Formigamento no Corpo – O Que Pode Ser e O Que Fazer

Especialista:
atualizado em 12/09/2019

O formigamento é chamado assim porque a sensação é como se fossem formigas passeando pelo corpo. Essa sensação pode ou não vir acompanhada com a dormência, que é uma perda de sensibilidade temporária de alguma parte do corpo.

Em grande parte dos casos, sintomas como esses são apenas temporários. Porém, há casos em que eles podem indicar um problema de saúde que precisa ser diagnosticado.

Para te ajudar nessa missão de identificar o que pode ser o formigamento no corpo, listamos as principais causas deste sintoma e o que fazer em cada caso para tratar a condição.

O que pode ser o formigamento no corpo

Geralmente, sensações como formigamento e dormência ocorrem por causa de uma irritação ou lesão em um ou mais nervos do corpo. Na maioria dos casos de formigamento no corpo, os nervos afetados são os nervos periféricos, que são aqueles que conectam o nosso cérebro e a nossa medula espinhal ao resto do corpo, o que desencadeia sintomas como formigamento, comichão, coceira e dormência usualmente em membros como pernas, braços, mãos e pés. Essa condição pode ser mencionada como neuropatia periférica.

Embora se saiba que o sintoma tem a ver com os nervos periféricos, existem diversas condições de saúde que podem desencadear o problema. Assim, em casos em que o formigamento é frequente, um diagnóstico deve ser realizado para identificar a causa.

As principais causas de formigamento no corpo são:

1. Problemas de postura

É muito comum sentir formigamento em partes do corpo como os pés, as pernas e as mãos, e na maioria das vezes não é nada grave e apenas uma correção de postura ou um alívio de pressão sobre esses membros resolve o problema. O simples movimento de descruzar as pernas que estavam há bastante tempo cruzadas, por exemplo, costuma cessar um formigamento nas pernas em alguns instantes.

O exemplo acima é um exemplo clássico de dormência e formigamento que acontece quando o membro é mantido em uma posição anormal por muito tempo. Isso ocorre porque, quando adotamos uma postura inadequada como deitar por cima dos braços ou das mãos ou até mesmo ficamos com as pernas cruzadas ou dobradas por muito tempo, uma pressão anormal é gerada nos nervos, o que prejudica também a circulação sanguínea.

O que fazer

Nesses casos, basta remover a pressão e colocar o membro formigando em uma posição confortável para o nervo se recuperar e o formigamento ir embora.

Casos como esses não precisam de uma consulta médica, já que é muito fácil identificar que a causa foi apenas uma postura inadequada, mas é possível se beneficiar de descanso e fisioterapia quando necessário.

2. Diabetes

Existe uma complicação da diabetes conhecida como neuropatia diabética que pode causar dor, formigamento e dormência no corpo. Os níveis altos de açúcar no sangue, quando não controlados por um longo período de tempo, podem causar danos nos nervos, resultando na neuropatia diabética.

O que fazer

É essencial controlar a diabetes através do uso de medicamentos que controlem a glicemia, além de adotar mudanças na dieta e no estilo de vida como praticar exercícios físicos com uma boa frequência.

3. Síndrome do túnel do carpo

Existem condições mais sérias que podem desencadear o formigamento no corpo e que precisam de tratamento. Um bom exemplo é a síndrome do túnel do carpo, que é causada por causa de pressões repetitivas no nervo mediano, nervo que vai do antebraço até os dedos das mãos.

Essa síndrome acomete muitas pessoas que trabalham com computadores, já que os movimentos repetitivos no teclado causam uma grande pressão nos nervos. Embora esses sejam os mais afetados, ciclistas e pessoas que exercem profissões na carpintaria, por exemplo, também podem ser vítimas da síndrome.

O que fazer

O tratamento da síndrome do túnel do carpo inclui tomar medicamentos anti-inflamatórios prescritos por um médico. Além disso, é recomendado que o paciente faça pausas durante o movimento repetitivo, repouse, aplique compressas com gelo na região e faça fisioterapia.

4. Ansiedade

A ansiedade ou o estresse extremo também podem desencadear alguns sintomas desagradáveis que podem incluir o formigamento no corpo. Durante um episódio de estresse ou ansiedade, o corpo secreta hormônios do estresse para o sangue, dentre outras mudanças para que o organismo seja capaz de lidar com a situação de “ameaça”.

Uma dessas mudanças é o desvio do sangue para que órgãos vitais para a sobrevivência tenham nutrientes e oxigênio suficientes. Esse desvio pode resultar na sensação de formigamento em diversas partes do corpo.

O que fazer

Para aliviar os sintomas da ansiedade, é importante respirar e adotar medidas para reduzir o estresse no corpo como praticar atividades físicas, meditar, ter uma dieta saudável e equilibrada e, se possível, eliminar os gatilhos de estresse e ansiedade da sua vida.

Fazer psicoterapia também deve ajudar a se conhecer melhor e controlar os sintomas. Em alguns casos, pode ser preciso o uso de medicamentos.

5. Falta de vitaminas

A deficiência de certas vitaminas, especialmente a falta de vitamina B12 (cianocobalamina), pode desencadear sensações de formigamento no corpo. Outras deficiências nutricionais que podem causar formigamento no corpo incluem a falta de vitamina E e de outras vitaminas do complexo B como a vitamina B1 (tiamina) e a vitamina B6 (piridoxina).

Tais vitaminas são muito importantes para a função nervosa e sua ausência pode resultar no formigamento corporal.

O que fazer

O tratamento de deficiência nutricionais deve ser feito através de uma reeducação alimentar em que o indivíduo deve incluir alimentos altamente nutritivos em sua dieta, além da complementação alimentar com suplementos vitamínicos quando for preciso.

6. Esclerose múltipla

A esclerose múltipla é uma doença autoimune que afeta o cérebro e a medula espinhal. Um dos sintomas precoces da esclerose é a dormência ou o formigamento nos pés.

Outras doenças autoimunes que podem causar sintomas de formigamento no corpo incluem a artrite reumatoide e o lúpus eritematoso sistêmico.

O que fazer

A esclerose múltipla é uma doença com várias fases que pode ser difícil de diagnosticar. Assim, o primeiro passo é consultar um médico competente para avaliar seus sintomas e solicitar exames complementares. Uma vez feito o diagnóstico, o tratamento pode incluir medicamentos esteroides e outras terapias como fisioterapia que variam de acordo com o estágio da doença e com a gravidade dos sintomas.

7. Abuso de álcool

O consumo de bebidas alcoólicas em excesso pode prejudicar o sistema nervoso e desencadear um quadro de neuropatia periférica. Isso causa dor e formigamento em locais como as mãos e os pés.

O que fazer

Limitar o consumo de bebidas alcoólicas costuma ajudar a diminuir os sintomas, mas pessoas que abusam do álcool geralmente precisam de um tratamento específico e de grupos de apoio para se livrar do vício.

8. Distúrbios da coluna vertebral como a hérnia de disco

Problemas que afetam a saúde da coluna como a hérnia de disco, a presença de tumores ou os músculos tensos podem causar a compressão de nervos na região, que acabam causando uma sensação de formigamento no corpo.

O que fazer

Uma vez identificada a causa, o tratamento deve ser iniciado para aliviar a pressão sobre os nervos. Relaxantes musculares podem ser prescritos para os músculos tensos. Já a hérnia de disco é geralmente tratada com anti-inflamatórios e, em casos mais delicados, a cirurgia pode ser necessária. Tumores devem ser tratados por um oncologista através de quimioterapia e radioterapia.

9. Doença de Lyme

A doença de Lyme é uma infecção causada por uma bactéria que é transmitida por carrapatos. Essa doença pode afetar o sistema nervoso e causar sintomas como formigamento e dor no corpo.

O que fazer

Normalmente, o tratamento com analgésicos e antibióticos é o suficiente para combater as bactérias causadoras da doença e eliminar o formigamento e outros sintomas.

10. Doença arterial periférica

A doença arterial periférica é caracterizada pela formação de placas nas artérias que causam o estreitamento dos vasos sanguíneos e a redução do fluxo de sangue. Normalmente, esse fluxo sanguíneo insuficiente para suprir as necessidades de todo o organismo causa formigamento e dor nas pernas, nos pés ou nas mãos.

O que fazer

É preciso tratar a doença através de medicamentos específicos e de mudanças de estilo de vida como alterações na dieta e a prática de atividades físicas regulares. Em alguns casos, é necessária uma cirurgia de desobstrução dos vasos.

11. Doença de Raynaud

Essa doença causa espasmos nos vasos sanguíneos na região dos dedos das mãos e dos pés. Geralmente, os sintomas são causados por exposição a temperaturas frias, resultando em diminuição do fluxo de sangue e em sintomas como formigamento e dormência no corpo.

O que fazer

Na maioria dos casos, basta aquecer a região que a circulação sanguínea volta ao normal e os sintomas vão embora. No entanto, quando as extremidades do corpo ficam muito tempo sem suprimento de sangue, o médico pode recomendar medicamentos específicos para evitar que ocorra falta de oxigênio nessas regiões, o que pode causar danos graves como a necessidade de amputação.

12. Ataque isquêmico transitório

Um ataque isquêmico transitório é um “mini derrame” que pode causar sensações de formigamento em praticamente qualquer parte do corpo. Isso acontece porque há uma obstrução do fluxo sanguíneo no cérebro causada por coágulos sanguíneos.

O que fazer

O tratamento depende da gravidade do ataque, mas geralmente o médico prescreve remédios como anticoagulantes e antiplaquetários para normalizar a coagulação do sangue.

13. Insuficiência renal

O formigamento no corpo, principalmente nos pés e nas mãos, pode ser um sintoma de insuficiência renal. Outros sintomas que podem ser observados são contrações musculares, cólicas e fraqueza muscular.

O que fazer

A insuficiência renal é um problema grave de saúde que é tratado através de diálises ou de um transplante de rim.

14. Exposição a toxinas

A exposição a substâncias nocivas ao organismo pode causar formigamento no corpo. Casos como esses são chamados de neuropatia tóxica e os principais agentes que causam esses problemas são o monóxido de carbono, o arsênico e o chumbo.

O que fazer

Algumas toxinas devem ser removidas através de procedimentos de urgência, enquanto outras, menos graves, podem persistir no organismo por algum tempo. A maioria das toxinas pode ser difícil de remover do organismo, mas uma boa dica de prevenção e tratamento inclui a ingestão de alimentos saudáveis, dando preferência aos alimentos de origem orgânica. É importante também se manter bem hidratado e evitar o consumo de alimentos de difícil digestão como carnes e gorduras para evitar sobrecarregar o fígado, já que ele é o órgão responsável por filtrar e eliminar toxinas acumuladas no organismo.

15. Infecções virais

Várias infecções podem afetar os nervos de forma direta ou indireta, causando o formigamento. Existem várias infecções virais que são associadas ao formigamento como a AIDS, a herpes labial, a herpes genital e a herpes zoster. Com exceção da AIDS, essas infecções virais podem causar erupções cutâneas na pele e sensação de formigamento pelo corpo.

O que fazer

O tratamento é feito com o uso de remédios antivirais e com a aplicação de compressas frias na região afetada.

16. Efeitos colaterais de medicamentos

Alguns medicamentos usados na quimioterapia ou na radioterapia podem causar neuropatia e levar ao formigamento no corpo. Alguns desses medicamentos são a cisplatina, o doctaxel, o paclitaxil e a carboplatina. Há também alguns remédios antivirais usados para o tratamento da AIDS que podem afetar o sistema nervoso e desencadear o formigamento como um de seus efeitos colaterais. Outros remédios que causam esse efeito adverso incluem ainda medicamentos para convulsões, pressão arterial alta e problemas no coração.

O que fazer

Quando o formigamento é um efeito colateral, você pode conversar com o seu médico sobre a possibilidade de trocar de medicamento ou de reduzir a dose.

Quando devo me preocupar?

Apesar da maior parte dos casos de formigamento ser causada por danos aos nervos periféricos, o sintoma também pode ser causado por doenças que afetam o sistema nervoso central como tumores cerebrais, malformações arteriovenosas e aneurismas.

Além disso, o formigamento repentino, especialmente se observado em apenas um lado do corpo, pode ser uma emergência médica. Se outros sintomas como dificuldade para falar, confusão mental, tontura e dor no peito forem observados, procure ajuda imediatamente, pois esses podem ser sinais de um derrame cerebral.

Assim, ao observar formigamento ou dormência no corpo repentino ou que não passa depois de uma alteração de postura ou após passar a fazer pausas durante atividades repetitivas, é importante procurar um médico para verificar o que pode estar causando o desconforto.

Existem inúmeras condições que podem causar o formigamento como um dos sintomas. Dessa forma, buscar um médico competente para te examinar é essencial para que o diagnóstico seja certeiro e para que o tratamento necessário seja iniciado rapidamente.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sentiu formigamento no corpo como sintoma de alguma das condições listadas acima? Que tipo de tratamento foi recomendado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,75 de 5)
Loading...
Sobre Felipe Santos e Dra. Patrícia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Formigamento no Corpo – O Que Pode Ser e O Que Fazer”

  1. Estou sentindo a quatro dias formigamento e dormência na mão esquerda, nos dois últimos dedos e na face lateral do antebraço. Piora com a flexão do braço. Estou tomando antiinflamatóriose vitamina B mas não melhoro.Os médicos não precisam o que é, e é extremamente incômodo.