Manchas roxas na pele – Causas e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 04/06/2021

Manchas roxas na pele podem surgir por vários motivos – desde um momento de grande estresse até uma doença mais séria. Veja então as causas e como tratar.

  Continua Depois da Publicidade  

A mancha roxa na pele (ou púrpura) acontece quando há vazamento em um mais vasos sanguíneos. Geralmente, isso acontece em vasos sanguíneos pequenos e não é motivo de alarde.

Por exemplo, se sua pele ficar roxa depois de uma queda, é mais provável que um vaso sanguíneo tenha se rompido no impacto. Com o tempo, a mancha vai desaparecendo.

Mas, se você não sofreu uma lesão recente, a mancha na pele pode ser um sinal de alteração na contagem de plaquetas ou problemas na coagulação do sangue. Por isso, é importante avaliar a mancha caso ela seja muito grande ou frequente.

Índice deste artigo:

Causas

hematoma na pele

O rompimento dos vasos sanguíneos causa pequenas manchas roxas abaixo da pele. Existem 2 tipos de manchas roxas:

  • Púrpuras trombocitopênicas, em que a contagem de plaquetas é baixa e indica um distúrbio de coagulação sanguínea;
  • Púrpuras não trombocitopênicas, quando as plaquetas não têm nenhuma alteração.

São muitas as condições de saúde que podem causar os dois tipos de manchas. No caso da púrpura não trombocitopênica, a causa da mancha roxa na pele pode ser:

  • Infecções ou distúrbios congênitos que interferem nos vasos sanguíneos ou na produção de sangue, como por exemplo a rubéola;
  • Vasculite;
  • Falta de vitamina C;
  • Deterioração dos vasos sanguíneo conforme a idade;
  • Doença rara chamada de amiloidose;
  • Doenças inflamatórias ou infecciosas que afetam os vasos;
  • Certos remédios, como por exemplo os esteróides e as sulfonamidas.

Por outro lado, a púrpura trombocitopênica pode ser causada por:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Transfusão de sangue recente;
  • Lúpus;
  • Febre maculosa;
  • Infecções graves como por exemplo a hepatite C e o HIV;
  • Remédios que afetam a contagem de plaquetas no sangue.

A saber, alguns medicamentos que podem causar manchas roxas são:

  • Aspirina;
  • Paracetamol;
  • Tiamina;
  • Heparina;
  • Quimioterápicos;
  • Clopidogrel.

Outras causas possíveis de manchas roxas na pele incluem o estresse, alguns tipos de alergia e a predisposição genética.

Como tratar

tratando hematoma na pele

Se a sua mancha é resultado de um hematoma, você pode usar pomadas para eliminar a mancha mais rapidamente, como a Thrombocid, por exemplo.

Nos casos em que há uma infecção ou doença específica, o médico é quem deve prescrever o tratamento correto, que pode contar com uma ou mais das seguintes opções:

  • Remédios para a imunidade;
  • Corticosteróides;
  • Procedimento como a transfusão de sangue ou filtração do sangue, se necessário;
  • Anti-inflamatórios não esteroides;
  • Remoção do baço para aumentar a contagem de plaquetas;
  • Imunoglobulina intravenosa para aumentar as plaquetas.
  • Além disso, aplicar compressas mornas com o aval do seu médico pode aliviar o desconforto e diminuir a mancha na pele.

Por fim, se um remédio for o responsável pela púrpura, é possível ajustar a dose ou trocar de medicamento para evitar esse efeito colateral indesejado.

Vídeo

Não deixe de conferir no vídeo abaixo o que fazer se você tem manchas roxas na pele com frequência de acordo com a nossa nutricionista:

  Continua Depois da Publicidade  

Fontes e referências adicionais

Você já notou manchas roxas na sua pele? Quando elas mais costumam aparecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário