Foto: Reprodução/ Internet

Usuários de vape tem  78% de chance de sofrer  com falta de ar

Foto: Reprodução/ Internet

Pesquisadores da Universidade de Ohio e da Escola de Medicina do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, resolveram estudar os hábitos do uso de vape por parte de adolescentes

Foto: Reprodução/ Internet

O estudo, publicado na revista Thorax, foi realizado durante quatro anos por meio de entrevistas online. No total, foram entrevistados 2 mil jovens em fases divididas em quatro anos: 2014, 2015, 2017 e 2018.

Foto: Reprodução/ Internet

A pesquisa apontou que entre os jovens que admitiram ter usado o vape nos 30 dias anteriores, as chances de experimentar falta de ar aumentaram 78%.

Foto: Reprodução/ Internet

Além disso, a probabilidade de desenvolver chiado no peito foi 81% maior e a de ter bronquite era o dobro em relação a das pessoas que nunca fumaram na vida.

Foto: Reprodução/ Internet

Em média, 12% dos participantes confirmou ter utilizado o vape nos últimos 30 dias, seja para consumir tabaco ou maconha.

Foto: Reprodução/ Internet

Dentro do grupo de jovens que fumaram no mês que antecedeu a pesquisa, 28% afirmou fazer uso diário do vape e 40% relatou utilizá-lo em mais de 20 dias ao mês.

Foto: Reprodução/ Internet

Uma das autoras do estudo, a psicóloga Alayna Tackett, da Univesidade de Ohio, emitiu uma declaração para o site da instituição, enfatizando a urgência de estabelecer regulamentações para o uso de cigarros eletrônicos, visando reduzir os impactos à saúde dos jovens.

Foto: Reprodução/ Internet

No entanto, os dados utilizados na pesquisa foram todos fornecidos pelos voluntários, o que pode influenciar os resultados.

Criação:  Fabiano Souza

Imagens:  Divulgação/Internet