Reforgan

Vitamina Reforgan Engorda? Para Que Serve, Indicação e Como Tomar

Você já ouviu falar de um medicamento chamado Reforgan? Sabe para que serve? Pois bem, a sua indicação refere-se aos casos em que é necessário tratar quadros de cansaço físico e mental, de acordo com o que informou a bula do remédio.

Cada comprimido de Reforgan é composto por 250 mg de aspartato de L-arginina. A L-arginina é uma substância que participa de ações como a produção de energia, a recuperação das células, a eliminação de amônia por meio da urina, a liberação do hormônio do crescimento e a formação do óxido nítrico.

O chamado óxido nítrico é importante para o controle da pressão arterial, a circulação do sangue e a defesa do organismo contra infecções.

Ainda segundo a bula, todos esses efeitos juntos resultam em um aproveitamento melhor da glicose ou açúcar do sangue para a produção de energia, a redução da amônia no organismo e o aumento da circulação sanguínea, fator que está associado à elevação e melhoria da capacidade muscular e da resistência ao esforço.

Reforgan é encontrado para comercialização em embalagens de 20 comprimidos revestidos. Sua venda não exige a apresentação de receita médica.

Vitamina Reforgan engorda? 

Não podemos bater o martelo e afirmar que a vitamina Reforgan engorda os usuários porque os efeitos colaterais de aumento de peso ou elevação do apetite, que explicitariam que o medicamento engorda de maneira direta, não aparecem mencionados em sua bula. Em condições normais, para a grande maioria das pessoas, não é correto afirmar que a vitamina Reforgan engorda, portanto.

Por outro lado, o inchaço abdominal está citado na lista de reações adversas muito raras, ou seja, observadas em menos de 0,01% dos indivíduos que utilizam o medicamento. E há outro porém: esse inchaço, que deixa a barriga com uma aparência maior e mais cheia, acontece com pessoas que possuem fibrose cística.

Em tempo: de acordo com a Associação Brasileira de Assistência à Mucoviscidose (Abram), a fibrose cística é uma condição crônica e genética que afeta principalmente os pulmões, o pâncreas e o sistema digestivo. Quem tem a condição produz um muco de 30 a 60 vezes mais espesso que o habitual, o que resulta no acúmulo de germes e bactérias no sistema respiratório, causando inflamações e infecções como pneumonia e bronquite, além do inchaço.

Desta maneira, caso você tenha experimentado a elevação do peso de forma considerável durante seu tratamento com o remédio, consulte o seu médico antes de concluir que a vitamina Reforgan engorda.

Com a ajuda do profissional, você poderá entender qual a causa para você ter engordado, que pode estar associada a outros motivos como uma alimentação de baixa qualidade aliada a uma vida sedentária, a alguma doença ou outro tipo de medicamento que você possa estar fazendo uso no momento.

Reforgan é bom?

A melhor forma de saber se Reforgan é bom para o seu caso é consultando-se com um médico de sua confiança para ter certeza que ele é o medicamento mais indicada para o seu organismo, de maneira particular.

Mesmo que você encontre relatos positivos a respeito do medicamento, é importante ter em mente que cada pessoa possui um organismo diferente que pode apresentar necessidades distintas e responder de maneira diversas frente a determinada substância.

Efeitos colaterais Reforgan

De acordo com sua bula, o remédio pode causar os seguintes efeitos colaterais:

Reações incomuns – entre 0,1% e 1% dos usuários do medicamento: 

  • Náuseas;
  • Diarreia.

Reações raras – entre 0,01% e 0,1% dos usuários do medicamento: 

  • Reações alérgicas na pele; por exemplo: vermelhidão, placas avermelhadas e coceira.

Reações muito raras – em menos de 0,01% dos usuários do medicamento: 

  • Diminuição da pressão arterial em casos em que há doses elevadas de L-arginina;
  • Cólicas em casos de pacientes com fibrose cística.

Recomenda-se informar ao médico ao experimentar qualquer tipo de efeito colateral devido ao uso de Reforgan para saber como proceder.

Contraindicações de Reforgan

A bula ainda informa que o remédio não deve ser utilizado por crianças e nem por pessoas que apresentam alergia a qualquer um dos componentes de sua fórmula.

Já as pessoas que possuem insuficiência renal crônica, insuficiência hepática severa ou diabetes e as mulheres que estejam grávidas ou se encontrem me processo de amamentação de seus bebês devem tomar o medicamento somente com acompanhamento médico.

Quem faz uso de qualquer outro tipo de medicamento também deve consultar o médico para se certificar de que não existem riscos de interação entre Reforgan e o remédio em questão. Para exemplificar, a bula relata que Reforgan pode interagir com medicamentos utilizados para o tratamento de doenças do coração, aumentando o efeito desses remédios.

Mesmo que não seja preciso apresentar a receita para comprar o medicamento e você não se encaixe em nenhum dos casos acima em que a consulta ao médico é especificada, vale a pena falar com o profissional antes de começar a tomar Reforgan.

Isso serve para ter certeza que ele realmente é indicado e apropriado para o seu caso, que trará bons resultados e não fará mal à sua saúde. Também é preciso ter em mente que a automedicação pode mascarar os sintomas de alguma doença grave.

Como tomar – Posologia de Reforgan 

A bula indica que sejam ingeridos dois comprimidos do medicamento diariamente em períodos de 15 a 30 dias ou mais, de acordo com o que o médico recomendar, durante as refeições, de preferência.

O remédio deve ser ingerido acompanhado de um pouco de água ou qualquer outro tipo de líquido. Não apenas a duração do tratamento, como também a dosagem e os horários de uso da vitamina Reforgan devem ser estabelecidos pelo médico, ainda que a bula traga as suas indicações.

Isso é especialmente importante para as pessoas com diabetes, insuficiência renal crônica, insuficiência hepática severa, mulheres grávidas ou amamentando e indivíduos que façam uso de medicamentos que podem interagir com Reforgan.

Preço de Reforgan 

O medicamento pode ser encontrado pelos valores de R$ 40,77 até R$ 53,31. Entretanto, o preço pode variar de acordo com o estabelecimento em que o remédio for adquirido.

Você conhece alguém que tenha tomado e afirme que a vitamina Reforgan engorda? Tem receio de utilizar este suplemento por conta deste possível efeito, mesmo sabendo que não está listado na bula? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Publicidade
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Publicidade

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*