Foto: Reprodução/ Internet

Atividades físicas superam remédios no bem-estar mental.

Foto: Reprodução/ Internet

Pesquisadores da UniSA sugerem exercícios como essenciais para controlar a depressão.

Foto: Reprodução/ Internet

Um novo estudo destaca que atividade física é 1,5 vezes mais eficaz que aconselhamento ou medicamentos.

Foto: Reprodução/ Internet

Intervenções de exercícios de até 12 semanas são mais eficazes na redução de sintomas de saúde mental.

Foto: Reprodução/ Internet

Maiores benefícios observados em pessoas com depressão, gestantes, saudáveis e diagnosticadas com HIV ou doença renal.

Foto: Reprodução/ Internet

A Organização Mundial da Saúde estima que 970 milhões de pessoas vivem com transtornos mentais.

Foto: Reprodução/ Internet

Estudo pioneiro avalia efeitos de todos os tipos de atividade física na depressão e ansiedade.

Foto: Reprodução/ Internet

Atividade física, incluindo aeróbicos, resistência, pilates e ioga, beneficia a saúde mental em todas as populações.

Criação:  ISABEL SANTOS

Imagens:  Divulgação/Internet