Os benefícios e riscos de cortar o glúten da alimentação

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Alguns cereais, como trigo, centeio e cevada, contêm uma proteína chamada glúten.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Para essas pessoas, eliminar o glúten da dieta pode trazer benefícios para a saúde e para o peso.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Mas e para quem não tem essa condição? Tirar o glúten da dieta pode ajudar a emagrecer?

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

A resposta não é simples. O glúten em si não engorda nem emagrece. O que faz diferença é o tipo de alimento que o contém.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Muitos alimentos com glúten são ricos em calorias, açúcar, gordura e sódio, como pães, bolos, biscoitos e massas.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Ao reduzir ou evitar esses alimentos, é possível diminuir a ingestão calórica e favorecer a perda de peso.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Alguns alimentos sem glúten podem ser  mais calóricos do que, os que o contêm, como as farinhas e os produtos industrializados sem glúten.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Tirar o glúten da dieta sem orientação médica ou nutricional pode causar deficiências de nutrientes, como fibras, vitaminas e minerais.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Criação:  Isabel Santos 

Imagens de celebridades: Instagram Outras Imagens: Banco de imagens