Diástase abdominal: saiba o que é e como tratar.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

A diástase abdominal é uma condição que ocorre quando os músculos do abdômen se separam durante a gravidez, deixando um espaço entre eles. Pode causar dor, flacidez, inchaço e até mesmo hérnias.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Além de comprometer a postura, a respiração e a função intestinal, a diástase também pode gerar baixa autoestima, ansiedade e depressão.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

È diagnosticada por meio de um exame físico simples, que consiste em apalpar o abdômen da paciente enquanto ela contrai os músculos.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Se houver um espaço maior do que dois dedos entre os músculos, há indícios de diástase.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Pode ser prevenida ou minimizada evitando ganhar muito peso, praticar exercícios físicos adequados, usar cintas abdominais e evitar esforços excessivos.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Uma das opções é a fisioterapia, que fortalece os músculos do abdômen e do assoalho pélvico por meio de exercícios específicos. Já a abdominoplastia é uma intervenção cirúrgica.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Uma novidade no tratamento é o uso de um dispositivo chamado EmbraceRF, que combina radiofrequência e microagulhamento para estimular a produção de colágeno e a contração da pele.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Criação:  Isabel Santos 

Imagens de celebridades: Instagram Outras Imagens: Banco de imagens