Comer Queijo Diariamente Pode Ajudar a Reduzir Risco de Doenças Cardíacas

Especialista da área:
atualizado em 29/01/2020

Os amantes do queijo, dessa vez, vão ficar animados! Pesquisas mostram que comer uma porção diária de certos tipos de queijo poderia reduzir o risco de ataques cardíacos fatais e acidentes vasculares cerebrais (AVC).

  Continua Depois da Publicidade  

Isso apenas alguns meses depois de um estudo anterior descobrir que o queijo poderia conter os segredos para uma vida mais longa – sugerindo que sua má reputação persistente pode ser um equívoco. Aqui está o que você precisa saber…

A pesquisa

Uma revisão de 15 estudos, realizada por cientistas na China, usou um sistema de pool de resultados chamado meta-análise para examinar os efeitos que o consumo regular de queijo tinha no coração. Verificou-se que os voluntários que comeram aproximadamente 40 gramas (o tamanho de uma pequena caixa de fósforo) por dia viram uma redução de 14% no risco de doença cardíaca – a maior redução geral em comparação com outros participantes.

Pensa-se que isso ocorre porque o queijo contém altos níveis de cálcio e impulsiona o chamado “colesterol bom”, enquanto simultaneamente reduz os níveis de colesterol “ruim”. Ele também contém um ácido que pode ajudar a evitar o entupimento nas artérias. Reagindo às últimas descobertas, Ian Givens, professor de Nutrição de Cadeia Alimentar na Reading University, disse:

“[Laticínios como o queijo] parecem estar associados a um risco reduzido de doença cardiovascular e – particularmente o iogurte – diabetes tipo 2, que é uma área de pesquisa que estamos tentando desenvolver porque existem 700 novos casos todos os dias. ”
Ele adicionou:

“O melhor do queijo parece ser a estreita associação entre cálcio e gordura. Existe uma ligação entre a gordura e o cálcio que torna a gordura menos digerível”.

Mas vale ressalta, segundo Tracey Parker – nutricionista da British Heart Foundation – que, embora uma ingestão moderada de queijo possa ser benéfica, o excesso terá o efeito oposto.

“No início do período de Natal, a perspectiva de colocar um prato de queijo pra petiscos provavelmente é bastante tentadora, mas apesar do queijo ser uma ótima fonte de proteína e cálcio, muitas vezes é rico em gorduras saturadas e sal. Isso significa que comê-lo demais contribuir para o colesterol alto e hipertensão arterial”.

Ela adicionou:

“Comer duas a três porções de laticínios por dia deve ser suficiente para atender a suas necessidades de cálcio, mas isso não precisa vir do queijo. O iogurte e o leite com baixo teor de gordura também fornecerão cálcio e proteína, mas sem sal e gordura saturada”.

  Continua Depois da Publicidade  

O estudo foi publicado no European Journal of Nutrition.

Você costuma comer queijos e produtos laticínios com frequência? Pretende aumentar o consumo agora por causa do resultado dessa pesquisa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário