Como os Exercícios Podem Melhorar o Sexo – 9 Formas

Como se já não bastasse os benefícios que os exercícios trazem para a boa forma, como o auxílio na perda de peso, manutenção do corpo ideal e a tonificação dos músculos, as vantagens que eles trazem para a saúde, como a melhoria dos níveis de colesterol, a diminuição do risco de doenças no coração, pressão alta, osteoporose, diabetes e obesidade e alívio do estresse e ansiedade, a prática de atividades físicas também contribui para um aspecto bem íntimo e prazeroso da rotina das pessoas: a vida sexual.

1. Os exercícios fazem com que você se sinta mais sexy e atraente 

3aboaforma

Mesmo que o seu objetivo com os exercícios não seja se sentir mais sexy, você certamente experimentará esse sentimento. É que com o passar do tempo, conforme o peso vai indo embora e os músculos vão sendo definidos, certamente será inevitável olhar no espelho e não se agradar com a imagem que vê.

Assim, você provavelmente não se sentirá somente mais atraente e confiante para ter mais momentos íntimos com a pessoa amada, especialmente se ele ou ela perceber a sua mudança e te elogiar, como também estará mais disposto para isso.

Uma evidência disso é que uma pesquisa feita pela Universidade de Arkansas, nos Estados Unidos, com 450 estudantes universitários, mostrou que as pessoas que possuem uma boa forma física também são aquelas que se consideram atraentes e melhores na cama.

O resultado desse estudo identificou que mais de 90% dos homens que afirmou ter um nível físico acima da média também classificou o seu desejo e performance sexual acima da média ou muito acima da média.

Já entre as mulheres, 80% das entrevistadas que malhavam de quatro a cinco vezes por semana afirmaram que o seu desempenho na cama é acima da média e 60% se consideraram acima da média em relação à atratividade.

2. Os exercícios deixam o seu corpo mais flexível

E isso é bastante importante na hora do sexo. Primeiro porque quando as costas, os ombros e os quadris estão muito rígidos o ato pode ser desconfortável, e segundo porque sem a flexibilidade você poderá sentir dificuldades para tentar diferentes posições na cama e corre o risco de distender um músculo caso mesmo assim resolva tentar.

3. Os exercícios podem deixar o sexo mais prazeroso para mulheres na casa dos 40 anos

Um estudo realizado com mais de 5,5 mil mulheres finlandesas na faixa dos 40 e 50 anos descobriu que a prática de exercícios extenuantes (intensos) está associada a efeitos positivos em relação ao orgasmo para as participantes na casa dos 40 anos de idade.

Alguns exemplos de treinamentos extenuantes são o Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (HIIT), corridas e séries mais complicadas de levantamento de peso.

4. Os exercícios deixam os homens menos propensos a sofrer com a disfunção erétil 

A pesquisadora Erin McNamara, do Centro Médico da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, apresentou descobertas em um encontro de urologia, ocorrido em 2010, que indicavam que homens que exercem atividades físicas moderadas, como uma caminhada vigorosa de 30 minutos por dia, quatro vezes por semana, eram aproximadamente 2/3 menos propensos a sofrer disfunções sexuais do que os sedentários.

5. Os exercícios melhoram o fluxo sanguíneo 

Um dos benefícios da prática de atividades físicas é deixar as artérias mais flexíveis, o que faz com que o trabalho delas de se expandir e levar o sangue para correr pelas veias seja mais fácil e o fluxo sanguíneo melhore.

Essa melhoria do fluxo sanguíneo, que também atinge as regiões genitais, faz com que a atividade sexual também seja melhor. Para os homens, isso é especialmente importante porque quanto maior for o fluxo sanguíneo, mais forte será a ereção deles.

Mas isso não significa que esse benefício seja menos potente para as mulheres. Exemplo disso é uma pesquisa realizada pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, com 35 mulheres, que foram convidadas a assistir duas vezes, em dois momentos diferentes, a uma sessão de vídeos com um filme curto sobre viagens seguido de outro com conteúdo erótico.

Antes de uma das sessões, essas mulheres pedalaram durante 20 minutos, enquanto que antes da outra não praticaram nenhum exercício previamente. Então, com o auxílio de um equipamento que mede o fluxo sanguíneo da vagina, os pesquisadores descobriram que as participantes ficaram 169% mais estimuladas ao assistirem ao filme adulto depois de terem se exercitado do que quando não tinham feito nenhuma atividade física.

6. Os exercícios aumentam o nível de testosterona

Conhecida também como o hormônio do sexo, por estar relacionada com o desejo e a libido sexual, a testosterona tem as suas taxas aumentadas no organismo com a prática de exercícios físicos.

Prova disso foi um estudo feito por cientistas da Universidade Baylor, nos Estados Unidos, que mostrou que os níveis de testosterona de um grupo de homens atingiu o seu pico 48 horas depois deles terem feito levantamento de peso.

7. Com os exercícios, você pode deixar os famosos remedinhos para trás

Para que Viagra se você pode melhorar a sua vida sexual com a prática de atividades físicas e ainda beneficiar a sua saúde e boa forma? Uma pesquisa feita pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, com 31 mil homens, descobriu que aqueles que se exercitaram de maneira intensa durante 20 a 30 minutos por dia registraram 30% a menos de tendência de desenvolver problemas de disfunção erétil do que os sedentários.

E de acordo com outro estudo, dessa vez realizado pela Universidade da California, também nos Estados Unidos, nunca é tarde demais para aproveitar as vantagens que os exercícios trazem à vida sexual. Isso porque depois que os pesquisadores da instituição pediram que um grupo de homens sedentários de meia idade, porém saudáveis, treinassem na academia durante uma hora, de três a quatro dias por semana por nove meses, esses participantes experimentaram maior frequência no sexo, que também foi feito de maneira mais satisfatória e segura.

8. Os exercícios fazem o sexo durar mais

Quanto melhor for a forma física de um homem, mais tempo o sexo com sua parceira durará. Para aguentar mais tempo na cama, ele precisa ter músculos fortes nas costas. Além disso, quando o cara está em boa forma, a sua ejaculação é mais longa.

Por outro lado, se ele tiver o abdominal flácido ou se seu músculo pubococcígeo (PC, o principal músculo sexual) for fraco, a ereção pode ser afetada.

9. Os exercícios te ajudam a entrar no clima

3cboaforma

As preocupações com os filhos, com os compromissos do trabalho e as contas que precisam ser pagas no dia seguinte podem invadir a mente de um casal no momento de intimidade e cortar completamente o clima para o sexo.

É por isso que nessa hora é importante saber controlar a mente, tirar o foco de pensamentos e distrações externas e aproveitar o que está acontecendo naquele instante. Atividades como yoga e exercícios de respiração são uma alternativa para quem sofre com a dificuldade de entrar ou se manter no clima para o sexo, já que ensinam a se livrar dessas distrações e a se concentrar no momento.

Você realmente sente uma disposição e qualidade melhor do sexo quando está cumprindo seu plano de exercícios corretamente? Como você acha que se encontra atualmente? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*