quantidade de glóbulos vermelhos no sangue;
  • Dor de cabeça;
  • Formigamento;
  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Coceira;
  • Tontura;
  • Indigestão;
  • Náusea;
  • Dificuldades para dormir;
  • Memória fraca;
  • Confusão;
  • Perda de memória;
  • Disfunção erétil;
  • Depressão;
  • Queda de cabelo e pelos – alopecia;
  • Distúrbios visuais;
  • Dor abdominal;
  • Síndrome das pernas inquietas;
  • Miopatia – desordens musculares;
  • Problemas respiratórios como tosse persistente, falta de ar e febre.

Ao experimentar qualquer um desses sintomas é fundamental informar o médico a respeito do problema, para saber como proceder e se o tratamento com Sinvastatina deve ser interrompido.

Contraindicações e cuidados

Mulheres que estejam grávidas ou desejem engravidar não devem fazer uso do medicamento. Já aquelas que engravidarem durante o tratamento devem interromper a utilização de Sinvastatina, porque ele causa malformação no bebê ao longe da gestação.

As mamães que estejam amamentando, as pessoas alérgicas a qualquer um dos componentes da fórmula do remédio, pessoas que tenham doença no fígado em atividade e crianças.

Ao fazer uso da sinvastatina, pode lhe ser recomendado fazer exames de sangue frequentes. Você pode precisar tomá-la a longo prazo para o tratamento de colesterol alto.

Enquanto estiver utilizando o medicamento é importante não tomar suco de toranja pois a bebida pode interferir no metabolismo de Sinvastatina. Erva-de-são-joão e farelo de trigo podem minimizar os efeitos da substância.

Também é essencial informar ao médico a respeito de qualquer outro remédio que você esteja tomando, qualquer condição de saúde que possua e qualquer tipo de alergia que tenha. Assim, ele verá se realmente vale a pena para você utilizar a substância e se ela não trará efeitos colaterais graves ao seu organismo.

Publicidade

Sinvastatina é vendida somente mediante apresentação de receita médica. Isso significa que você não deve, em hipótese alguma, comprá-lo e utilizá-lo sem a prescrição, orientação de seu médico. É ele quem poderá determinar quanto tempo você deve tomar o remédio, como devem ser as doses e a frequência de ingestão dos comprimidos. Sem a ajuda do profissional, fica difícil se tratar de maneira saudável e não correr risco por conta de seus efeitos colaterais.

E como com saúde não se brinca, nada de tomar Sinvastatina sem o médico mandar, seja com o intuito de emagrecer, seja para tratar problemas relacionados ao colesterol ou à saúde do coração.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)

Publicidade

Você conhece alguém que tenha feito o tratamento e afirme que tomar sinvastatina emagrece mesmo? Já pensou em tomá-la apenas para emagrecer, mesmo conhecendo todos esses efeitos colaterais? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (54 votos, média: 3,80 de 5)
Loading...


RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

3 comentários

  1. sinvastatina emagrece?

  2. Tomo a algum tempo e não vi diferença na balança. Acho que não funciona para esse fim

  3. Tomo já faz algum tempo para controle do colesterol e não emagreci. No começo do tratamento senti muitas dores musculares.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*

×