8 sintomas de deficiência de vitamina C para você prestar atenção

Especialista da área:
atualizado em 19/07/2021

Desde pequenos, escutamos dos nossos pais a respeito da importância de consumir diariamente alimentos com vitamina C para evitar a sua deficiência. E não é para menos: o nutriente é realmente muito importante para a saúde do organismo.

  Continua Depois da Publicidade  

Ela ainda é classificada como um poderoso antioxidante, ou seja, um nutriente que bloqueia parte dos danos provocados pelos radicais livres. Vale destacar que os radicais livres podem contribuir com o desenvolvimento de câncer, doença cardíaca e artrite e que o seu acúmulo ao longo do tempo é altamente responsável pelo processo de envelhecimento.

A vitamina C também produz ainda uma proteína importante para a formação da pele, dos tendões, dos ligamentos e dos vasos sanguíneos. Ela também é necessária para a formação do tecido conjuntivo, ajuda no processo de cicatrização (auxilia na cura de feridas e na formação do tecido cicatricial) favorece a absorção do ferro e atua na reparação e manutenção de cartilagem, ossos e dentes.

Ou seja, são inúmeros os benefícios da vitamina C para a saúde. Como o organismo não é capaz de produzir vitamina C, o nutriente precisa ser fornecido ao corpo através da alimentação. Esse fornecimento por meio da dieta deve ser diário, pois o organismo também não é capaz de armazenar o nutriente.

Com tudo isso em mente, fica clara a necessidade de abastecer o organismo com quantidades adequadas de vitamina C.

Embora a carência de vitamina C, condição também conhecida pelo nome de escorbuto, não seja tão comum devido ao fato da vitamina estar presente em diversos alimentos, o problema pode sim ser desenvolvido e trazer prejuízos para a saúde. Isso porque, a quantidade de vitamina C ingerida pode não ser suficiente.

Na lista a seguir, você vai conhecer alguns sintomas de deficiência de vitamina C pelo nosso organismo que não devem ser ignorados:

  Continua Depois da Publicidade  

1. Problemas de pele

colágeno na pele

A vitamina C é responsável pela produção de colágeno, uma proteína bastante importante para a pele. Com isso, uns dos primeiros sinais da falta ou baixa do nutriente no organismo é um maior ressecamento da pele, o aparecimento de mais rugas e uma pele com maior tendência a descascar ou machucar.

2. Dificuldade de cicatrização

Já vimos antes que uma das funções da vitamina C envolve o suporte ao processo de cicatrização. Portanto, não é de se espantar que a dificuldade de cicatrização seja um dos sintomas da deficiência do nutriente: quando o corpo não consegue produzir o tecido cicatricial de uma maneira correta, a cicatrização é automaticamente dificultada.

Como resultado disso, é possível ficar com uma cicatriz muito brilhante, um pouco mais elevada ou que uma ferida ou machucado demore bastante tempo para cicatrizar.

3. Dores nas articulações

Dores nas articulações

O colágeno produzido pela vitamina C também é parte integrante das articulações. Portanto, sentir que as articulações estão mais doloridas e “enferrujadas”, e que está mais difícil executar algum tipo de exercício também pode significar que os níveis de vitamina C no organismo estão insuficientes.

4. Manchas na pele

As pessoas que sofrem com deficiência de vitamina C ainda podem apresentar manchas arroxeadas e/ou avermelhadas na pele. Isso acontece porque a falta do nutriente está associada a uma maior predisposição para o rompimento dos vasos sanguíneos. As manchas roxas são desenvolvidas justamente quando o vaso capilar rompe e libera sangue abaixo da pele.

5. Fadiga

fadiga

A deficiência de vitamina C também pode provocar uma fadiga ou cansaço muito grande, e a pessoa pode apresentar bastante dificuldade para levantar da cama e cumprir as atividades do dia a dia.

  Continua Depois da Publicidade  

6. Piora no humor

Não ter uma quantidade suficiente de vitamina C no organismo ainda pode trazer uma piora no humor, deixando a pessoa mais irritada e mais mal humorada.

7. Problemas nos pelos e cabelos

O colágeno produzido pela vitamina C também é importante para os cabelos e pelos do corpo. Por isso, problemas como pelos encravados e cabelos mais enfraquecidos e/ou com maior dificuldade de crescimento também fazem parte da lista de sintomas da deficiência de vitamina C.

8. Ganho de peso repentino

ganho de peso

Engordar de repente também pode ter uma ligação com a carência de vitamina C porque o nutriente atua como um antioxidante no organismo, diminuindo a inflamação e mobilizando mais as reservas de gordura do corpo. Com isso, quando há pouca vitamina C esse processo se torna mais lento.

Acho que tenho carência de vitamina C. E agora, o que fazer?

O primeiro passo é marcar uma consulta médica e expor a ele os sintomas que tem experimentado para saber se existe uma relação com a deficiência de vitamina C no organismo. Para confirmar o diagnóstico, é bem provável que seja solicitado a realização de algum tipo de exame.

Se a carência do nutriente for confirmada, o uso de suplementos poderá ser recomendado em conformidade com as dosagens sugeridas pelo profissional da saúde. No entanto, vale lembrar que é completamente possível atingir as necessidades diárias de vitamina C que nosso organismo precisa através de uma alimentação variada, que inclui alimentos que são fontes do nutriente.

Vídeo

Fontes e referências adicionais

Você já percebeu algum destes sintomas da deficiência de vitamina C? Costuma consumir com frequência os alimentos ricos neste nutriente ou costuma suplementa-lo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário