Dicas científicas para eliminar a barriga

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

A gordura abdominal é uma das mais difíceis de perder, mas também uma das mais prejudiciais à saúde. Não basta fazer abdominais ou seguir dietas restritivas.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Consuma mais fibras: as fibras ajudam a regular o intestino, controlar o apetite e diminuir a absorção de gordura. Prefira as fibras solúveis, presentes em frutas, verduras e leguminosas.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

O açúcar é um dos principais vilões da gordura abdominal, aumenta a produção de insulina e favorece o acúmulo de gordura no abdômen. Reduza o consumo de doces, refrigerantes e alimentos processados.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, bicicleta e natação, são os mais eficientes para queimar calorias e gordura. Faça pelo menos 30 minutos por dia, cinco vezes por semana.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

O treino de força, como musculação, pilates e funcional, ajuda a aumentar a massa muscular e o metabolismo, o que faz com que o corpo queime mais gordura mesmo em repouso.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

A falta de sono interfere nos hormônios que regulam o apetite e o metabolismo, levando ao aumento da gordura abdominal. Durma de 7 a 8 horas por noite, em um ambiente escuro e silencioso.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

O estresse eleva os níveis de cortisol, um hormônio que estimula o armazenamento de gordura na região abdominal; Para controlar, pratique atividades relaxantes.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Criação:  Isabel Santos 

Imagens de celebridades: Instagram Outras Imagens: Banco de imagens