Jovem de 22 Anos Quase Morre Após se Viciar em Esteroides

Especialista:
atualizado em 17/07/2020

Alertas sobre o perigo do uso de drogas para acelerar o processo do ganha de músculos ou melhorar o desempenho em treinamentos físicos são o que não faltam, mas mesmo assim ainda ouvimos falar de casos de pessoas que prejudicaram bastante a própria saúde ao fazer uso dessas substâncias, com o intuito de ganhar o “corpo ideal”.

Foi justamente o que aconteceu com o inglês Ryan Harriss, que aos 22 anos de idade quase morreu de ataque do coração, decorrente do consumo de um coquetel de esteroides.

Harriss tinha começado a tomar as drogas depois de notar que, apesar de treinar muito, não conseguia obter o mesmo físico musculoso que os seus amigos, que já usavam as substâncias. “Tinha caras perto de mim, que pareciam não estar trabalhando tão duro quanto eu, mas tinham ganhos bem melhores”, contou ele ao Daily Mail.

harris2
 Harriss antes de começar a tomar o coquetel de esteroides

Esses amigos foram quem disseram ao jovem que ele não conseguiria o mesmo efeito sem usar os esteroides e foi aí que ele começou a usar as drogas. “Eu nem pensei direito sobre isso. Quando meu salário chegou eu fui até o amigo de um amigo e fiz a encomenda. A maioria dos caras não sofreu com nenhum tipo de problema”, relatou.

Ao ver a diferença instantânea em seu corpo, o inglês admitiu ter ficado viciado nas substâncias e confessou ter aumentado a dosagem das drogas, para conseguir ficar cada vez maior. Mesmo sentido constantes dores no peito, ele ignorou o problema e continuou a frequentar a academia.

harris

 O jovem logo se tornou viciado nas drogas e queria ficar cada vez maior

Então, seis meses depois de começar a usar os esteroides e se viciar neles, o jovem passou muito mal durante uma saída noturna com os amigos. “Eu senti falta de ar, fiquei com muito calor e estava suando. No começo eu não sabia o que estava acontecendo, parecia um ataque de pânico. Mas conforme o meu peito foi ficando mais apertado, eu percebi o que estava ocorrendo comigo. Tudo ficou embaçado e eu desmaiei”, disse ele sobre o acontecido ao Daily Mail.

No hospital, os médicos descobriram que o coração de Harriss tinha sofrido um inchaço e que estava muito maior do que o normal e que a sua pressão estava bem alta.

Ele acordou em uma cama de hospital e encontrou a namorada segurando as suas mãos, ao mesmo tempo em que chorava. O inglês ficou internado durante cinco dias para a realização dos exames e ouviu dos médicos que na velocidade que o coração dele estava batendo, tinha sorte em estar vivo.

Eles ainda alertaram o jovem que ele morreria caso continuasse a expor o seu coração aos efeitos das drogas. Foi aí que ele fez a promessa de nunca mais tomar os esteroides novamente.

“Eu fiquei aterrorizado. Eu nunca tinha passado por nada como aquilo e oro para que isso não aconteça novamente” afirmou.

Apesar de sentir falta de ter um corpo maior, o inglês cumpriu a promessa e hoje, aos 24 anos de idade, dois depois da experiência quase fatal, ele nunca mais injetou esteroides em seu corpo.

Por que os esteroides são tão perigosos?

Os esteroides são drogas que simulam o efeito de hormônios naturais do corpo, responsáveis por controlar o desenvolvimento do corpo. Existem dois tipos de esteroides: os anabolizantes e os corticoesteroides.

O tipo mais usado indevidamente é o anabolizante, que imita a testosterona e que pode estimular o crescimento dos músculos, melhorar a resistência e os desempenho durante os treinamentos e proporcionar uma recuperação física mais rápida.

O problema é que o uso dessa droga também pode deixar o usuário paranoico, irritado, agressivo, violento e causar mudanças de humor, além de trazer acne ao rosto e atrofiar os testículos, dentre outros muitos efeitos colaterais bem graves.

No Brasil, a Lei Nº 9.965, de 27 de abril de 2000, determina que a venda de esteroides anabolizantes só pode ser feita mediante apresentação e retenção da receita médica em farmácias e drogarias.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário