Botox na Testa – Para Que Serve, Riscos, Cuidados e Dicas

Especialista:
atualizado em 19/05/2020

Veja para que serve o botox na testa, quais os riscos, cuidados e dicas para as pessoas que estão pensando em fazer esse procedimento estético.

As rugas na testa são uma das queixas mais comuns que tanto os homens como as mulheres fazem sobre a pele.

Levantar as sobrancelhas causa rugas na testa e a culpa é do envelhecimento natural, porém, a genética também é um fator importante para que isso aconteça.

As rugas aparecem quando um rosto é dinamicamente muito expressivo, ou quando as pálpebras começam a cair e a pessoa compensa isso levantando as sobrancelhas, desenhando linhas na testa.

E quando isso acontece, cada vez mais as pessoas de ambos os sexos estão procurando tratamentos estéticos, e entre eles está o popular botox.

Saber o que é botox, como ele se adapta em seu rosto, para que serve e quais são os riscos é muito importante antes de se submeter a este procedimento estético.

O que é Botox

Botox é a abreviação de Toxina Botulínica Tipo A.

Ele foi aprovado em 2002 para uso cosmético nos Estados Unidos pela Food and Drug Administration (FDA) como uma solução segura e temporária para suavizar as rugas.

O botox é derivado da mesma neurotoxina conhecida por causar botulismo, uma doença que paralisa os músculos e pode ser fatal.

Apesar da associação do botulismo, o Botox disparou em popularidade e continua sendo a solução não cirúrgica mais popular para combater as rugas, além de um tratamento para enxaquecas crônicas e transpiração excessiva.

Para que serve

O botox é usado para três propósitos principais: controle de espasmos musculares, transpiração intensa nas axilas e melhora estética, como é o caso da aplicação de botox na testa.

O produto Botox destinado ao procedimento estético contém toxina botulínica tipo A (ingrediente ativo), albumina humana (proteína encontrada no plasma sanguíneo humano) e cloreto de sódio.

Ele é usado para suavizar temporariamente as “linhas de expressão” que são as linhas entre as sobrancelhas que podem fazer você parecer cansado, infeliz ou com raiva.

Uma ruga na pele é tipicamente formada perpendicularmente a um músculo em contração localizado diretamente abaixo dela.

Por exemplo, o músculo na testa é um músculo vertical e, quando se contrai (como quando você levanta as sobrancelhas), as linhas que se formam (rugas) serão horizontais.

Da mesma forma, os dois músculos responsáveis ​​pelas linhas de expressão são posicionados levemente na horizontal entre as sobrancelhas; portanto, quando se contraem, as linhas de expressão aparecem na vertical.

O Botox é injetado nos músculos, onde bloqueia os impulsos nervosos para esses tecidos. A atividade muscular que causa as linhas de expressão é reduzida e resulta em uma aparência mais suave.

Sem um músculo contraído por baixo, a pele tem dificuldade em enrugar.

Ou seja, quando injetado o botox na testa essas linhas irão suavizar ou desaparecer por completo, você que irá decidir quais desses dois resultados prefere em seu rosto.

Por quanto tempo dura o botox na testa

Como você pode ver, este é um procedimento temporário, ou seja, você não irá fazer uma vez e irá durar para sempre, se quiser manter os resultados, terá que fazer a aplicação novamente.

Após as injeções, você notará que seus músculos congelam lentamente em um ou dois dias, e os resultados completos aparecerão após uma semana.

De acordo com a Dra. Dendy Engelman, dermatologista certificada pelo conselho e cirurgião de Mohs na Manhattan Dermatology and Cosmetic Surgery, os efeitos de suavização das linhas de expressão causados pelo Botox geralmente duram de três a quatro meses antes de desaparecerem gradualmente.

Se você amou os resultados, só há uma coisa que realmente pode manter a sua aparência: receber injeções outras vezes.

“Não existem tratamentos comprovados que possam estender os efeitos do botox”, explicou a Dra Engelman.

Ainda assim, ela diz explica que há algumas coisas que as pessoas podem fazer para complementar o tratamento e não fazer com que os resultados durem menos tempo, o que significa cuidar de si mesmo usando protetor solar, antioxidantes e mantendo um bem-estar geral.

Infelizmente, devido à paralisia muscular causada pelas injeções, se você não estiver satisfeito com os resultados, não há muito o que fazer para que a sua aparência volte mais rapidamente como era.

“Ao contrário da carga de HA [ácido hialurônico], não temos uma enzima para ‘derreter’ a carga imediatamente”, explica a Dra. Engelman. “No entanto, os resultados do Botox são apenas temporários.”

Quais são os riscos

Como com qualquer medicamento ou tratamento injetável, o Botox na testa tem seus riscos.

Em 2009, o FDA dos Estados Unidos acrescentou um aviso de segurança afirmando que o Botox “pode ​​se espalhar da área de injeção e produzir sintomas de botulismo”, incluindo fraqueza muscular e dificuldade para respirar, o que pode ocorrer horas ou semanas após a injeção.

No entanto, segundo a Dra. Engelman, a maioria dos efeitos colaterais está associada ao próprio processo de injeção.

“Sangramento, hematomas, dor, inchaço. Dores de cabeça temporárias também podem ocorrer e, se injetadas incorretamente, pode ocorrer ptose palpebral (pálpebra caída)”, explicou a especialista.

A agulha deixará pequenas manchas vermelhas que parecem picadas de insetos e que geralmente desaparecem nas horas seguintes após a aplicação.

Para minimizar os riscos, procure um dermatologista ou cirurgião plástico certificado e de confiança, especializado em cosméticos injetáveis.

“É importante para os pacientes, ou interessados ​​em receber um tratamento, que eles procurem um médico licenciado e treinado com experiência”, enfatizou a Dra. Engelman.

Você também deve evitar exercícios intensos por um ou dois dias após o tratamento, e isso é muito sério pois irá minimizar o risco de o Botox na testa migrar do local da injeção antes que ele tenha a chance de se estabelecer.

Efeitos colaterais do Botox

Os efeitos colaterais potenciais do Botox incluem:

  • Infecção
  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Hematomas.
  • Dor no local da aplicação
  • Sangramento
  • Inflamação

Alguns desses sintomas podem indicar uma reação alérgica. Outros sintomas de alergia são prurido, chiado no peito, asma, erupção cutânea, vergões vermelhos, tonturas e desmaios.

Informe imediatamente o seu médico se tiver algum problema respiratório, sensação de desmaio ou tontura.

Além disso, foram relatados boca seca, fadiga, dor de cabeça e dor de garganta.

Outros possíveis efeitos colaterais

Você também pode ter ouvido falar de outros efeitos colaterais, como dormência, pálpebras caídas, espasmos musculares, ou espasmos e migração da substância.

Dormência como ausência de sensação física não é realmente um problema com o Botox, porque ele não é um anestésico.

A dormência como resultado da incapacidade de mover um músculo é um problema para algumas pessoas.

Espasmos musculares na área das injeções de Botox não ocorrem enquanto o Botox é eficaz, afinal, ele é usado no tratamento de espasmos relacionados ao blefaroespasmo essencial benigno, espasmo hemifacial, paralisia cerebral, fibromialgia e desordem da articulação temporomandibular.

É possível que o Botox se espalhe um pouco além do local de injeção e afete os tecidos circundantes. Por exemplo, se você receber injeções na testa perto de suas sobrancelhas ou pálpebras superiores, elas podem ser afetadas e podem cair temporariamente.

Bons profissionais sabem quais são os locais corretos da injeção para evitar efeitos colaterais como por exemplo as pálpebras caídas.

Uma dose pequena e altamente concentrada de dose de Botox é menos provável que se espalhe do local da injeção do que uma dose diluída grande.

Isso ressalta a importância de encontrar um profissional com longa experiência em administrar injeções de Botox.

Como evitar os riscos e efeitos colaterais do Botox

A lista de possíveis efeitos colaterais mencionados neste artigo é longa, mas seria extremamente raro alguém experimentar todos eles.

Veja essas dicas para seguir e assim minimizar ou até mesmo eliminar a maioria dos efeitos colaterais do Botox:

  • Verifique se o seu médico tem muita experiência em injeções de Botox e é um profissional médico respeitado.

Uma pessoa que não é um profissional de saúde, por exemplo, não é uma pessoa apropriada para administrar o Botox, porque ele ou ela não terá equipamentos de emergência ou conhecimento médico suficiente se algo der errado.

Algumas pessoas de má reputação administraram injeções que foram super ou sub-diluídas com solução salina, bem como soluções falsificadas que não continham Botox.

  • Antes de tomar injeções, informe o seu médico sobre quaisquer problemas de saúde que você tenha.
  • Informe o seu médico sobre medicamentos, vitaminas, preparações à base de plantas ou outros suplementos que você toma, já que algumas combinações desses suplementos com Botox podem causar efeitos colaterais graves.

É especialmente importante falar para o seu médico se você tomou ou está tomando antibióticos injetáveis, relaxantes musculares, medicamentos para alergia ou resfriado e medicamentos para dormir.

  • Siga as instruções antes e depois da injeção de botox na testa do seu médico com muito cuidado.
  • Relate todos os efeitos colaterais – especialmente aqueles que o incomodam ou não desaparecem.

É muito importante ressaltar que você precisa estar em um ambiente médico onde quaisquer efeitos colaterais possam ser tratados imediatamente.

Você pode não ver os efeitos finais das injeções no exato momento pois geralmente levam alguns dias.

Antes e depois do tratamento

Antes do tratamento

Se esta é a sua primeira aplicação de botox na testa, primeiro irá passar por uma entrevista médica, onde serão tiradas algumas fotos do seu rosto.

Em seguida, o médico marca os músculos responsáveis ​​por sua expressão facial e finalmente, as injeções são realizadas.

Em média, cinco a sete pequenas injeções de toxina botulínica serão necessárias para este tratamento.

Após o tratamento

Aconselhamos que você evite a prática de qualquer exercício físico no dia do tratamento.

Recomendamos que você contraia os músculos da testa de vez em quando, pelo resto do dia, pois isso faz com que a toxina botulínica se espalhe igualmente sobre o músculo.

Além disso, você não deve se deitar por duas horas após o procedimento.

Tempo de recuperação

Não há tempo de recuperação para este tratamento. Você pode voltar ao trabalho imediatamente!

Em casos raros, podem ocorrer hematomas, mas você pode camuflá-los imediatamente.

Duração do efeito do botox na testa

Não é aconselhável comparar o antes e depois logo após a aplicação de botox na testa, pois os resultados não são visíveis imediatamente após o procedimento.

Como visto anteriormente, pode demorar dias – e até duas semanas – para que o músculo tratado seja imobilizado e as rugas desapareçam.

Fontes e Referencias adicionais:

Você já conhecia o botox na testa? Tem interesse em aplicar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário