Preenchimento Labial – Resultados e depoimentos

Especialista da área:
atualizado em 19/04/2021

O preenchimento labial é um procedimento estético que vem se tornando cada vez mais comum, e por isso sempre surgem dúvidas sobre como ele funciona.

  Continua Depois da Publicidade  

Ele é feito através da injeção de substâncias nos lábios, com uma agulha, para aumentar seu volume ou delinear seu contorno.

Então, a seguir vamos entender melhor como funcionam os diferentes tipos de preenchimento labial, como é feito o procedimento e quais os resultados esperados.

E, para quem se interessa pelos tratamentos de beleza, uma boa sugestão é conhecer também o peeling enzimático e o botox na boca.

Como a idade afeta os lábios?

Naturalmente o nosso organismo produz o ácido hialurônico, que atua em várias partes do corpo, garantindo a sustentação, a elasticidade e outras propriedades de tecidos como:

  • Pele;
  • Lábios;
  • Articulações, tanto na articulação em si quanto no líquido que a envolve.

Entretanto, com o passar do tempo, a sua produção começa a diminuir, o que causa algumas características da idade, como:

  • Redução da hidratação e elasticidade da pele, contribuindo para o surgimento de rugas e marcas de expressão;
  • Diminuição do volume dos lábios;
  • Aparecimento de rigidez e outros problemas articulares, como a artrite.

O que é o preenchimento labial?

O preenchimento labial é um procedimento minimamente invasivo, que necessita de anestesia e consiste na aplicação de alguma substância, como o ácido hialurônico, na região dos lábios, com o uso de uma agulha ou cânula (pequeno tubo).

O objetivo do tratamento pode ser tanto delinear o contorno dos lábios, quanto aumentar o seu volume, deixando-os mais projetados.

Existem diversos tipos de preenchimento labial, que podem variar de acordo com a sua duração e qual substância é utilizada no procedimento.

1. Preenchimento temporário

O preenchimento temporário é feito com ácido hialurônico, sendo o mais conhecido e o mais utilizado. Isso se deve principalmente ao fato de ele ser uma substância que o corpo produz naturalmente, e por isso não costuma causar efeitos colaterais.

  Continua Depois da Publicidade  

A média de tempo que esse tipo de preenchimento labial costuma durar de 6 a 12 meses.

2. Preenchimento semipermanente

Nesse tipo de preenchimento, podem ser utilizadas hidroxiapatita de cálcio e polilactona. Mas, como essas substâncias podem causar o surgimento de nódulos e granulomas, seu uso nos lábios vem diminuindo bastante.

Esse tipo dura cerca de dois anos, e pode ser realizado novamente após esse tempo.

3. Preenchimento permanente

Já esse tipo de preenchimento é realizado com PMMA ou silicone, ambos substâncias que não são produzidas pelo organismo. Entretanto, existe a possibilidade de rejeição desses produtos, uma vez que o corpo os reconhece como “corpos estranhos”, e podem iniciar uma reação imunológica contra eles.

Por isso, muitos especialistas contraindicam esse tipo de preenchimento labial.

4. Preenchimento autógeno

Esse procedimento usa como substância preenchedora a gordura autógena, ou seja, a gordura retirada do próprio corpo. Ele tem a vantagem de utilizar uma substância do próprio corpo, e por isso não há risco de rejeição.

Além disso, diferente do que ocorre com o ácido hialurônico, o procedimento feito com gordura é permanente, sendo que o organismo só absorve cerca de metade do enxerto.

Depoimentos sobre o preenchimento labial

Depois da aplicação do preenchimento labial, considera-se normal experimentar um inchaço discreto no local, que pode durar de dois a cinco dias e, em alguns casos, pequenos hematomas que melhoram aos poucos.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, apesar de ser raro, podem ocorrer reações alérgicas, principalmente no caso dos preenchimentos permanentes e semipermanentes.

Por isso, caso você sinta algum desconforto fora do normal, coceira, fisgadas, ou apresente vermelhidão e piora do inchaço, entre em contato com o profissional de saúde responsável pelo procedimento.

Preço do preenchimento labial

O valor do preenchimento labial pode ir de 1.500 a 4 mil reais, dependendo do tipo escolhido e da marca do produto utilizado. Além disso, é importante escolher clínicas e especialistas renomados, para evitar erros de aplicação e outros problemas.

Por isso, desconfie de profissionais que cobram valores muito abaixo do mercado, e sempre pesquise antes de escolher um.

Depoimentos

1. Sable Yong

A editora de beleza da Revista Allure, Sable Yong tinha como objetivo que os lábios ficassem apenas um pouco mais carnudos, uma vez que gostava do tamanho deles e não queria exagerar, por se tratar da primeira vez.

Quanto a dor, ela relatou sentir certo incômodo, apesar do uso da anestesia. Além disso, após a finalização do tratamento, ela experimentou um inchaço considerável em seus lábios, que melhorou após cerca dois dias.

E quanto aos resultados, a editora relatou que o resultado tem vantagens, mas que as mudanças não foram muito visíveis.

Sable Yong antes de depois

2. Perrie Samotin

Já a editora Perrie Samotin contou sobre duas experiências diferentes que teve com o preenchimento labial.

Na primeira, ela foi a um consultório mais renomado, frequentado por alguns de seus colegas editores de beleza, e se decepcionou e sentiu que jogou dinheiro fora.

Já na segunda aplicação, as coisas foram diferentes, uma vez que a médica que a atendeu ouviu as demandas da editora, e se dedicou a analisar o formato do seu rosto.

E, apesar de ter usado do mesmo produto em ambos os procedimentos, os resultados foram bastante diferentes, e Perrie se sentiu bem mais satisfeita com a segunda aplicação.

Perrie Samotin antes e depois

Cuidados com o preenchimento labial

Apesar de ser um procedimento simples e rápido, alguns cuidados devem ser tomados para garantir o melhor resultado possível.

São eles:

  • Evitar tocar, massagear ou apertar aos lábios;
  • Não usar maquiagem no dia do procedimento;
  • Evitar esforço físico;
  • Não se expor à radiação solar;
  • Não aplicar cremes e pomadas na região, nos primeiros dois dias;
  • Evitar realizar outros procedimentos estéticos no primeiro mês após a aplicação, como microagulhamento, limpeza de pele e peeling.

É possível reverter o preenchimento labial?

A reversão dos procedimentos vai depender do tipo e do material utilizado:

  • Ácido hialurônico: Pode-se usar uma enzima chamada hialuronidase, que destrói o ácido hialurônico e reverte o procedimento;
  • Semipermanente: Nesses casos não há uma forma de reverter imediatamente, e apenas o médico pode avaliar o caso e definir uma conduta;
  • Permanente: Os preenchimentos permanentes só podem ser revertidos através de cirurgia;
  • Gordura autógena: Da mesma forma que ocorre com o semipermanente, a reversão desse tipo de preenchimento deve ser avaliada pelo médico, que irá então definir uma forma de tratamento.
Fontes e referências adicionais

Você já teve o interesse de fazer um preenchimento labial? Conhece alguém que já tenha feito? Ficou bom? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário