Preenchimento Labial – Antes e Depois, Resultados e Depoimentos

Especialista:
atualizado em 29/05/2020

Entenda o que é um preenchimento labial, quanto tempo duram os resultados e veja depoimentos e imagens antes e depois de quem realizou o procedimento.

Quem nunca pensou em recorrer a um procedimento estético como o preenchimento labial para destacar mais os lábios? Entretanto, antes de tomar a decisão de se submeter ao tratamento, é fundamental conhecê-lo melhor.

Será que há diferenças para a aplicação de botox na boca? Para quem se interessa pelos tratamentos de beleza, depois que ficar familiarizado com o preenchimento de lábios, uma boa sugestão é aprender mais também sobre o peeling enzimático.

O que é o preenchimento labial?

O preenchimento de lábios é um procedimento minimamente invasivo, que necessita de anestesia e consiste na aplicação de ácido hialurônico na região dos lábios, com o uso de uma agulha ou cânula (pequeno tubo).

Naturalmente encontrado no organismo humano, o ácido hialurônico atua na promoção de firmeza e sustentação à pele. Entretanto, com o passar da idade e do tempo, a sua produção no corpo humano sofre uma diminuição.

Após a aplicação do ácido hialurônico, o profissional responsável pelo procedimento modela o local com um leve massagem ao longo de alguns minutos. Passado esse tempo, a substância se estabiliza, o que auxilia a eliminar qualquer bolinha ou assimetria que possa ter surgido.

O objetivo do tratamento pode ser delinear o contorno, aumentar o volume ou projetar com efeito imediato os lábios.

Depois da aplicação do preenchimento labial, considera-se normal experimentar um inchaço local discreto que pode durar entre dois a cinco dias e, em alguns casos, pequenos hematomas que melhoram aos pouquinhos.

Além disso, apesar de ser raro, o ácido hialurônico pode provocar reações alérgicas. Caso você experimente algum dos citados ou qualquer outro efeito colateral após submeter-se à técnica, informe rapidamente o profissional de saúde responsável pelo tratamento a respeito de problema.

Isso é aconselhável mesmo quando o sintoma não aparentar ser tão grave assim porque permite verificar a real seriedade da reação em questão e receber o tratamento apropriado, caso seja necessário.

Dura quanto tempo um preenchimento labial?

O preenchimento labial que apresentamos acima, realizado com ácido hialurônico, entra na categoria do preenchimento labial temporário. Esse tipo de preenchimento dos lábios tem duração aproximada de seis meses, podendo chegar até a um ano e meio.

Há ainda o preenchimento semipermanente, que é feito à base de hidroxiapatia de cálcio e poli lactona. Entretanto, esse procedimento não pode ser conduzido nos lábios, pois pode resultar na formação de nódulos e granulomas (pequenos tumores de formato arredondado).

O preenchimento permanente, conduzido com substâncias produzidas a partir de materiais que não são absorvidos pelo organismo como plástico e acrílico, não é indicado porque pode resultar em complicações graves como reações inflamatórias e infecções crônicas de difícil tratamento.

Depoimentos sobre o preenchimento labial

A editora de beleza da Revista Allure, Sable Yong, relatou sua experiência com um preenchimento labial. Seu objetivo era que os lábios ficassem apenas um pouco mais carnudos, uma vez que gostava do tamanho deles e não queria exagerar, por se tratar da primeira vez.

“Não foi a pior dor que eu senti, especialmente porque eu estava anestesiada. Mas considerando que a injeção é abaixo da pele e, portanto, abaixo da camada da anestesia, ela certamente foi sentida. Embora suportável, cada puxada da injeção fazia meu cérebro gemer. Mas, na minha opinião, definitivamente não foi pior do que tomar uma vacina. Dito isso, eu imagino que fazer preenchimento labial sem o agente anestésico seria horrível”, relatou Yong a respeito do desconforto da técnica.

A editora contou que a maior parte do preenchimento foi feita na parte superior dos seus lábios, enquanto a parte inferior recebeu apenas um pouquinho, resultando em um procedimento de aproximadamente 10 minutos.

Após a finalização do tratamento, ela experimentou um inchaço considerável em seus lábios, que se acalmou em dois dias mais ou menos. “Os meus lábios sentiam que havia algo ali, mas a dra. Doft (profissional responsável pelo procedimento em Yong) sugeriu massagear qualquer textura desigual para que o preenchedor ‘derretesse’ nos meus lábios depois de um pouco de tempo – e eles derreteram, provavelmente depois de uma semana”, contou a editora.

Passadas três semanas do preenchimento, Yong descreveu que os seus lábios pareciam os mesmos de antes, apenas com uma levantada carnuda. Em três meses, a mudança estava ligeiramente menos aparente, porém os lábios tinham uma aparência mais cheinha do que antes, relatou a editora.

“Eu não sinto que eles mudaram a minha relação com o meu rosto drasticamente, mas eu curti os meus lábios modestamente transformados. Para ser honesta aqui, eu não acho que eu necessariamente pagaria por lábios indetectáveis novamente, mas a técnica tem vantagens”, concluiu.

Confira a seguir o antes e depois do preenchimento labial da editora de beleza da Allure em um intervalo de um mês:

Imagens: Reprodução Instagram sabletoothtigre

Duas experiências diferentes

Já a editora Perrie Samotin contou sobre duas experiências diferentes que teve com o preenchimento labial. Na primeira, ela foi a um consultório chique, frequentado por alguns de seus colegas editores de beleza, e se decepcionou e sentiu que jogou dinheiro fora.

Isso porque o médico não fez pergunta alguma à paciente e, segundo ela, parecia estar desligado. “Eu saí me sentindo enganada e infeliz. Não houve diferença e me disseram que eu poderia pagar mais se quisesse ver alguma (diferença)”, relatou a editora.

Na segunda vez, as coisas foram um tanto diferentes: de cara, ela explicou para a médica exatamente o que queria e a profissional dedicou tempo para analisar o rosto de Samotin e fazer perguntas para ela.

A editora descreveu que foi usado o mesmo produto do primeiro procedimento. Entretanto, enquanto na primeira vez ele foi aplicado na pele ao redor da boca, na segunda vez ele foi todo concentrado nos lábios.

As experiências da moça mostram como é importante saber exatamente o objetivo que se desejada tingir com o preenchimento labial e certificar-se de realizar o procedimento com um profissional qualificado e atencioso.

Abaixo você confere o antes e depois de Samotin em um intervalo de semanas e em um intervalo de cinco meses, respectivamente:

Cuidados com o preenchimento labial

Se você ficou interessada em se submeter a um preenchimento de lábios, o que deve fazer antes de tudo é marcar uma avaliação com um médico dermatologista ou cirurgião plástico para saber se o procedimento é realmente o mais indicado e seguro para você e tirar todas as suas dúvidas a respeito da técnica.

Por exemplo, o preenchimento labial é contraindicado para as mulheres grávidas e os pacientes que sofrem com porfiria ou alergia a anestésicos tópicos locais tipo amida.

A técnica também é contraindicada para as pessoas com alergia ao ácido hialurônico, doenças autoimunes, doença oncológica, lúpus eritematoso sistêmico, pneumonia ou algum outro tipo de infecção.

Segundo o site WebMD, não se conhece o suficiente a respeito da segurança da aplicação de ácido hialurônico na pele para as mulheres que amamentam. Portanto, para elas é aconselhável agir com segurança e evitar o seu uso. Se você está gestante ou na fase do aleitamento do seu neném, converse com o médico a respeito disso.

É necessário tomar cuidados específicos ainda quando o paciente apresentar alguma ferida na região dos lábios, como a herpes simples.

O melhor mesmo é se precaver e investir um pouco mais de dinheiro do que fazer de qualquer jeito com qualquer um e correr o risco de sofrer mais tarde com uma aparência indesejável nos lábios, ou pior, com reações problemáticas para a saúde.

A colocação errada da injeção ou do preenchedor pode provocar um dano nervoso que pode vir acompanhado de dor ou sensibilidade, morte do tecido (necrose) e outros danos na pele. Um profissional sem experiência adequada para realizar o procedimento pode causar protuberâncias ou deixar áreas assimétricas no paciente.

Como o rosto é composto por veias, artérias e nervos, qualquer aplicação equivocada pode provocar problemas sérios como grandes hematomas, feridas e até cegueira ou trazer resultados ruins em termos de aparência.

Após encontrar um profissional qualificado e de confiança para fazer o seu preenchimento labial, certifique-se que ele usa um ácido hialurônico de boa qualidade. Algumas marcas de ácido hialurônico podem ter uma menor duração e provocar alergias, acompanhadas de sintomas como inchaço, dor e vermelhidão.

É essencial ainda ouvir atentamente e obedecer a todas as instruções que forem passadas pelo profissional em relação aos cuidados que você deve tomar antes, durante e depois da execução do procedimento.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já teve o interesse de fazer um preenchimento labial? Conhece alguém que já tenha feito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário