Home » Suplementos » Anabolizantes » Oximetolona – O Que é, Resultados, Ciclo, Antes e Depois e Efeitos Colaterais

Oximetolona – O Que é, Resultados, Ciclo, Antes e Depois e Efeitos Colaterais

Oximetolona

Embora seja um medicamento, o uso mais comum da oximetolona se dá devido aos seus efeitos anabolizantes. Por ser muito parecido com o hormônio masculino testosterona, o uso dessa substância facilita os ganhos de massa, sendo muito procurada por fisiculturistas.

  Continua Depois da Publicidade  

Além de mencionar os usos em tratamentos de doenças como a anemia, vamos falar do uso da oximetolona como esteroide e quais os efeitos que o composto pode causar no organismo humano.

Oximetolona – O que é?

Trata-se de um hormônio sintético com propriedades anabólicas e androgênicas conhecido também por outros nomes como Hemogenin, Anapolon, Anadrol e Landerlan.

A oximetolona foi descrita pela primeira vez por cientistas da Syntex em 1959. A partir de 1961, o medicamento começou a ser comercializado no Reino Unido e logo em seguida nos Estados Unidos. Daí em diante, espalhou-se pelo resto do mundo.

No início, o objetivo da oximetolona era tratar pessoas com doenças musculares e vários tipos de anemias. No entanto, o medicamento ficou popular através do uso como esteroide anabolizante para promover ganho de massa muscular e melhorar a resistência física.

  Continua Depois da Publicidade  

Para que serve

A oximetolona é muito utilizada para tratar vários tipos de anemia causada pela deficiência de glóbulos vermelhos, tais como a anemia aplástica adquirida, a anemia aplástica congênita e a anemia hipoplásica. Ela também pode ser usada para tratar a osteoporose, a mielofibrose e a AIDS.

O medicamento atua aumentando a quantidade do hormônio eritropoietina, que está envolvido na produção de células vermelhas do sangue.

Além de ajudar a aumentar o ganho de massa em pessoas que têm problemas de saúde que desgastam os ossos e os músculos como a osteoporose ou má formação, esse esteroide anabolizante também é usado com o mesmo propósito por pessoas que querem ficar mais musculosas. No entanto, esse uso não é aprovado por médicos nem por órgãos regulamentadores de saúde.

Ainda assim, devido ao alto ganho de massa que a substância promove, a oximetolona é muito procurada por atletas e fisiculturistas que buscam um ganho de massa magra mais rápido e um aumento da resistência durante as atividades físicas.

Resultados

No tratamento de doenças, a oximetolona deve ser usada de acordo com orientações médicas e o sucesso do tratamento depende da dedicação do paciente e do uso correto da medicação.

Já no uso “off-label”, que seria a utilização do medicamento apenas para fins de ganho de massa, o ganho de massa muscular é visível, especialmente quando associado aos treinos de força e resistência e a uma dieta saudável e equilibrada.

  Continua Depois da Publicidade  

O aumento da massa muscular só é obtido se o indivíduo ingerir uma dieta hipercalórica incluindo boas fontes de proteínas.

Como tomar

Como medicamento, a dose geralmente recomendada é de 1 a 5 miligramas por quilo de peso corporal, mas isso depende da condição médica a ser tratada. Além disso, é necessário usar o medicamento por pelo menos 3 meses para os resultados começarem a surgir.

Já no caso dos que buscam aumento de massa muscular, a oximetolona costuma ser utilizada em ciclos.

  Continua Depois da Publicidade  

Os ciclos de oximetolona variam de acordo com os objetivos específicos do usuário, mas para uma pessoa que nunca utilizou a oximetolona, os ciclos adotados são geralmente os seguintes:

– Ciclo 1

O primeiro ciclo dura 12 semanas e é indicado combinar o uso da oximetolona com um suplemento de testosterona.

Dessa forma, é necessário tomar 50 miligramas de oximetolona por dia durante apenas durante as 4 primeiras semanas.

Para aumentar os ganhos de massa, é recomendado tomar doses diárias de 500 miligramas de testosterona durante 12 semanas. Isso é feito para manter a testosterona alta durante todo o ciclo.

– Ciclo 2

O ciclo 2 tem duração de 18 semanas. Nessa etapa, são usados 50 miligramas de oximetolona por dia durante 6 semanas. Depois disso, é necessário fazer uma pausa e interromper a administração de oximetolona pelas 6 semanas seguintes e depois voltar a tomar a dose de 50 miligramas diárias nas ultimas 6 semanas do ciclo.

Nesse ciclo, não é mais necessário complementar a suplementação com testosterona.

Outras informações sobre dosagens de oximetolona

O ciclo acima é o mais usado por atletas ou fisiculturistas, mas podem ter diversas variações de acordo com objetivos específicos.

Iniciantes tendem a começar com doses mais baixas como uma dose diária de 25 miligramas para observar como o corpo responde e apenas depois da adaptação aumentam as doses para 50 miligramas.

Doses muito altas de oximetolona não são recomendadas devido ao maior risco de efeitos colaterais. Além disso, estudos mostram que doses diárias acima de 50 miligramas aumentam os efeitos colaterais sem aumentar os benefícios.

Antes e depois

Vale lembrar mais uma vez que o uso de oximetolona por pessoas saudáveis com o único objetivo de ganhar massa não é recomendado por profissionais de saúde.

No entanto, ainda assim são encontrados vários relatos de pessoas que usam esse medicamento esteroide para aumento de massa que afirmam que os resultados são extremamente satisfatórios.

Algumas imagens de antes e depois são mostradas abaixo de pessoas que usaram a oximetolona e obtiveram bons resultados em relação ao ganho de massa.

Além do aumento da massa muscular, a oximetolona pode gerar um aumento da resistência, o que permite que atletas consigam treinar por mais tempo mantendo a qualidade dos exercícios físicos.

Efeitos colaterais

Como a maioria dos medicamentos esteroides, a oximetolona causa efeitos colaterais extremamente desagradáveis. Alguns deles incluem:

  • Acne;
  • Efeitos masculinizantes;
  • Crescimento do cabelo e dos pelos do corpo e do rosto;
  • Aumento do desejo sexual;
  • Ginecomastia, condição em que os peitos dos homens ficam maiores e com características femininas;
  • Retenção de fluidos;
  • Suor excessivo;
  • Letargia;
  • Problemas no colesterol;
  • Diarreia;
  • Alterações de humor e de comportamento;
  • Dor de cabeça;
  • Problemas respiratórios;
  • Depressão;
  • Hipertensão arterial;
  • Problemas na micção;
  • Insônia;
  • Danos graves ao fígado;
  • Ganho de peso.

Mulheres que usam a oximetolona podem experimentar efeitos adversos como:

  • Mudanças no período menstrual;
  • Aumento de tamanho do clitóris;
  • Engrossamento da voz;
  • Acne;
  • Queda de cabelo e calvície;
  • Problemas para dormir;
  • Alterações na libido;
  • Crescimento de pelos no rosto e no peito.

O uso prolongado desses remédios pode causar problemas de saúde como hepatite, cirrose e câncer no fígado. É recomendado realizar exames periódicos para analisar a função do órgão.

A oximetolona também pode causar problemas cardíacos, aumentando o risco de sofrer um ataque do coração ou um derrame.

Devo usar a oximetolona?

A oximetolona é um medicamento, que não deve ser usado sem prescrição médica. O uso do remédio para ganhos de massa em pessoas saudáveis não é aprovado. Por isso, atletas e fisiculturistas não deveriam utilizar esse tipo de produto.

Além do uso sem receita médica ser ilegal, a dosagem inadequada pode resultar em efeitos adversos graves e danos irreversíveis ao fígado. Desta forma, pense muito bem antes de começar a utilizar a oximetolona por conta própria.

Existem outras formas de aumentar a massa magra como treinar pesado e ter uma alimentação exemplar. É claro que os resultados podem demorar mais tempo para serem observados, mas com certeza usar métodos naturais para ganhar músculos é muito melhor para a saúde e para o bem estar em geral.

Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar da oximetolona? Já sabia sobre seus efeitos colaterais e mesmo assim tem vontade de experimentar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*