Foto: Reprodução/ Internet

Veja se a dieta de  Gisele Bündchen realmente faz bem à saúde

Foto: Reprodução/ Internet

Ao longo dos anos, Gisele Bündchen se destacou não apenas como uma supermodelo renomada, mas também ficou conhecida por seguir uma alimentação saudável há tempos.

Foto: Reprodução/ Internet

Recentemente, em uma entrevista à Vogue Brasil, ela surpreendeu ao revelar que eliminou alimentos como vinho, café e chocolate da sua dieta, levantando questionamentos sobre a eficácia e a necessidade de adotar tais restrições.

Foto: Reprodução/ Internet

No entanto, a abordagem adotada por Gisele Bündchen não é necessariamente uma regra que deve ser seguida por todas as pessoas.

Foto: Reprodução/ Internet

A nutróloga Fernanda Cortez explicou ao Alto Astral que embora esses alimentos (vinho, café e chocolate) tenham os seus problemas, como apresentar caráter inflamatório, eles também oferecem benefícios para a saúde.

Foto: Reprodução/ Internet

A decisão de incluí-los ou não na dieta depende das necessidades individuais. Além disso, para a especialista, o ideal é consumir esses alimentos em pequenas quantidades.

Foto: Reprodução/ Internet

Quanto ao vinho, por exemplo, Gisele mencionou à Vogue Brasil que gostava da bebida, mas que eliminou o álcool devido ao impacto negativo da substância na imunidade.

Foto: Reprodução/ Internet

Entretanto, o vinho já foi associado a benefícios para a saúde, como possuir atividade antioxidantes e poder contribuir para a saúde cardiovascular. Assim, Cortez recomenda não exagerar, ou seja, optar pelo consumo moderado de uma ou duas doses por semana.

Foto: Reprodução/ Internet

Embora o consumo excessivo de café possa resultar em ansiedade e taquicardia, o café até pode fazer parte da rotina, mas com moderação, limitando-se a uma ou duas xícaras por dia, preferencialmente antes das três da tarde.

Foto: Reprodução/ Internet

Gisele revelou que come bem pouco chocolate e sempre do tipo meio amargo. No entanto, é importante tomar cuidado com o consumo excessivo de chocolate ao leite, que de acordo com a especialista, pode contribuir para o ganho de peso.

Foto: Reprodução/ Internet

Para aqueles que consideram adotar mudanças semelhantes em sua dieta, a nutróloga enfatizou a importância de buscar orientação especializada. Cada pessoa é única, portanto, as escolhas alimentares devem ser feitas com base em informações confiáveis e adaptadas à saúde e às necessidades individuais.

Criação:  Fabiano Souza

Imagens:  Divulgação/Internet